Governo de Pernambuco abre vagas para cursos do Projeto IDEIA para Ouricuri e outros municípios

O Governo de Pernambuco, por meio da Secretaria da Micro e Pequena Empresa, Trabalho e Qualificação, vai oferecer novos cursos de capacitação profissional através do Projeto de Incentivo ao Desenvolvimento do Empreendedor Individual e do Autônomo (IDEIA).

Em dezembro desse ano (2017) terá inicio as turmas em Recife, Bezerros, Tamandaré, Ipojuca, Itaquitinga, Goiana e Paulista.

Até abril de 2018, o projeto IDEIA vai capacitar profissionais dos municípios de Salgueiro, Paulista, Cabo de Santo Agostinho, Surubim, Gravatá, Belo Jardim, Bezerros, Toritama, Garanhuns, Arcoverde, Sertânia, Serra Talhada, Afogados da Ingazeira, Lagoa Grande, Petrolina, Floresta e Ouricuri.

Os participantes irão assistir uma palestra sobre Empreendedorismo, Lei Geral do MEI, Atendimento ao Cliente e Educação Financeira, ministrada por um dos técnicos da Secretaria do Trabalho. Todos os concluintes recebem certificado.

Municípios do Araripe realizarão Conferência Intermunicipal de Educação em Ouricuri

Dirigentes e representantes das secretarias de educação de oito municípios que fazem parte do Consórcio Intermunicipal do Araripe (CISAPE): Trindade, Ipubi, Ouricuri, Exu, Santa Cruz, Bodocó, Moreilândia e Granito, estiveram reunidos na manhã dessa segunda-feira (20), no gabinete do prefeito na cidade de Bodocó, para montar o regimento e definir a programação da Conferência Intermunicipal de Educação do Araripe que será realizada no dia 01 de dezembro de 2017 em Ouricuri.

Na oportunidade foram também montadas as equipes de trabalho e definidas as salas temáticas que deverão ser discutidas na conferência. Carlos Antônio, Secretário de Educação de Bodocó e Articulador Regional da União dos Dirigentes de Educação de Pernambuco – UNDIME-PE, foi escolhido pelo grupo como coordenador geral dos trabalhos na conferência.

Durante o encontro na cidade dos voluntários da pátria, serão eleitos os delegados que vão representar a região na Conferência Estadual, prevista ainda para acontecer ainda este ano, também em preparação à Conferência Nacional de Educação (CONAE), marcada para o primeiro semestre de 2018.

Em preparação ao evento nacional, a Conferência Intermunicipal do Araripe, discute como temática central a Consolidação do Sistema Nacional de Educação (SNE) e do Plano Nacional de Educação (PNE), que têm como foco o monitoramento, a avaliação e a proposição de políticas para a garantia do direito à educação de qualidade social, pública, gratuita e laica. (Da Ascom)

Roberta Arraes pede reabertura de agências do Banco do Brasil em municípios do estado

A deputada Roberta Arraes (PSB) esteve na manhã desta quinta-feira (19), em reunião com a Superintendência do Banco do Brasil, para solicitar a reabertura das agências que foram fechadas em doze municípios do estado, entre eles Orocó e Ipubi.

Conforme divulgado pelo Sindicato dos Bancários de Pernambuco, o fechamento dessas agências deve atingir em torno de 100 bancários, lesando também a economia local.

Para Roberta é preciso unir forças com os outros deputados e governo do estado, em busca de soluções para a situação. “A população é a mais prejudicada, pois não tem onde sacar dinheiro, precisa se deslocar para cidades vizinhas, por exemplo. Como deputada estadual, não irei descansar, vamos nos unir para que essas agências sejam reabertas”, afirmou.

