TCE reprova contas de gestão do ex-prefeito de Ouricuri, Cezar de Preto

As contas de gestão de 2016 do então prefeito de Ouricuri, Antonio Cézar Araújo Rodrigues, foram reprovadas ontem (26) pela Segunda Câmara do TCE. O relator do processo foi o conselheiro Carlos Porto.

O relatório de auditoria identificou diversas irregularidades no curso da gestão, entre elas a ausência de recolhimento de contribuições patronais devidas ao Regime Geral no montante de R$ 1.875.761,67; pagamento indevido de encargos por atrasos nesse recolhimento; pagamento de R$ 1.455,70 por multas de trânsito; despesa de pessoal indevidamente classificada como “outros serviços de terceiros”; inconsistência na apresentação de saldos bancários e despesas indevidamente relacionadas como “manutenção e desenvolvimento do ensino”.

Devidamente notificado pelo relator, o ex-prefeito não apresentou defesa. Suas contas foram julgadas irregulares, com imputação de débito no valor de R$ 216.015,70 e multa no valor de R$ 8 mil, que deverá ser recolhido no prazo de 15 dias do trânsito em julgado desta decisão.

Ex-prefeito de Ouricuri, Cezar de Preto, capota carro na PE 604

O ex-prefeito do município de Ouricuri, no Sertão do Araripe pernambucano, Cezar de Preto, sofreu acidente na rodovia PE 604, próximo a cidade de Santa Cruz da Venerada. O acidente ocorreu por volta das 19h30 de quarta-feira (07).

Segundo informações de familiares do ex-prefeito, ele vinha de Petrolina com um cunhado, quando um animal (jumento) atravessou na frente do carro, na rodovia, e para librar o animal, o ex-prefeito capotou o veículo.

Cezar e o cunhado estão bem. O ex-chefe do executivo após passar por exames em Juazeiro do Norte-CE, já se encontra em sua residência em Ouricuri. O veículo ficou totalmente destruído.

Cezar de Preto governou Ouricuri de 2013 a 2016  e recentemente declarou que tem pretensão de disputar uma cadeira na Assembleia Legislativa de Pernambuco (ALEPE) nas eleições de 2018. Os ouricurienses sonham com um deputado estadual filho da “Terra dos Voluntários da Pátria”.

Ex-prefeito Cezar de Preto pode ser candidato a deputado estadual pelo PT

O ex-prefeito de Ouricuri, Cezar de Preto (PSB), recebeu convite do senador da república Humberto Costa para se filiar ao Partido dos Trabalhadores (PT). Cezar que já declarou à imprensa de Ouricuri que pretende disputar uma vaga na Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe) nas eleições de 2018.

Cezar deve anunciar em breve a sua desfiliação do PSB e deverá divulgar em breve a sua nova sigla partidária. É provável que o ex-prefeito ingresse no PT e apoie o time de Lula e Marília Arraes para o governo do estado.

Por outro lado, o prefeito de Ouricuri Ricardo Ramos (PSDB), poderá ser expulso do partido depois de ter recebido o ex-presidente Lula e se filiar ao PSB do governador Paulo Câmara. (Com informações do Blog do Banana)

Cezar de Preto em instantes no Jornal da Cultura

O ex-prefeito do município de Ouricuri, no Sertão do Araripe pernambucano, Cezar de Preto (PSB), estará nesta sexta-feira (07) ao meio dia, daqui a pouquinho, dando entrevista ao Grande Jornal da Cultura, na rádio Cultura FM 87,9 em Ouricuri. 

Essa será a primeira vez que o ex-prefeito fala a imprensa após a gestão do prefeito Ricardo Ramos (PSDB).

A expectativa dos ouricurienses é muito grande para ouvir o ex-prefeito, pois, nesses 97 dias do governo Ricardo Ramos, muitos dos ouricurienses já estão insatisfeitos com a falta de governabilidade no município.

 

TCE aplica multa a ex-prefeito Cezar de Preto por descumprimento de Termo de Ajuste de Gestão

O ex-prefeito da cidade de Ouricuri, Antônio Cezar Araújo Rodrigues (Cezar de Preto, PSB) foi multado no valor de R$ 37.490,00, por descumprir um Termo de Ajuste de Gestão (TAG), celebrado com o Tribunal de Contas em novembro de 2015, para corrigir uma série de problemas no funcionamento das escolas públicas do município.

As irregularidades foram identificadas pela equipe técnica do TCE, após auditoria realizada pela Inspetoria Regional de Petrolina. Os auditores encontraram falhas como, danos na estrutura física; ausência ou insuficiência de banheiros, instalações hidrossanitárias, elétricas, telefônicas e de rede de lógica; defeitos nos revestimentos das paredes e pisos; ausência de espaço adequado para a prática de esporte e recreação das crianças; salas de aula com mobiliário insuficiente ou inadequado; e cozinhas sem condições de higiene e de armazenamento de alimentos da merenda.

Diante do exposto, o conselheiro Marcos Loreto, relator das contas do município, decidiu celebrar um Termo de Ajuste de Gestão com o prefeito à época, Antônio Cezar Araújo Rodrigues, recomendando a adoção, no prazo entre 120 e 300 dias, de 27 medidas para melhorar as condições de funcionamento das unidades de ensino e atender aos padrões mínimos de infraestrutura estabelecidos nas diretrizes e metas do Plano Nacional de Educação, amenizando inclusive o baixo desempenho que a cidade apresenta na área da educação.

