Homem é preso após agredir com tapas e empurrões a própria mãe de 93 anos no Sertão de Pernambuco

Guardas civis municipais de Petrolina prenderam no último domingo (17), Luciano Vidal, de 53 anos, acusado de agredir a própria mãe de 93 anos com tapas e empurrões, além de perturbar o sossego de moradores da Rua Rajada, bairro Gercino Coelho, em Petrolina, Sertão de Pernambuco, com o volume do som alto.

Segundo informações apuradas pelos guardas civis, o homem estava embriagado gritando várias vezes que iria matar a irmã.

Os guardas deram voz de prisão a Luciano, que foi imobilizado e levado para a Delegacia da 213ª Circunscrição de Polícia Civil em Petrolina. O acusado foi submetido aos procedimentos cabíveis ao caso.

Adolescente é acusado de agressão contra a mãe em Ouricuri

Imagem ilustrativa da internet

Um adolescente de 16 anos está sendo acusado de ter praticado agressão contra a própria mãe em Ouricuri, no Sertão do Araripe pernambucano. A mãe, uma agricultora de 37 anos, denunciou o próprio filho. O episódio aconteceu no inicio da noite dessa terça-feira (05) no Sítio Patí, zona rural de Ouricuri.

Segundo a Polícia Militar (PM), a agricultora relatou aos policiais que, o menor chegou em casa com sintomas de embriaguez alcoólica, falando palavras de baixo calão e  que a teria a pegado pelo braço e pescoço e a jogado no chão.

O menor foi encontrado na vizinhança com uma faca de mesa. Ele e a mãe foram conduzidos a Delegacia de Polícia civil de Ouricuri.

Filho ameaça mãe com um facão para receber herança antecipada no Sertão de PE

Imagem ilustrativa da internet

Embriagado, um agricultor de 58 anos ameaçou a própria mãe para receber uma herança ainda em vida, e o caso terminou na Delegacia de Polícia de Afogados da Ingazeira, no Sertão do Pajeú.

O fato foi registrado neste final de semana, no Sítio Antonico, quando o agricultor foi até a casa da sua genitora para força-la a vender parte da terra e dar a sua parte.

A ousadia do filho terminou em agressão, uma vez que um outro irmão, de idade não revelada, tentou defender a mãe e pediu para que o agressor deixasse a casa. A reação foi uma luta corporal entre os envolvidos, quando o agricultor de 58 anos, de posse de um facão, atingiu o irmão com golpes na cabeça e no braço direito.

Toda a confusão foi assistida pela mãe, que sentiu-se mal foi socorrida às pressas ao Hospital Regional Emília Câmara. O caso foi registrado na delegacia de polícia como ameaça e lesão corporal. (Farol de Notícias)

Para defender a mãe, menina de 15 anos esfaqueia padrasto em Trindade

Imagem ilustrativa da internet

Uma adolescente de 15 anos de idade, esfaqueou um homem de 44 anos (padastro) em Trindade, no Sertão do Araripe, o crime aconteceu no sábado (25) por volta das 22 horas, na Rua Maestro Neném, no bairro São Geraldo.

Após os ferimentos, Francisco Fernandes Filho foi socorrido ao hospital municipal da cidade e em seguida transferido para o Hospital Regional Fernando Bezerra em Ouricuri.

Segundo a Polícia Militar, a adolescente afirmou que esfaqueou o homem e relatou ainda que, cometeu o ato para intervir numa agressão contra sua mãe.

Mãe bate no filho que andava roubando na cidade e Conselho Tutelar pede a prisão da senhora

O Conselho Tutelar da cidade de Campestre, no Maranhão, pediu a prisão da senhora Maria de Lourdes, de 66 anos. Segundo o diretor do conselho, Mario Junior de Melo, o motivo seria uma agressão cometida por dona Lourdes ao seu filho de 13 anos com as iniciais M. A. M.

Mario afirmou que  o menor, indefeso, foi agredido com golpes de sinta e foi obrigado a ficar de joelhos por 1 hora como forma de castigo. Ao delegado, Dona Lourdes confessou que havia batido no filho, mas explicou com clareza o motivo.

Ontem cheguei em casa e vi ele com um celular novo. Desconfiei, porque ele não trabalha. Então perguntei onde ele tinha conseguido. Ele disse que achou. Horas depois, um rapaz do mesmo bairro veio atrás do celular, dizendo que ele tinha roubado de dentro de sua casa. Então eu tive que bater nele, pois não é a primeira vez que ele apronta”, Afirmou Maria de Lourdes. (Notícias Brasil Online)

‘Nunca roubei nem uma maçã para não envergonhar minha mãe’, diz Lula

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva voltou a atacar na sexta-feira (27) integrantes da Operação Lava-Jato e a dizer que não há outra forma de barrar sua vitória em 2018 a não ser pelo voto.

Líder nas pesquisas, Lula e o PT convivem com a dúvida se ele poderá disputar ou se será impedido por uma eventual condenação em segunda instância em um dos processos sobre corrupção de que é alvo.

“Só tem um jeito de eles me barrarem: é ganhar de mim nas eleições de 2018”, disse Lula num palanque armado na praça central de Montes Claros, principal cidade no norte de Minas Gerais. Foi o local onde ele realizou mais um comício no interior do Estado, onde tem feito pré-campanha desde segunda-feira.

Lula chamou de “bando de meninos” os integrantes da Lava-Jato e disse que não vai permitir que eles julguem “a história de um homem de 72 anos” que se dedicou aos mais pobres. Ele fez aniversário hoje.

Num tom desafiante e já corriqueiro, Lula disse que seus acusadores parecem estar acostumados com políticos que diante de qualquer denúncia “enfiam o rabo entre as pernas”.

