Na Cadeia de Ouricuri: detento joga água fervendo em outro que dormia

Um detento jogou água fervente em outro na Cadeia Pública de Ouricuri, no Sertão do Araripe pernambucano. O episódio aconteceu por volta das 02h20 dessa quarta-feira (22), em uma das celas da unidade prisional.

Segundo a Polícia Militar (PM), Os envolvidos foram conduzidos ao hospital Regional Fernando Bezerra e em seguida, à Delegacia de Polícia Civil da cidade para esclarecimento do ocorrido.

A polícia não revelou a identidade dos envolvidos.

A maioria dos brasileiros quer Lula na cadeia, diz pesquisa

As provas apresentadas na investigação Lava Jato contra o ex-presidente Luiz Inácio da Silva seriam suficientes para justificar a prisão do petista. Esta é a avaliação de 54% das pessoas entrevistas pelo Datafolha. O levantamento foi publicado nesta segunda-feira (2), pela Folha.

Entretanto, a mesma pesquisa aponta que 40% dos entrevistados avaliaram que o petista não deve ser preso, com base nas provas que apareceram até agora.

A pesquisa também revelou que 5% das pessoas abordadas preferiram não opinar sobre o destino do ex-presidente petista que governou o país entre 2003 e 2010; e elegeu Dilma Rousseff como sua sucessora.

Temer

 O Datafolha também perguntou sobre a situação do atual presidente Michel Temer (PMDB). Para 89% dos entrevistados, a Câmara dos Deputados deve abrir sim o processo contra Temer por organização criminosa e obstrução da Justiça. Se o processo for adiante, Temer pode ser afastado do cargo por seis meses.

De acordo com a pesquisa, apenas 7% dos entrevistados não concordam com a continuidade do processo de investigação do presidente Temer.

Outro lado

O ex-presidente Lula não comentou o resultado da pesquisa do Datafolha com a opinião dos entrevistados sobre a sua prisão. No Twitter, o ex-presidente publicou dados de uma outra pesquisa, do mesmo Datafolha, onde lidera as intenções de votos. O presidente Michel Temer também não comentou a pesquisa. (Do R7)

PM encontra serras de aço em refeição de detento da Cadeia de Ouricuri

Durante revista a uma marmita de almoço na Cadeia Pública de Ouricuri, nessa sexta-feira (01), a Polícia Militar (PM) encontrou no meio da refeição duas (02) laminas de aço (serra) para cortar ferro. O almoço era destinado ao detento Tiago Ferreira.

Segundo a PM, a marmita havia sido entregue por um mototaxista, e que se evadiu antes da revista. A guarda interrogou o detendo Tiago e o mesmo informou que a sua refeição é feita dentro da cela, bem como, nunca havia recebido refeições de outra localidade.

Vereador Dida solicita reforma na Cadeia Pública de Ouricuri

Na sessão ordinária realizada na terça-feira (17), o vereador Dida solicitou através de indicação parlamentar que o prefeito de Ouricuri, Ricardo Ramos, ou o Governo do Estado faça uma reforma na Cadeia Pública do município.

O vereador declarou que visitou a cadeia e viu de perto a precariedade na qual a mesma se encontra, segundo ele, a parte elétrica e hidráulica está precária, o piso e paredes apresentam rachaduras, além do esgoto que se encontra estourado.

Presos pela polícia ordenavam crimes de dentro da cadeia pública de Araripina e presídio de Petrolina

A Polícia Civil (PC) afirmou, nesta sexta-feira (23), que dois detentos da Penitenciária Dr. Edvaldo Gomes, em Petrolina, no Sertão de Pernambuco, eram responsáveis pelo comando de duas organizações criminosas que atuavam na região. Um outro homem, de Trindade, também foi apontado como o chefe de uma terceira organização.

Os grupos foram desarticulados pela ‘Operação Águia’, desencadeada pela Polícia Civil nesta quinta-feira (22), nas cidades de Petrolina, Araripina, Trindade, Serrita, além de Marcolândia, no Piauí e Juazeiro do Norte, Ceará. As investigações foram iniciadas há 11 meses. Participam da operação 155 policiais civis, entre delegados, agentes e escrivães.

Os envolvidos são suspeitos de participar de homicídios, roubos, estelionato, tráfico de drogas, associação criminosa, corrupção de menores e lavagem de dinheiro. Além dos presos da Penitenciária Dr. Edvaldo Gomes, em Petrolina, outros detentos das cadeias de Trindade e Araripina, também mandavam executar ações de dentro do sistema carcerário.

De acordo com a delegada Katyanna Muniz, a operação chegou até os suspeitos após investigar crimes de homicídios e tráfico de drogas ocorridos em Araripina.

Preso serra grades e foge da Cadeia de Ouricuri usando corda de tecidos

prisão-1024x768Em Ouricuri um preso da Cadeia pública fugiu na manhã da quinta-feira (28). De acordo com o 7º Batalhão da Polícia Militar (7ºBPM), durante o banho de sol, o pedreiro de 26 anos serrou uma grade de ferro que separa o pátio interno do externo e usou uma corda de retalhos de tecidos para saltar o muro da unidade prisional.

Segundo o 7º BPM, a fuga foi notada após o banho de sol dos detentos, quando o chaveiro percebeu que a grade estava serrada. O Boletim de Ocorrência foi confeccionado para serem tomadas as providências legais. (Do G1/Petrolina)

PM encontra maconha em bolso de detento na cadeia de Araripina

Na última quarta-feira (18), o policiamento da ROCAM de Araripina foi solicitado pela Guarda da Cadeia, precisamente da Cela 05, relatando que o detento Antônio Carlos Alves de Souza, 36 anos, se encontrava perturbando no interior da citada cela. Durante as buscas foi encontrada no bolso do detento, 01 peteca de maconha, com aproximadamente 03 gramas. O mesmo foi encaminhado a DPC local, juntamente com a droga, para tomarem as medidas cabíveis.