TRE de Pernambuco realiza audiências públicas sobre biometria em Bodocó, Verdejante Granito

As cidades de Verdejante, Granito e Bodocó receberam esta semana audiências públicas de biometria realizadas pelo Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco (TRE-PE). Os encontros foram realizados quinta (05) e sexta-feira (06) com objetivo de divulgar e tirar dúvidas da população sobre o recadastramento biométrico. Estiveram presentes o presidente da Comissão de Biometria, Eduardo Lucas, e o Assessor de Comunicação do TRE-PE, Saulo Moreira.

A audiência foi realizada em Granito quinta-feira, na Secretaria Municipal de Educação, localizada na Avenida José Saraiva Xavier. Em Bodocó aconteceu nessa sexta-feira (06), no Fórum, situado na Rua Teodózio Leandro Horas, no Centro. O juiz da 80ª Zona Eleitoral de Bodocó, Dr. Diógenes Lemos, participou das duas audiências.

No município de Verdejante, a audiência também ocorreu nessa sexta-feira, às 15h30, na Câmara de Vereadores, localizada na Avenida David Jacinto. Nesse evento houve participação do juiz da 75ª Zona Eleitoral de Salgueiro, Dr. Jandercleison Pinheiro; do promotor eleitoral, Dr. Almir Oliveira; e do chefe de cartório, Elieudo Moura.

De acordo com o TRE-PE, 72,82% do eleitorado de Granito já fez a biometria, mas cerca de 1.723 ainda não passaram pelo procedimento. No município de Bodocó, 60,30% dos eleitores já compareceram, restando cerca de 10.437. Já em Verdejante, 60,96 do eleitorado fez a biometria, mas faltam 3.225 eleitores. (Da ascom)

Socorro Pimentel critica falta de transparência na gestão das OSs em Pernambuco

Durante a Reunião Plenária dessa terça-feira (03), a deputada Socorro Pimentel, voltou a criticar a falta de transparência na gestão das Organizações Sociais (OSs) em Pernambuco. Durante a sessão na Assembleia Legislativa, foi aprovado o Projeto de Lei Ordinária n° 1582/2017, de autoria do Governo do Estado, que dispõe sobre as OSs.

Ao alterar a Lei nº 15.210/2013, o PL 1582 modifica dispositivos relativos aos contratos de gestão hospitalar e ambulatorial e às atividades de ensino e pesquisa firmados com pessoas jurídicas de direito privado na área de saúde do Estado. A matéria também dispõe sobre o monitoramento e a fiscalização da prestação de serviços.

Em pronunciamento, Socorro Pimentel reforçou sua opinião favorável às Organizações Sociais e justificou seu voto contrário à proposição do Executivo. “Não discordo da contratação de Organizações Sociais, desde que sejam pautadas no compromisso sério com o serviço público e principalmente com as pessoas que dele necessitam. Temos inúmeros exemplos de Organizações Sociais que atuam de forma responsável e exitosa. Como médica, parlamentar e cidadã, tenho opinião formada de que as OSs são a saída para os entraves do setor público que prejudicam a população, mas não posso concordar com a falta de transparência nessas gestões em Pernambuco”, disse.

A parlamentar apresentou 11 emendas para alterar o projeto, e todas foram rejeitadas pela Comissão de Justiça. Entre as propostas, uma indicava a inclusão do Tribunal de Contas do Estado (TCE), entre os destinatários dos relatórios trimestrais, e do Ministério Público de Pernambuco (MPPE) e do Conselho Estadual de Saúde, na comissão que avalia as prestações de contas.

“A matéria tramitou na Assembleia em regime de urgência, impedindo que esgotássemos o debate diante da importância que as Organizações Sociais têm para a saúde pública. Ainda assim, apresentei 11 emendas ao PL que só iriam contribuir para a melhoria das gestões, aumentando, sobretudo, a transparência e a fiscalização. Infelizmente, nada disso foi incorporado e nem discutido de forma específica”, finalizou.

PF reprime esquema de fraudes na merenda no Grande Recife e interior de PE

A Polícia Federal em Pernambuco deflagrou, na manhã desta quinta-feira (21), a operação “Mata Norte”, que visa desarticular um esquema de corrupção na prefeitura de Lagoa do Carro. De acordo com a PF, estão envolvidos no esquema políticos, empresários e empresas fornecedoras de merenda escolar.

Desde às 6h, cerca de 85 policiais federais e dez servidores da Controladoria-Geral da União estão dando cumprimento nove mandados de prisão temporária em Lagoa do Carro, Carpina, Boa Viagem, Fundão, Torrões, Areias e Santo Antônio e cinco conduções coercitivas em Jaboatão, Rosarinho, Nazaré da Mata, Carpina e Aflitos)

Além desses, estão sendo cumpridos 18 mandados de busca e apreensão (Lagoa do Carro, Carpina, Boa Viagem, Fundão, Torrões, Areias, Santo Antonio, Jaboatão, Rosarinho, Nazaré da Mata, Aflitos, Cabo e Paulista).