Participaram da reunião também, o vereador de Orocó, Ismael Lira, e o Dr. Rodrigo Amando, que já foi candidato a vice-prefeito do município. (Da ascom)

Governo de Pernambuco libera R$ 62,9 milhões para obras em municípios em 2016

novos-gestores

O Governo de Pernambuco, através da Secretaria de Planejamento e Gestão (Seplag), já liberou R$ 62,9 milhões para obras em municípios somente em 2016. Os recursos são oriundos do Fundo Estadual de Apoio ao Desenvolvimento Municipal (FEM). A informação foi divulgada nesta terça-feira (6/12) pelo secretário executivo de Apoio aos Municípios, Flávio Figueiredo, durante o Seminário Novos Gestores, em Gravatá, no Agreste. A gestão estadual é parceira da Associação Municipalista (Amupe) na realização do evento.

Os R$ 62,9 milhões liberados em 2016 são referentes ao FEM I (R$ 4 milhões), FEM II (R$ 50,7 milhões) e FEM III (R$ 8,2 milhões). Ao todo, as três edições do fundo somam R$ 732 milhões a serem injetados na economia pernambucana, envolvendo 1.104 planos de trabalho, dos quais 516 estão em andamento. Até o momento já foram repassados R$ 395,8 milhões aos municípios, sendo R$ 125 milhões somente na gestão Paulo Câmara (2015-2016).

O FEM foi criado em 2013 e visa a apoiar todos os municípios pernambucanos na implantação de projetos que contribuam para o desenvolvimento municipal e permitam a retomada da realização de investimentos cuja execução foi comprometida pelo atual momento de fragilidade das finanças municipais. Do valor total liberado por ano, 5% devem ser destinados a políticas públicas voltadas para as mulheres. A iniciativa foi batizada de FEM Mulher e criada na gestão do governador Paulo Câmara.

Os recursos do FEM repassados pelo Governo Estadual são equivalentes a uma cota média mensal do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) recebida por cada município no ano anterior e são liberados em parcelas, de acordo com o cronograma de execução das obras. O objetivo é que os recursos sejam aplicados em ações e obras importantes que melhorem a qualidade de vida da população e o desenvolvimento do município.

Ministério da Integração Nacional reconhece situação de emergência em Ouricuri e mais 55 municípios de PE

ouricuri-seca

O Ministério da Integração Nacional reconheceu, na última sexta-feira (11), situação de emergência em 56 municípios do sertão de Pernambuco.

O motivo é o longo período de estiagem que atinge a região. Todos os municípios do Sertão do Pajeú constam na lista. O reconhecimento faz com que os gestores municipais possam contar com benefícios de órgãos do governo federal.

Ainda de acordo com o Ministério, o reconhecimento viabiliza o fornecimento de água tratada à população, por meio da Operação Carro-Pipa, da Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil (Sedec), e benefícios aos municípios, como renegociação de dívidas no setor de agricultura junto ao Banco do Brasil.

Os municípios que decretaram situação de emergência foram Afogados da Ingazeira, Afrânio, Araripina, Arcoverde, Belém do São Francisco, Betânia, Bodocó, Brejinho, Cabrobó, Calumbi, Carnaíba, Carnaubeira da Penha, Cedro, Custódia, Dormentes, Exu, Flores, Floresta, Granito, Ibimirim, Iguaracy, Inajá, Ingazeira, Ipubi, Itacuruba, Itapetim, Jatobá,Lagoa Grande, Manari, Mirandiba.

Ainda Moreilândia, Orocó, Ouricuri, Parnamirim, Petrolândia, Petrolina, Quixaba, Salgueiro, Santa Cruz, Santa Cruz da Baixa Verde, Santa Filomena, Santa Maria da Boa Vista, Santa Terezinha, São José do Belmonte, São José do Egito, Serra Talhada, Serrita, Sertânia, Solidão, Tabira, Tacaratu, Terra Nova, Trindade, Triunfo, Tuparetama, Verdejante.

Bandidos explodem carro-forte na BR-316 entre os municípios de Floresta e Petrolândia; motorista e segurança estão desaparecidos

explsosão-carro-forte-br-316-1-1Na manhã dessa terça-feira (09), a Polícia Civil e militar foram acionadas para atender mais um caso de explosão de carro-forte, desta vez na BR-316 entre as cidades de Floresta e Petrolândia, no Sertão. Foram roubados uma quantia de dinheiro dentro do veículo ainda não calculado. O carro que transportava a quantia em dinheiro ficou totalmente destruído.

