Prefeito Túlio Alves manda para a Câmara projeto de aumento da taxa de iluminação pública em Bodocó

A população de Bodocó, Sertão do Araripe, anda na bronca com o prefeito Túlio Alves (DEM) que enviou para a Câmara de Vereadores projeto de lei de número 024/2017, aumentando a contribuição de iluminação pública (CIP). A proposta do governo é alterar a tabela vigente, mas os vereadores da oposição prometem fazer barulho para que a Casa rejeite mais um aumento para o contribuinte bodocoense.

Vamos nos unir contra mais essa truculência e falta de sensibilidade com a população que está a mercê desse tipo de política inoportuna. Já não basta aumento de tantas coisas, gás, combustível, energia, impostos em geral,  imposto pelo governo federal e vem o governo municipal, através do prefeito Túlio Alves e seu secretário de Governo, Brivaldo Alves, querendo aumentar a taxa de iluminação pública. Sé você não concorda, una-se aos vereadores que estão lutando contra mais essa atrocidade da Prefeitura Municipal”, diz parte do comunicado dos parlamentares que estão lutando para rejeitar o projeto.

No texto, o prefeito justifica que são 14 anos de instituição da CIP sem ter havido qualquer alteração na tabela que encontra-se defasada, conforme argumento do gestor.

A tabela atual não cobre as despesas reais cobertas pelo município a título de consumo de energia., para isso a alteração é necessária para arrecadar valor compatível com a despesa”, justifica o prefeito em trecho do projeto de lei. (Por Roberto Gonçalves)

Em Ouricuri, coordenador diz que material de iluminação já foi comprado e que chegará a qualquer momento

AMARO CELPEO coordenador do departamento de iluminação pública da Prefeitura Municipal de Ouricuri Amaro Honório, popularmente conhecido por Amaro da Celpe, nessa quinta-feira (07) falou com exclusividade ao Programa Tribuna do Povo na rádio Cultura FM sobre a situação em que se encontra a iluminação pública de Ouricuri.

Amaro disse que, todo o material para fazer a manutenção da iluminação pública do município já foi comprado e que ainda não chegou devido ter havido atraso da transportadora, por conta dos feriados de natal e ano novo, mas assegurou que esse material pode chegar a qualquer momento e que, após chegar começará os trabalhos.