Deputada Socorro Pimentel cobra do Governo transparência e eficácia na Rede PE/BA

Na tarde dessa segunda-feira, 27, Durante a Reunião Plenária na Assembleia Legislativa, a deputada estadual Socorro Pimentel foi à tribuna para falar sobre a Rede Interestadual de Saúde do Médio São Francisco, criada em 2009, a partir de um pacto firmado entre o Ministério da saúde, as Secretarias de Saúde dos estados de Pernambuco e da Bahia e 53 prefeituras da região, como Petrolina, Juazeiro, Paulo Afonso, Ouricuri, Salgueiro e Araripina.

No ano de 2011, a Rede PE/BA, entregou à população a Central de Regulação Interestadual de Leitos, responsável pelo monitoramento do acesso a 100% dos leitos de Petrolina e Juazeiro, e é o primeiro caso no Brasil em que leitos de cidades de dois estados diferentes são regulamentados por uma única instância.

Mas de acordo com a parlamentar, o sistema não tem sido eficiente: “Estamos falando de uma região composta por 53 municípios, com quase 2 milhões de pessoas e que dispõe de 63 unidades de saúde básica e 13 unidades de média e alta complexidades. Foi comprovado que não existe qualquer sistema informatizado que permita o acompanhamento, em tempo real, dos fluxos dos usuários do SUS entre as unidades de saúde da região. Consequentemente, todo o processo de hierarquização e de referência e contra referência do sistema acaba sendo prejudicado, aumentando ainda mais o caos na saúde da região”.

A Deputada ressaltou ainda a falta de investimentos e de transparência por parte do Governo: “Sabemos que parte desse problema se origina da histórica falta de financiamento da saúde. Além do mais, as verbas repassadas pelo Governo Federal para custear a gestão do SUS nos municípios da Rede PE/BA têm diminuído vertiginosamente ao longo dos últimos anos. Ao mesmo tempo, há uma dificuldade gigantesca para se identificarem, de forma precisa, os repasses dos governos estaduais de Pernambuco e da Bahia para a Rede”, disse.

Socorro Pimentel reforçou ainda que a população tem sido atingida de maneira direta: “A população tem sido penalizada pela ineficiência do Poder Executivo em gerir a saúde pública e mais uma vez nos tornamos reféns da falta de transparência do Governo. Não podemos permitir que uma gestão pública inoperante continue prejudicando milhões de brasileiros, negando-lhes os direitos à saúde e à dignidade”, finalizou.

Morre o empresário Humberto Bertino, pai da deputada estadual Roberta Arraes

Morreu na manhã desta quarta-feira (18) no Recife, Humberto Bertino. O empresário do setor automobilístico, era casado com ex-secretária de Ação Social de Araripina, Maderleide Oliveira, e deixa cinco filhas, todas do primeiro casamento, que são:  Roberta Arraes, Malba, Alexandra, Daniele e Isolda e vários netos.

A deputada Roberta Arraes (PSB), deve emitir uma nota lamentando a perda do seu genitor ainda nesta quarta – feira. O dia do sepultamento e o horário da chegada do corpo de Humberto Bertino a Araripina, ainda não foram informados pela família do empresário. (Blog do Roberto)

Deputada estadual cobra em rede social, melhoria na educação de Araripina

SOCORRO PIMENTEL

A deputada estadual Socorro Pimentel (PSL), usou sua rede social facebook para mostrar sua indignação com o atual gestor de Araripina Alexandre Arraes (PSB). Ela cobra a transparência nas contas públicas, a deputada usou o portal da transparência para mostra a população que o dinheiro dos recurso federais são repassados todos os meses, falta saber para onde esse dinheiro está indo…

Leia o texto da Deputada na sua rede social facebook:

“E… Qual será a EXPLICAÇÃO do sr. Prefeito Alexandre Arraes para isso???

Vamos DETALHAR aqui os recursos repassados pelo Governo Federal para a EDUCAÇÃO do município de Araripina de Janeiro a Outubro de 2016, que totalizaram ATÉ AGORA, quase 16 MILHÕES!!!

NÃO houve um mês sequer em que o repasse deixou de ser efetuado!!!

Merenda Escolar- R$ 504.210,00

Transporte Escolar- R$ 413.277,70

FUNDEB- R$ 3.411.505,50

Dinheiro Direto para a Escola para Educação Básica- R$ 175.742,00

FUNDEB- R$ 9.180,802,96

Implantação e Adequação de Estrutura Esportiva das Escolas- R$ 229.442,51

Transferência da Cota Parte dos Salários da Educação- R$ 1.279.880,68

Transferência para Educação Básica- R$ 781.761,47.

NÃO FALTA DINHEIRO!!!

O que FALTA é….”, escreveu a deputada.

Deputada revela preocupação com escalada da violência no Sertão do Araripe

SOCORRO

A violência disseminada pelo Sertão do Araripe levou a deputada Socorro Pimentel (PSL) a fazer um alerta sobre o tema, durante a Reunião Plenária desta terça (21), na Assembleia Legislativa. A parlamentar cobrou providências do Governo do Estado para o combate aos assaltos praticados em municípios como Ouricuri, Araripina e Trindade.

De acordo com Socorro, a região enfrenta uma “escalada de criminalidade nunca antes vista”. Ela citou casos de crimes praticados contra transeuntes, lojas, casas lotéricas e residências. “A população está com medo de sair às ruas. A insegurança dominou o sentimento das pessoas”, disse. A deputada acredita que falta efetivo e aparelhamento das Polícias Militar e Civil, e pediu uma ação mais firme do Governo do Estado.