ESQUEMA DE CORRUPÇÃO COM VERBAS DA MERENDA

As investigações tiveram início em julho de 2017 a partir de um Relatório de Auditoria da CGU relatando uma suposta prática decorrente de contratação fraudulenta através de empresas para fornecimento de merenda escolar no município de Lagoa do Carro nos anos de 2013 a 2016.

Ficou constatado o desvio de recursos públicos federais decorrentes do Programa de Apoio à Alimentação Escolar na Educação Básica (PNAE), através de sobrepreço e superfaturamento nos valores das licitações para obtenção de vantagem ilícita em detrimento da alimentação dos alunos, promovendo um prejuízo aos cofres públicos estimado na cifra de R$ 512 mil reais.

As empresas investigadas atuam em outros municípios pernambucanos e também são fornecedoras de órgãos estaduais. Consoante dados do sistema “Tome Conta” mantido pelo TCE/PE, o montante de recursos públicos empenhados por entes municipais e estaduais investigadas entre 2012 e 2017 representa mais de 87 milhões de reais.

Processos licitatórios eram montados, dando aparência de legalidade e de competitividade entre as empresas conluiadas, que se revezavam na contratação com a Prefeitura de Lagoa do Carro/PE, contando ainda com a cobertura de ações inescrupulosas de políticos, sócios de empresas, empresários, advogado, servidores públicos, pregoeiros e assessores jurídicos, descomprometidos e indiferentes com a importância de um Programa Social que visa a alimentação dos alunos.

Todos os presos serão conduzidos para a sede da Polícia Federal onde serão responsabilizados e indiciados pelos crimes mediante seu grau de envolvimento e participação tais como: Desvio de Recursos Públicos-Apropriar-se de bens ou rendas públicas, ou desviá-los em proveito próprio ou alheio-(artigo 1º, item I, do Decreto-Lei 201/67-Pena: 2 a 12 anos). Fraude em Licitação-Frustrar ou fraudar, mediante ajuste, combinação ou qualquer outro expediente, o caráter competitivo do procedimento licitatório, com o intuito de obter, para si ou para outrem, vantagem decorrente da adjudicação do objeto da licitação-(Artigo 90 da Lei 8.666/93)- Pena – detenção, de 2 a 4 anos) e Associação Criminosa-Associarem-se três ou mais pessoas, para o fim específico de cometer crimes-(Artigo 288 do Código Penal Brasileiro –Pena: reclusão de 1 a 3 anos). (Rádio Jornal)

Agosto apresenta redução nos homicídios e crimes em Pernambuco

A Secretaria de Defesa Social de Pernambuco apresentou nesta sexta-feira (15) um balanço sobre os crimes cometidos no estado. De acordo com a SDS, no mês de agosto, foram registrados 413 Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLI), contra 447 do mês de julho, o que representa 34 crimes a menos em relação ao mês anterior.  Com isso, agosto é o segundo mês de 2017 com menos assassinatos, perdendo apenas para junho (380). Em todo o estado foi registrada uma queda de 7,61%.

Apesar da redução do número de mortes, esse foi o mês de agosto mais violento desde a criação do Pacto pela Vida. Do início do ano até o final de agosto, o estado já soma um total de 3.735 homicídios. O Recife, apresentou o menor número de homicídios desde novembro de 2016. No total, foram  50 CVLIs na capital, contra 53 no mês anterior e 71 em agosto do ano passado. Na RMR, o número diminuiu de 186 para 164.

O mês de agosto também teve uma queda nos Crimes Violentos contra o Patrimônio (CVPs), que englobam assaltos a transeuntes, roubos a ônibus, bancos e outros que visam a subtração de valores e pertences. Foram contabilizados 10.206 crimes dessa natureza, contra 10.675 no mês anterior, o que significa uma diminuição de 4,39%. Em relação a janeiro, quando foram registrados 11.351 CVPs, a queda chega a 11,21%.

Segundo o secretário de Defesa Social, Antonio de Pádua, o patrulhamento está sendo reforçado afim de diminuir cada vez mais esses números. “Tivemos, no mês de agosto, a prisão e a retirada de circulação de 226 homicidas, sendo 1.583 em todo o ano. As polícias estão trabalhando de forma integrada e produzindo intensamente. Operações de repressão qualificada, a Força no Foco e a Impacto Integrado, já atuaram em 50 cidades pernambucanas. Estamos ampliando ainda, a ostensividade com ajustes operacionais, a exemplo do ocorrido na Avenida Agamenon Magalhães. Teremos maior capacidade com a chegada dos 1.500 policiais militares em formação e a ativação do Biesp, em Caruaru, e do Bope, na Capital”, afirmou o titular da pasta.

