Transparência do primeiro ano da Gestão Ricardo Ramos em Ouricuri é pior que 2016, mostra levantamento do TCE

Imagem: Arquivo do blog

Levantamento realizado pelo Tribunal de Contas do Estado mostra uma evolução no nível de transparência dos municípios pernambucanos em 2017, em comparação aos números do ano passado.

O trabalho foi realizado pelo Núcleo de Auditoria Especializadas do TCE, por meio da Gerência de Auditoria de Tecnologia da Informação, em parceria com o Departamento de Controle Municipal, com o objetivo de estimular a transparência pública e tornar mais efetivo o controle social e o exercício da cidadania.

O estudo, produzido anualmente desde 2015, foi elaborado a partir de um diagnóstico dos portais de transparência das 184 prefeituras do Estado, feito entre os meses de maio e novembro deste ano. Para cada portal avaliado foi calculado o Índice de Transparência dos Municípios de Pernambuco –  ITMpe,  que pode variar entre zero e 1.000 pontos. De acordo com o valor obtido, os portais são classificados em cinco níveis de transparência, Desejado, Moderado, Insuficiente, Crítico e Inexistente.

Segundo o levantamento, o número de prefeituras enquadradas nos níveis Desejado e Moderado de transparência aumentou, passando de 79 em 2016 para 101 este ano. 55 municípios (30%) ampliaram o seu nível de transparência, 92 (50%) permaneceram na mesma situação de 2016 e 36 (20%) apresentaram uma diminuição na pontuação do índice, segundo a metodologia adotada pelo TCE. As cidades do Recife e de Jaboatão do Guararapes foram as únicas que alcançaram o nível Desejado de transparência.

RANKING – No ranking dos municípios que ocupam as 10 melhores posições estão Recife, Jaboatão dos Guararapes, Garanhuns, Gravatá, Brejinho, João Alfredo, Calçado, Olinda, Cabrobó e Taquaritinga do Norte.

Já as prefeituras de Maraial, Exu, Carnaubeira da Penha, Vitória de Santo Antão, Betânia, Catende, Água Preta, Ribeirão, Santa Maria da Boa Vista e Tracunhaém ocupam as dez piores colocações no ranking, apresentando níveis muito baixos de transparência, não permitindo um controle social minimamente satisfatório. Destas, três não dispõem de portais de transparência, estando enquadradas no nível inexistente (nota zero). São elas: Ribeirão, Santa Maria da Boa Vista e Tracunhaém.

Confira o resultado do levantamento para os dez municípios da Região do Araripe:

Em 2016, último ano da gestão do ex-prefeito Cezar de Preto, Ouricuri se posicionou bem melhor que atualmente, ficou com a pontuação 436, número considerado insuficiente. Em 2017, primeiro ano da gestão do atual governo, Governo Ricardo Ramos, a transparência cai, passando de Insuficiente para Crítico, ou seja, na pontuação, caiu de 436 para 128.50, em relação a todos os municípios do estado, atualmente, Ouricuri ocupa a posição 166, em 216 era, 105.

O Tribunal de Contas do Estado avalia esses municípios com menor índice de transparência como aqueles que apresentam maiores problemas de gestão. Lamentável essa realidade para a Terra dos Voluntários da Pátria.

Pernambuco foi o quarto estado que mais registrou mortes em 2016

O Brasil registrou 61,6 mil mortes violentas em 2016, de acordo com o Anuário Brasileiro da Segurança Pública divulgado nesta segunda-feira. O número, que contabiliza latrocínios, homicídios e lesões seguidas de morte, representa um crescimento de 3,8% em comparação com 2015, sendo o maior patamar da história do país. Em média, foram contabilizados sete assassinatos por hora. Com o crescimento do número de mortes intencionais, a taxa de homicídios no Brasil por 100 mil habitantes ficou em 29,9.