Sob gritos e aplausos de um público que lotou a praça, ele insistiu na tecla de que é acusado injustamente.

Disse que nunca roubou nem uma maçã quando garoto para não envergonhar sua mãe. “Não é aos 72 anos que eu vou roubar um centavo para envergonhar milhões e milhões de pessoas que confiaram em mim”.

No palanque também estava a ex-presidente Dilma Rousseff (PT), a presidente nacional do partido, a senadora Gleisi Hoffmann (PR), deputados, lideranças regionais petistas, além de dirigentes da CUT e do MST.

A mensagem dos oradores que o antecederam foi uma só: a de colocar antecipadamente em dúvida as eleições do ano que vem caso Lula seja impedido de disputá-las.

Dilma, afastada do cargo no ano passado pelo processo de impeachment, sintetizou a ideia do partido afirmando que o crucial é “impedir que tenhamos uma eleição fajuta”.

E acrescentou: “Só não será [eleição] de cartas marcadas se o presidente Lula puder concorrer”.

Lula já foi condenado a nove anos e meio de prisão pelo juiz Sérgio Moro, decisão que, se confirmada, em segunda instância, poderá torná-lo inelegível.

A viagem por Minas e outras já programadas pelo Pará, Amazonas, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e depois pelo Centro-Oeste são vistas como uma agenda de pré-campanha para consolidar sua candidatura e sua força eleitoral, o que poderia tornar mais difícil uma decisão judicial que venha impedir de ele disputar.

Antes do ato da noite, o ex-presidente se encontrou com o empresário Josué Gomes da Silva, do grupo têxtil Coteminas, fundado por José Alencar, vice-presidente da República em seus dois mandatos.

Lula volta a subir em palanques no fim de semana em cidades do interior de Minas e na segunda-feira encerra seu roteiro num comício em Belo Horizonte.

Adolescente de 14 anos é suspeito de matar a própria mãe em PE

Imagem / Ilustração da internet

 

Um adolescente de 14 anos é suspeito de matar a própria mãe estrangulada na tarde desta terça-feira (24) no bairro Nova Esperança, em Orobó, Agreste de Pernambuco. Segundo a família, o suspeito tinha um histórico de desentendimentos com a mãe e era usuário de drogas.

Estrangulamento 

Segundo a Polícia Civil, o garoto teria estrangulado a mãe em seu quarto. Em seguida, para simular uma morte natural, o filho teria arrastado o corpo da mãe e colocado sobre o sofá. Ainda, segundo a Polícia, o Samu foi solicitado e, ao chegar ao local, os médicos constataram uma mancha no pescoço da vítima. Ao ser questionado sobre tal mancha, o adolescente afirmou que ela teria tido um “ataque” e apertado o próprio pescoço. O garoto também afirmou que ligou para a sua avó para que ela solicitasse socorro para a mãe.

Informações dão conta que o crime teria sido ocasionado por dinheiro para compra de drogas.

Por ser suspeito do crime, o garoto de 14 anos foi encaminhado para a delegacia de Limoeiro onde o caso está sendo investigado. Segundo populares da região, o adolescente teria confessado o crime.

Segundo a Polícia Civil, o corpo da mulher foi levado para o Instituto de Medicina Legal (IML) de Recife.

Publicação

Após o crime, o garoto teria postado no Facebook uma mensagem de despedida para a mãe com os dizeres “mãe vá com Deus”, o que gerou revolta entre os internautas. (JC Online)

Jovem é preso acusado de agredir a mãe à pedrada em Santa Cruz

Imagem: Ilustrativa da internet

José Girlânio Gomes de Souza, de 23 anos, foi preso em Santa Cruz, no Sertão do Araripe, acusado de ter agredido a própria mãe com uma pedrada. A violência aconteceu nessa quinta-feira (28), por volta da 00h40, na Rua Carolina, no bairro Vila Nova.

Segundo a Polícia Militar (PM), o acusado cartou a pedrada na perna da própria mãe, uma senhora de 67 anos de idade. José Girlânio foi localizado e conduzido a Delegacia de Polícia Civil de Ouricuri, também no Araripe, para os procedimentos legais.

A grande família de Bodocó

tulio-alves-e-brivaldoEm Bodocó, no Sertão do Araripe, a 645 km do Recife, o prefeito Túlio Alves (DEM) exagerou na dosagem no assessoramento da sua gestão doméstica.

Nomeou o pai, o ex-prefeito Brivaldo Alves (DEM), secretário de Governo, Planejamento e Articulação e a mãe, Héldna Alves, secretária de Administração e Gestão de Pessoas.

O nepotismo não acaba ai:  Maria Luiza Brito, irmã do vice-prefeito Edmilson Brito Alencar, assumiu a Secretaria de Ação Social. Só faltou o papagaio! (Blog do Magno Martins)

Tragédia: Mãe é suspeita de matar acidentalmente filha de 5 meses em Bodocó

Maria Adriana Vieira de Jesus Nascimento, 22 anos, é suspeita de matar asfixiada a filha de 5 meses em Bodocó, nesse sábado (17). De acordo com a Polícia Militar, a mulher chegou em casa alcoolizada, deitou-se no mesmo colchão que a menina e colocou, acidentalmente, o braço por cima do rosto do bebê. Horas depois, uma tia da jovem, que também estava na residência, percebeu que a criança não estava respirando.

A menina foi levada para um hospital da cidade, mas chegou sem vida. O corpo foi encaminhado para o Instituto de Medicina Legal (IML) de Petrolina e o laudo indicou morte por asfixia direta e insuficiência respiratória aguda.

Suspeita de matar filha foi autuada por homicídio culposo

A mãe foi presa em flagrante e autuada por homicídio culposo, quando não há intenção de matar. Ela foi encaminhada para uma audiência de custódia.