Segundo a Polícia Civil que está investigando o caso, o motorista do carro-forte e o segurança não foram localizados. A Polícia Militar nos informou que os meliantes estavam em carro de luxo e utilizavam fuzis e coletes à prova de balas.

A Polícia Rodoviária Federal (PRF), localizou o carro utilizado no assalto em uma fazenda próximo as cidades de Floresta e Petrolândia, mas o veículo estava totalmente incendiado.

Ouricuri não está entre os 46 municípios que vão receber 7,1 milhões do Ministério da Educação

arton6525Quarenta e seis dos 185 municípios pernambucanos vão receber, juntos, uma verba de R$ 7,1 milhões do Ministério da Educação (MEC). O anúncio foi feito na manhã dessa segunda-feira pelo ministro Mendonça Filho durante o evento FNDE Soluções Locais, realizado na sede da Associação Municipalista de Pernambuco (Amupe), no Recife.

“Vamos honrar os compromissos assumidos pelo MEC e só depois daremos início a novas obras”, afirmou Mendonça Filho, ressaltando que utilizou critérios técnicos na escolha dos municípios beneficiados, priorizando obras em andamento e, principalmente, aquelas que estão próximas do seu término, para ter sua conclusão garantida.

Ao todo, foram liberados durante o evento, R$ 171,2 milhões para execução de 1.725 obras do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC/Educação), nos 27 estados do País. Do valor total, R$ 142,18 milhões são para obras do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC/Educação).

Os outros R$ 28,92 milhões são para custeio de 87 obras vinculadas ao Plano de Ações Articuladas (PAR).

Os recursos são para obras em geral, como construção de escolas, de salas de aulas, creches e quadras.

Desde maio, a pasta liberou recursos para o ensino básico na ordem de R$ 1,4 bilhão. Os programas que receberam mais verba foram o Programa Nacional de Alimentação Escolar (R$ 663 milhões) e o Programa Dinheiro Direto na Escola (R$ 357 milhões).

Ao todo, a atual gestão já liberou mais de cinco bilhões em recursos financeiros, incluindo repasses para o PAC, destinados à execução de programas e ações da educação básica, superior e tecnológica, além de avaliações, convênios e despesas administrativas.

O encontro contou com a participação de prefeitos, secretários e técnicos em educação, além do secretário de Educação de Pernambuco, Frederico Amâncio; o secretário da Conferência Nacional dos Municípios, Eduardo Tabosa; Elza Silva, presidente da Undime/PE e o diretor de Gestão, Articulação e Projetos Educacionais do FNDE, Leandro Damy.

Confira a lista de cidades beneficiadas:

Afogados da Ingazeira, Afrânio, Água Preta, Alagoinha, Araripina, Arcoverde, Bezerros, Bom Conselho, Brejinho, Brejo da Madre de Deus, Caetés, Carnaubeira da Penha, Caruaru, Casinhas, Dormentes, Itapetim, Itaquitinga, Jaboatão dos Guararapes, Jatobá, Jucati, Jupi, Lajedo, Manari, Orobó, Panelas, Pesqueira, Petrolina, Poção, Quixaba, Recife, Santa Cruz da Baixa Verde, Santa Cruz do Capibaribe, Santa Filomena, Santa Maria da Boa Vista, São Caetano, São José do Egito, Serra Talhada, Serrita, Solidão, Terezinha, Trindade, Triunfo, Verdejante, Vertente do Lírio, Vicência, Vitória de Santo Antão. (Do Diario de Pernambuco)

Reforço de R$ 161,3 milhões no caixa dos municípios pernambucanos

Dinheiro çO mês de julho deverá chegar trazendo um pouco de alívio para as 184 prefeituras do estado. O reforço no caixa virá do repasse adicional de R$ 161,3 milhões do Fundo de Participação dos Municípios (FPM). Os recursos são referentes a 1% da arrecadação do Imposto de Renda e do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI). A destinação do percentual para o FPM foi aprovada em dezembro de 2014 pela Emenda Constitucional 84.