Pernambuco foi o quarto estado do país com a maior taxa de Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLIs), segundo o levantamento. Os números apresentados pelo Anuário são referentes aos anos de 2015 e 2016. De acordo com a publicação, Pernambuco só perdeu para os estados do Amapá, Rio de Janeiro e Rio Grande do Norte. As taxas de mortes por 100 mil habitantes nesses estados foi de 52, 24,3 e 18, respectivamente. Pernambuco aparece na tabela com 14,4. Em números absolutos, o estado registrou 3.889 CVLIs no ano de 2015 e 4.479 no ano passado. O aumento da violência em Pernambuco tem deixado a população assustada. Somente nos nove primeiros meses deste ano, 4.145 pessoas foram assassinadas no estado, segundo a Secretaria de Defesa Social (SDS).

Questionado sobre a divulgação do Anuário Brasileiro de Segurança Pública o governador Paulo Câmara disse que os números de violência estão crescendo desde 2014 e enumerou as ações feitas pelo governo do estado para tentar reverter a situação. “Divulgamos mensalmente os nossos números e desde 2014 eles vêm aumentando. Mas estamos trabalhando para mudar isso. Fizemos a contratação dos novos 1,5 mil policiais militares que já estão nas ruas e mais 1,3 mil novos PMs estão na academia. Além disso, mil policiais civis irão para as delegacias em janeiro. Outubro vai ser o primeiro mês, depois de três anos, que a gente vai diminuir a violência em relação a outubro do ano anterior. Tenho certeza que a gente vai virar a curva e vamos, a cada mês, diminuir a violência no nosso estado”, declarou Câmara. (Folha de PE)

2016 bate novo recorde de ano mais quente da história

O ano de 2016 foi o mais quente já registrado, estabelecendo o terceiro ano consecutivo em que o recorde global de temperatura é quebrado. A informação foi divulgada nesta quarta-feira (18) pela Nasa, pela Administração Nacional Oceânica e Atmosférica dos Estados Unidos (NOAA) e pela agência britânica MET. Em conjunto, as agências publicaram análises das temperaturas de 2016, concluindo que o último ano foi o ano mais quente desde que os primeiros registros foram feitos, em 1880. Segundo a Nasa, a temperatura da Terra ficou 0,99°C acima da média do século XX.

A média da temperatura da Terra ficou em 0,94°C acima da média do século 20, que serve como “zero” para a escala. O atual segundo colocado, o ano de 2015, teve uma temperatura de 0,9°C acima dessa média -os números resultantes da diferença entre temperaturas medidas em relação à média histórica recebem o nome de “anomalia”.

A conta da temperatura média é feita levando medições de temperatura de todo o globo. Separando a anomalia em oceânica e continental, 2016 continua sendo líder nas duas, mas o verdadeiro culpado aparece: a média terrestre é 0,1°C maior que a de 2015, e a oceânica não foi tão diferente das mais altas até então.

Nos 16 primeiros anos do século 21, houve cinco quebras de recorde (2005, 2010, 2014, 2015, 2016). E, entre os dez anos mais quentes já registrados, só o de 1998 não é deste século -foi um ano com forte El Niño.

casaconstrucao

Homicídios no Sertão do Araripe sobem 13% em 2016, aponta balanço

violencia

O ano de 2016 foi violento no Sertão do Araripe. O número de homicídios na região que é composta por 10 municípios, aumentou cerca de 13 %, comparando 2016 com 2015. Em 2016, foram 120 homicídios registrados, enquanto que no ano anterior, o número chegou a 104, segundo balanço dos Blogs do Roberto e Fredson Paiva.

Como em outras regiões do estado, a maioria dos crimes é motivada pelo tráfico de drogas. Segundo a Polícia Civil, o acréscimo da quantidade de homicídios do ano de 2016 se deve à questão da intensificação ao combate ao tráfico de drogas, tentando desaparelhar grupos organizados que atuam nas principais cidades da região (Araripina, Ouricuri e Trindade).

Cerca de 80% das vítimas são pessoas que têm vínculo com o tráfico de drogas, entre traficantes e usuários. Enquanto que os outros 20% são de crimes vinculados ao consumo de álcool. Discussões de vizinho, brigas de casal e mortes causadas por ciúmes e motivos banais.