Folha de São Paulo diz que Fernando Filho disputará Governo de Pernambuco pelo DEM

A Folha de São Paulo divulgou que está praticamente certa a ida do ministro de Minas e Energia e deputado federal licenciado, Fernando Filho, para o Democratas.

Atualmente no PSB, o filho do senador Fernando Bezerra Coelho é muito próximo do presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM), e já deu sinais que deseja disputar o Governo de Pernambuco em 2018.

Para alcançar seu objetivo, Fernando Filho começou a buscar apoio de seus conterrâneos no governo de Michel Temer, o ministro da Educação, Mendonça Filho (DEM), e o ministro das Cidades, Bruno Araújo (PSDB).

No primeiro semestre, gasto de senadores pernambucanos chega a quase R$ 700 mil

Dados divulgados nesta segunda-feira (28) pelo o Jornal do Commercio, revelam que os três senadores pernambucanos gastaram R$ 692 mil reais com o uso da cota parlamentar no primeiro semestre de 2017.

O ranking apresentado, coloca em primeiro lugar Humberto Costa (PT), que recebeu o reembolso de R$ 260.206,68, seguido de Fernando Bezerra Coelho (PSB), com 212.394,89 e Armando Monteiro Neto, que utilizou R$ 212.394,89 em recursos para o desempenho das suas atividades.

O valor mensal destinado à Cota para o Exercício da Atividade Parlamentar dos Senadores (CEAPS) varia de acordo com o estado que cada senador representa. Ele corresponde à soma da verba indenizatória de R$ 15 mil acrescidos do valor de cinco passagens aéreas entre Brasília e a capital do seu estado de origem.

No caso de Pernambuco, o valor destinado para a bancada pernambucana é de R$ 36.266,60. No Portal da Transparência do Senado Federal, a cota está dividida em aluguel de imóveis e aquisição de material de consumo para uso do escritório; Locomoção, hospedagem, alimentação, combustíveis; Contratação de serviços de apoio; Divulgação da atividade parlamentar; Passagens aéreas, aquáticas e terrestres nacionais e Serviços de segurança privada. Esta última categoria não é utilizada por nenhum dos pernambucanos (Jornal do Commercio)

Estado de Pernambuco responde por 50% da alta nos homicídios

O professor da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) José Luiz Ratton se inclina um pouco para frente e arregala os olhos, falando de modo incisivo. “O Pacto pela Vida como ele foi concebido morreu. Está morto. O que o governo está fazendo agora é gerir uma marca. Hoje, há uma gestão malfeita de uma marca que já foi bem-sucedida”. Da concepção de um dos programas de segurança do qual mais se ouviu falar no País na última década, ele pode falar. Estava no centro da criação capitaneada pelo ex-governador Eduardo Campos, e saiu da gestão antes de surgirem as falhas.

Em julho, Pernambuco chegou a 3.323 crimes contra a vida no ano. Isso já é mais do que o que foi registrado em todo o ano de 2012 (3.321) e 2013 (3.100) por exemplo. No primeiro semestre de 2017 o País teve 1,7 mil homicídios a mais do que no mesmo período do ano passado; 913 deles aconteceram em Pernambuco.

Os padrões que observamos para este ano mostram que Pernambuco pode chegar a número absoluto de homicídios que talvez seja o maior da história, entre 5 mil e 5,4 mil. Na melhor das hipóteses, que ainda assim é muito ruim, equivaleria a 10% dos homicídios do Brasil e a quase 1% do mundo. É uma tragédia civilizatória”, diz Ratton.

Um dia antes, na quarta da semana passada, o secretário de Defesa Social, Antônio de Pádua Cavalcanti, teria resposta diferente diante da mesma pergunta: o Pacto morreu? “Está mais vivo do que nunca. O pacto é uma política de Estado construída há dez anos, de muito sucesso, e colocou Pernambuco entre os melhores Estados no enfrentamento à violência, mas obviamente há necessidades de ajustes operacionais e os resultados já estão sendo colhidos”, disse no seu gabinete.

Nas ruas da capital, não há sensação de resultado. São comuns relatos de assaltos a ônibus, que a pasta diz reduzir, enquanto o Estado regride uma década no patamar de homicídios.

Rotina

É madrugada em Charnequinha, em Cabo de Santo Agostinho, região metropolitana do Recife, quando o rabecão chega à segunda travessa da Rua Dezenove para recolher o corpo de Andreia Moreira de Figueiredo, de 38 anos. Horas antes havia sido encontrada morta, com sinais de esganadura, na sala da sua casa.