De acordo com a emenda, o adicional foi criado para ser pago em duas parcelas de 0,5%, sendo uma em julho de 2015 e a outra um ano depois, totalizando um 1%. O presidente da Associação Municipalista de Pernambuco, o prefeito de Ingazeira, Luciano Torres (PSB), disse, no entanto, que a expectativa dos prefeitos é para o pagamento de 1% este ano.

“Essa é a nossa reivindicação. Iremos, inclusive, fazer uma manifestação que deverá ocorrer na segunda quinzena deste mês para pressionar o governo Temer a pagar o que ficou acertado”, destacou o gestor. Mesmo assim, ele reconheceu que os recursos de R$ 161,3 milhões, cujo cálculos foram feitos pela Confederação Nacional dos Municípios (CNM), vai ajudar os municípios a enfrentar as dificuldades impostas pela crise.

Segundo ele, Ingazeira terá direito a 0,6% dos recursos da parcela adicional, algo em torno de R$ 400 mil. O senador Armando Monteiro Neto (PTB), que foi o relator da emenda, pontuou que, numa conjuntura “de grave escassez de recursos públicos, causada em grande parte pela queda da arrecadação tributária, devido à desaceleração da atividade econômica, este adicional atenua a situação da fragilidade fiscal dos municípios”.

A CNM estima em R$ 3,2 bilhões o adicional de 1% a ser repartido entre os mais de 5.500 municípios brasileiros no mês que vem. O FPM, maior fonte de receita dos pequenos municípios, é formado por 23,5% da arrecadação do Imposto de Renda e do IPI. (Diario de Pernambuco)

Lucas Ramos acompanha Paulo Câmara em agenda por municípios sertanejos

Foto - Lucas Ramos em Parnamirim

Na última sexta-feira (22), o governador Paulo Câmara cumpriu agenda em Salgueiro e Parnamirim, no Sertão Central, para realizar a entrega de obras e anunciar novos investimentos na região. O deputado estadual Lucas Ramos (PSB) integrou a comitiva oficial do Governo do Estado nas visitas aos dois municípios. “Viemos demonstrar que mesmo em um ano tão difícil para o Brasil estamos cumprindo, com responsabilidade, o compromisso assumido com o povo de tirar do papel projetos que resultem em melhoria da qualidade de vida de nossa população”, destacou o parlamentar.

Em Salgueiro, o governador entregou ao bispo Dom Magnus Henrique Lopes a escritura de permuta de propriedade entre o Governo de Pernambuco e a Cúria Diocesana de Salgueiro para construção de uma nova catedral no município, em um terreno de dois hectares no bairro de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro. A cerimônia foi acompanhada pelo prefeito Marcondes Sá, pela ex-prefeita Cleuza Pereira, pelo secretário de Desenvolvimento Econômico do Estado Thiago Norões e por autoridades locais.

Em seguida, a comitiva partiu para o município de Parnamirim para inaugurar duas praças e o sistema de esgotamento sanitário da cidade, obra realizada pela Codevasf em parceria com a prefeitura que vai sanear todo o distrito sede e beneficiar 8 mil pessoas. A solenidade de entrega foi realizada na quadra municipal de esportes e acompanhada por um público de aproximadamente 300 pessoas.

De volta a Salgueiro, desta vez no distrito de Conceição das Crioulas, o governador Paulo Câmara lançou a primeira ação do Plano Pernambuco Quilombola: a assinatura da ordem de serviço para implantação da PE-460 na estrada que dá acesso ao distrito. A nova estrada terá 25,8 Km e atenderá a um pedido antigo dos cinco mil moradores da comunidade. “Esta obra é a concretização do compromisso firmado com os quilombolas do Estado, pois ela marca o início de um trabalho grandioso pretendido pelo Plano Pernambuco Quilombola. Não tenho dúvidas que, assim que finalizada, a estrada beneficiará o deslocamento da população, garantindo o direito de ir e vir com mais rapidez e mais segurança”, afirmou o governador.