RECOMENDAÇÕES – Entre as ações que o ex- prefeito se comprometeu em realizar, ao assinar o TAG, estão, providenciar instalações hidrossanitárias nas cozinhas e sanitários; recuperar a ligação do esgotamento sanitário das cozinhas; recuperar, ou mesmo, substituir, as cisternas das escolas; recuperar e implementar as instalações elétricas; providenciar melhorias na iluminação e ventilação natural das salas de aula; providenciar a construção de sanitários; e proporcionar espaços próprios para a prática de atividades esportivas ou recreativas.

Em outubro de 2016, depois de transcorrido o prazo mais longo estabelecido no TAG, a Inspetoria Regional de Petrolina expediu um relatório de monitoramento que mostra o cumprimento, parcial, de apenas 5, das 27 recomendações feitas pelo TCE, sem apresentação de nenhuma providência efetiva em relação às restantes.

Como a defesa e os documentos apresentados pelo ex-prefeito não foram suficientes para atestar sua adimplência em face do TAG, o conselheiro Marcos Loreto decidiu pelo julgamento irregular do processo (TC nº 1509386-4), com aplicação de multa ao ex-gestor.

O relator determinou ainda ao atual prefeito de Ouricuri, ou quem vier a sucedê-lo, que encaminhe ao Tribunal de Contas, no prazo de 60 dias, informações a respeito do efetivo cumprimento de todas as obrigações assumidas e registradas no Termo de Ajuste de Gestão, sob pena de aplicação de multa. O cumprimento da decisão será verificado também no âmbito do TCE pela Coordenadoria de Controle Externo, por meio de auditorias e inspeções.

Homem é agredido em frente à casa de Cezar de Preto em Ouricuri

2547c207-0e8a-4fcf-ac67-49b5e590c6fc

No final da tarde desta segunda-feira (03), por volta das 17 horas, um homem conhecido como Mazinho, cunhado de Geane da Comfrança, foi agredido quando passava com músicas de outro partido em frente à casa do gestor de Ouricuri, segundo testemunhas.

Ainda de acordo com populares, que pediram sigilo na divulgação dos nomes, a equipe de Cezar de Preto dirigiu-se ao carro da vítima e começaram a quebrar o para-brisa. Uma testemunha chegou após ocorrido e conversou com a vítima, onde segundo ela, Mazinho falou: “o próprio Cezar que me agrediu, e a equipe quebraram o para-brisa a pauladas. Estou sentindo uma dor muito grande no ouvindo e a dor está subindo para cabeça”, falou a testemunha com suas palavras.

Ainda segundo informações, o homem não quis ir para o hospital e não procurou a polícia para registo do B.O.

O espaço fica democraticamente aberto para que o prefeito que teve seu nome citado na agressão, possa esclarecer os fatos.

Em convenção, Chico Neto é escolhido como vice na chapa de Cezar de Preto

DSCN0337

Na última sexta-feira (05), o Partido Socialista Brasileiro (PSB), realizou sua convenção partidária, na qual bateu o martelo no nome de Cezar de Preto para disputar a reeleição e do vereador Chico Neto a vice.

No encontro que foi realizado na noite dessa sexta-feira (05) na Quadra da Escola de Referência em Ensino Médio, EREM Fernando Bezerra, vários correligionários e simpatizantes compareceram.

Alemão deixa a gestão do Prefeito Cezar em Ouricuri

alemãoO comunicador Alemão acaba de deixar a gestão do prefeito Cezar de Preto (PSB) em Ouricuri. A notícia foi espalhada na última sexta-feira (08) quando em entrevista a imprensa local, ele declarou sua decisão.

“Fomos convidados há um ano para fazer parte do governo Cezar de Preto, prestar serviço de locução e também com o carro de som, em janeiro devido à crise, o prefeito parou o carro de som, ainda conversei com o prefeito, no entanto não tivemos resultado positivo, por isso decidi deixar o grupo, eu só trabalho com minhas ferramentas que, são os meus carros de som”, declarou.

O comunicador declarou que está saindo do grupo do prefeito como profissional, de cabeça erguida, assim como entrou, dizendo que não guarda mágoa do prefeito e que a gestão não lhe deve nada. Agradeceu a Cezar (prefeito) por ter lhe contratado mesmo sabendo que ele não havia votado no gestor.

Alemão também garantiu que as amizades que fez dentro da gestão vão continuar, afirmando que a política passa e os amigos vão sempre permanecer.

Libéria está na gestão Cezar de Preto

liberia jovino 1

Após ser divulgado neste veículo de comunicação, que possivelmente Libéria Jovino estaria no governo Cezar de Preto, de imediato, a mesma desmentiu tais informações, no entanto, a ex-secretaria do governo Ricardo Ramos (PSDB) foi vista na última segunda-feira (04) ao lado do prefeito Cezar de Preto (PSB), durante a inauguração da escola do Residencial Maria Gorete em Ouricuri.

Informações da própria gestão municipal, confirma que Libéria está trabalhando na gestão do prefeito Cezar de Preto, especialmente na Secretaria de Assistência Social, executando atividades diretamente com a esposa do prefeito, Daniela Sá.

PING-PONG! Antonio Holanda está com Cezar de Preto

ANTONIO HOLANDA

O suplente de vereador Antônio Holanda não sabe onde fica. Em 2012 foi candidato a vereador ao lado de Ricardo Ramos, no inicio desse ano (2016) deixou o ex-prefeito e declarou apoio ao pré-candidato Botinha (PR) e, nas últimas semanas foi divulgado na imprensa que o mesmo está com o prefeito Cezar de Preto.

Será que Holanda fica até o final com o prefeito?