A Secretaria de Defesa Social (SDS-PE) estipulou uma meta de 72 homicídios para a região, mas apesar do trabalho incansável das Polícias Militar e Civil, desde 2013 essa meta não é alcançada no Sertão do Araripe. Em 2016, as cidades mais violentas foram: Araripina 40, Ouricuri com 26 homicídios, e Trindade 19 assassinatos. O município de Granito foi o mais tranquilo da região, não registrando crime de morte no ano passado. (Blog do Roberto)

casaconstrucao

Inscrições para a CNH Popular terminam domingo, 4 de dezembro

cnh-popular

Está acabando o prazo de inscrições para a temporada de 2016 da CNH Popular. O programa promovido pela Secretaria Das Cidades, por meio do Departamento Estadual de Trânsito de Pernambuco – DETRAN-PE, foi aberto no dia 16 de novembro e irá até o próximo dia 4 (domingo).  Mais de 100 mil pessoas, da Região Metropolitana do Recife (RMR) e interior do Estado, estão inscritas. O cidadão pode se inscrever no site www.detran.pe.gov.br.

Este ano, o programa irá beneficiar 4.504 cidadãos do Estado. Tendo eles, oportunidade para obtenção da primeira Carteira Nacional de Habilitação – CNH de forma gratuita. O Programa CNH Popular atende, também, renovação, adição e mudança de categoria. Esta rodada beneficia, exclusivamente, candidatos à CNH para conduzir veículos de duas rodas (categoria A) e automóvel (categoria B). O resultado da classificação estará disponível no site www.detran.pe.gov.br, a partir do dia 14 de dezembro.

Para o diretor presidente do DETRAN-PE, Charles Ribeiro, o público-alvo do CNH Popular é formado por pessoas em situação social de vulnerabilidade como cidadãos de baixa renda, desempregados, alunos e ex-alunos de escolas públicas, trabalhador com remuneração de até dois salários mínimos e beneficiários de programas assistenciais, como o Chapéu de Palha e o Bolsa Família.

“Esse Programa antecipou, em oito anos, o que viria a se tornar obrigatório em função da Lei 13.103, de março de 2015, que estabelece como direito dos motoristas profissionais o acesso gratuito a programas de formação e aperfeiçoamento, tendo como diferença que o CNH Popular abrange todos os cidadãos, sejam ou não profissionais do volante”, enfatizou Ribeiro.

O CNH Popular foi criado em 2008 e, desde então, já investiu mais de cem milhões de reais, habilitando mais de cem mil cidadãos pernambucanos a custo zero.

Como Funciona o CNH Popular:

Ao fazer sua inscrição, o candidato preenche um cadastro onde informa dados que permitirão sua alocação num dos grupos contemplados pelo Programa. Além dos dados pessoais, devem ser informados o número de dependentes do candidato, a situação empregatícia, valor da renda, dentre outros.

Finalizadas as inscrições, será disponibilizada e divulgada, no site do DETRAN/PE, a relação dos 4.504 selecionados de acordo com a ordem de classificação por segmento.

Por fim, começa a fase de convocação, onde os candidatos devem comparecer ao DETRAN/PE munidos da documentação exigida para cada segmento beneficiado, tendo em vista comprovar as informações prestadas no ato da inscrição. Estando tudo certo, o selecionado começa a usufruir o benefício.

Palmeiras supera Santos e se torna o maior vencedor do Brasileirão

palmeiras-campeao

Muita gente não saberia dizer quantos títulos tem um eneacampeão. Não é para menos: a palavra raramente é usada, já que não é sempre que se tem oportunidade de ver alguém ser campeão de alguma coisa por nove vezes. Entretanto, a palavra está na ponta da língua da torcida do Palmeiras, já que, após ter vencido a Chapecoense por 1 a 0, num Allianz Parque com recorde de público, o clube conquistou seu nono título brasileiro – o primeiro na era dos pontos corridos.

O Palmeiras, neste domingo, se tornou o maior campeão do Campeonato Brasileiro. O clube paulista chegou ao nono título na divisão mais importante do país e superou o Santos que ficou com oito. Palmeiras e Santos, aliás, são os únicos clubes campeões de todas as fases do Brasileirão (Taça Brasil, Robertão, Série A e pontos corridos). A Confederação Brasileira de Futebol (CBF), em 2010, unificou os títulos nacionais.