Emocionada, a presidente da Associação Quilombola de Conceição das Crioulas, Valdecir Maria da Silva, compartilhou a conquista com toda a população. “Todo o nosso trabalho começa a ser reconhecido e recompensado neste momento. Espero que, através dessa estrada, possamos abrir caminhos para que outras obras e ações impulsionem o crescimento social e econômico da nossa comunidade”, disse.

Em seu discurso, o deputado Lucas Ramos relembrou as raízes sertanejas. “Tenho uma identificação muito grande com o povo de Salgueiro, terra do meu avô Gregório Freire Ramos. É uma alegria participar da primeira visita de um governador a comunidade de Conceição das Crioulas, com o toque especial de que viemos para atender a um pedido antigo deste povo e iniciar as obras de construção desta estrada”, sublinhou.

CAPRINOFILÓ – Encerrando sua agenda, Lucas Ramos prestigiou a abertura da VII Caprinofiló, feira realizada no município de Santa Filomena, no Sertão do Araripe. O evento, promovido pela Prefeitura, reúne produtores e expositores da caprinovinocultura regional para rodadas de negócios, apresentações, seminários, concursos e shows. “O povo de Santa Filomena está de parabéns pelo belo evento, que estimula toda cadeia produtiva da agropecuária local e ainda fortalece o turismo na cidade ao atrair visitantes de outras cidades pernambucanas e até de estados vizinhos como Piauí e Ceará”, comemorou o deputado. A Caprinofiló segue até este domingo (24).

Pernambuco tem 91 dos 184 municípios com risco de surto de arboviroses

20160311103530

Quase metade dos municípios pernambucanos apresenta risco de surto de doenças causadas pelo mosquito Aedes aegypti, como dengue, zika e chikungunya. O último Levantamento Rápido do Índice de Infestação por Aedes aegypti (LIRAa), divulgado nesta quarta-feira (13), mostra que 91 das 184 cidades estão com índice a cima de 4%, que indica risco de surto – no boletim de fevereiro, eram 84.

O índice é elaborado pelas prefeituras e computado pela Secretaria Estadual de Saúde. Outros 75 municípios estão em alerta. Apenas 15 estão em situação satisfatória e três não informaram. Para elaborar o LIRAa, produzido de dois em dois meses, cada município é dividido em grupos 9 mil a 12 mil imóveis com características semelhantes. Desses, 450 são visitados.

O boletim traz ainda o balanço de arboviroses. O estado chegou a mais de 80 mil casos suspeitos de dengue, zika e chikungunya. Eram pouco mais de 73 mil notificações até a última semana. O estado investiga 168 mortes possivelmente causadas por essas três doenças – nove por chikungunya e uma por dengue foram confirmadas na última semana. No mesmo período de 2015, tinham sido 15 óbitos suspeitos de dengue, com apenas três confirmações.

A dengue lidera as notificações no estado. Até o dia 9 de abril, foram notificados 55.502 casos, sendo 8.448 confirmados e 8.245 descartados – um aumento de 23,99% em relação ao mesmo período de 2015, quando foram notificados 44.764 e 22.479 confirmados.

O distrito de Fernando de Noronha é o que tem a maior incidência do número de casos por 100 mil habitantes nas últimas oito semanas – 5.051,19. O segundo município é Moreilândia, seguido por Itambé, Brejo da Madre de Deus, Trindade, Ouricuri, Santa Terezinha, Jucati, Araçoiba e Garanhuns, todos com incidência a cima de 1.100 casos por 100 mil habitantes.

No mesmo período, foram notificados 16.488 casos de chikungunya, com 360 confirmações e 438 descartados. Na última semana, eram 15.332 casos suspeitos, dos quais 340 foram confirmados e 423 descartados. Já no ano passado, o total de notificações de casos suspeitos de chikungunya foi de 2.605, sendo 450 confirmados e 589 descartados.

Os casos suspeitos de zika no estado já somam 8.337 notificações, com 16 casos confirmados e 125 descartados. Desde a última semana, não houve alteração no número de confirmações. Até o dia 2 de abril, eram 7.900 casos notificados da doença no estado. (Do G1/PE).