Câmara de Ouricuri coloca em pauta projeto de reajuste salarial rejeitado pelos servidores municipais

Mesmo após os servidores municipais desaprovarem, em assembleia, dois percentuais de reajuste salarial oferecidos pela prefeitura, a Mesa Diretora da Câmara de Vereadores de Ouricuri colocou o projeto do Poder Executivo em pauta na sessão ordinária da última terça-feira, 12.

Várias funcionárias públicas lotaram a plateia do teatro da Praça CEU, onde a reunião foi realizada, segurando cartazes de reprovação à proposta do prefeito. Apesar disso, o projeto entrou em discussão e foi enviado às comissões para análise.

O gestor municipal propõe 4,17% de reajuste aos professores, fracionado em quatro parcelas de 1% em março, 1% em abril, 1% em maio e 1,17% em junho. Aos demais servidores é oferecido aumento de 4,61%, condicionado à redução do limite da folha de pagamento a 54% da receita corrente líquida. Os funcionários não aceitam essas condições.