O horário não impede que dezenas se reúnam próximo da cena do crime, ainda sem autoria, para acompanhar o trabalho da polícia. Os investigadores logo informam que a vítima tinha três passagens pela polícia por tráfico de drogas. O ex-marido e o irmão, presentes no local, não choram, apresentando ar de aparente conformismo para o que chamam de destino da mulher.

Um mototaxista com casaco do Sport, time de futebol local, reage com desprezo à pergunta sobre segurança na região. “Aqui morre um todo dia.” O homem, que preferiu não se identificar, erra por pouco.

Com 94 assassinatos no ano, Cabo de Santo Agostinho tem um homicídio a cada dois dias e 30% mais casos do que no ano passado.

Já na Igreja Nossa Senhora do Carmo, em Goiana, a 60 quilômetros do Recife, o clima é de consternação. Na noite da quarta-feira, era celebrada a missa de sétimo dia de Edvaldo José Valença da Silveira Neto, morto com um tiro durante uma tentativa de assalto em que tentaram levar o seu carro. Quatro suspeitos foram presos. A mãe, a enfermeira Mônica de Araújo Silveira, de 42 anos, lembra dele como uma pessoa “intensa” e “com pressa para viver”. “Ele ficava revoltado com os casos de violência que eram noticiados e acabou, veja só, sendo vítima dela.

Para o pai, o tabelião Edvaldo Rodrigues da Silveira, de 43 anos o momento é de falar, não calar, e de reclamar. “Um dos suspeitos presos era menor, você viu? 17 anos. Tem de mudar a legislação deste País”, destaca. (Do Diario de Pernambuco)

Deputados de Pernambuco terão que devolver R$ 1,7 Milhões; Socorro Pimentel está na lista

Notícia divulgada pelo jornal do comercio na data de hoje, traz a Deputada Socorro Pimentel liderando o ranking na compra de notas fiscais, quando usou de verba indenizatória na ALEPE,  o valor de 316.492,95 (trezentos e dezesseis mil quatrocentos e noventa e dois reais e noventa e cinco centavos), através de vendas de notas por empresas que o Tribunal de Contas do Estado de Pernambuco apontou como fantasmas.

Agindo de maneira dolosa e fraudulenta a Deputada apresentou notas fiscais, comprovando “Supostos Gastos”, incorrendo em improbidade administrativa, fraude de notas fiscais, estelionato e quebra de decoro parlamentar.

Com esses crimes a mesma pode perder o seu cargo de Deputada Estadual.

O espaço fica aberto à assessoria da Deputada. (Do Blog do Edy Vieira)

Lula lidera intenções de voto com 65% em Pernambuco

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva aparece na liderança da corrida presidencial em Pernambuco e, caso as eleições fossem hoje, ele estaria eleito com 65% dos votos, segundo pesquisa realizada pela Uninassau.

Logo em seguida, aparecem Jair Bolsonaro (PSC) e Marina Silva, empatados com 6%. Também aparecem empatados na preferência dos pernambucanos o governador de São Paulo Geraldo Alckmin (PSDB), o senador mineiro Aécio Neves (PSDB) e Ciro Gomes (PDT). Michel Temer nem não pontuou.

O estudo, realizado entre os dias 23 e 24 de março junto a 2.014 eleitores de todo o Estado, possui margem de erro de 2,2% e o índice de confiança é de 95%. Lula também lidera na pesquisa espontânea, com 58,8%, sendo seguido por Jair Bolsonaro (5,1%), Marina Silva (3,3%) e pela presidente deposta Dilma Rousseff (1,5%). Outros 3,2% citaram outros candidatos e 1,1% não escolheu nenhum candidato. Os que não responderam ou não souberam responder somaram 27% dos entrevistados.

A pesquisa também aponta que a gestão de Michel Temer é reprovada por 91% dos pernambucanos, sendo aprovada por apenas 5% da população. Ele também é apontado como o pior presidente do Brasil.

Caixa eletrônico é explodido em Pernambuco

Uma unidade do banco Bradesco foi alvo de bandidos, com explosão de caixa eletrônico, na madrugada desta terça-feira (28), em Lagoa de Itaenga, na Zona da Mata Norte de Pernambuco, a aproximadamente 65 quilômetros do Recife. Segundo os moradores, o crime aconteceu por volta das 3h30, com barulho de explosão.

Equipes da Polícia Militar foram acionadas e encaminhadas ao local. Não se sabe ainda quantas pessoas participaram da investida criminosa ou se conseguiram levar dinheiro dos caixas eletrônicos do local.

O posto bancário ficou completamente destruído após a investida. Nas imagens enviadas para o WhatsApp da TV Globo, é possível ver que o teto de gesso foi destruído e pedaços caíram no chão do posto. O G1 entrou em contato com o Bradesco, que informou que “está avaliando os danos ocorridos para reestabelecer o atendimento em Lagoa de Itaenga”. (G1 PE)