A atual volta olímpica do Palmeiras encerra um jejum de 22 anos sem soltar o grito entalado na garganta. A última conquista alviverde havia sido em cima do eterno rival Corinthians, em 1994. Na década de 90, aliás, o Verdão fez dobradinha, uma vez que também tinha ganho o título, em 1993, diante do Vitória.

A Série A do Campeonato Brasileiro entrou em vigor em 1971 e o Palmeiras se apressou em ganhar logo dois títulos. O Verdão foi bicampeão em 1972 e 1973. Mas a corrida por títulos do clube paulista começou bem antes, em 1960, na Taça Brasil. Este torneio, aliás, foi ganho também pelo Palmeiras em 1967. Temporada esta que rendeu outro título ao Palmeiras, desta vez no Torneio Roberto Gomes Pedrosa. Dois anos depois, o Alviverde voltou a conquistar o Robertão.

Se o Palmeiras encerra o ciclo em 2016, o feito do Santos foi obtido em 2004, quando levou seu primeiro e, até aqui, único título nos pontos corridos. Dois anos antes, o Peixe havia conquistado a Série A do Brasileirão. Mas a supremacia do clube da Baixada Santista foi vista na época de Pelé e cia., na década de 60. O Santos fez história com o pentacampeonato na Taça Brasil (1961, 1962, 1963, 1964 e 1965). E ainda teve tempo de levar o Robertão de 1968.

Campanha Final de Ano Premiado é lançada pela CDL em Ouricuri

cdl-ouricuri-campnha-natal-2016

Com toda a diretoria presente, a Câmara de Dirigentes Lojistas de Ouricuri lançou na manhã dessa quarta-feira (23) a 10ª edição da Campanha Final de Ano Premiado. O sorteio será realizado em 23 de dezembro. São 15 prêmios. Confira:

02 Moto Pop 110, 01 Traxx, 01 TV Led 32’, 02 Microondas, 02 Grill, 02 ventiladores e 05 Vale Compras de 150,00.

Nesta edição, o sorteio acontecerá em uma única data, que será 23 de dezembro. Segundo o presidente, Dr. Edilson Silva, mesmo com a crise que o país vem passando, a campanha a cada ano cresce mais, e declarou que, para ele, o crescimento da campanha é motivo de muita alegria.

Iran Severo comenta sua vitória nas urnas e diz que agradece a Deus e ao povo de Ouricuri

iran-severo

O vereador reeleito nas eleições municipais de 2016 em Ouricuri, Iran Severo (PP), declarou que deve a vitória aos seus familiares, amigos e em especial a Deus e ao povo de Ouricuri. A declaração foi feita no Programa Tribuna do Povo dessa terça-feira (18) na rádio Cultura FM.

O vereador que teve redução em sua votação, se comparado com a eleição de 2012, contou que viu a redução com muita naturalidade, pois nessas eleições teve mais de 160 candidatos ao cargo e que o vereador de mandato automaticamente tem rejeição. Iran foi o único vereador eleito pelo Partido Progressista (PP) em Ouricuri

Em 2012, Iran obteve 1288 votos e agora em 2016 à votação foi 691 votos. Ficando em 10ª colocação no ranking dos 15 vitoriosos.

Começou o horário de verão em 10 estados e DF

horario-de-verao-2016Entrou em vigor neste domingo (16) o horário de verão em dez estados mais o Distrito Federal. Os moradores devem adiantar os relógios em uma hora. O horário de verão vai durar até o dia 19 de fevereiro de 2017.

O horário diferenciado vale para os estados de Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, São Paulo, Espírito Santo, além do DF.

Entre os objetivos está a redução da demanda durante o horário de pico, que vai normalmente das 18h às 21h. Com o horário de verão, a iluminação pública, por exemplo, é acionada mais tarde, deixando de coincidir com o horário de consumo da indústria e do comércio.

Redução do consumo

Segundo o governo, nos últimos dez anos, a medida tem possibilitado uma redução média de 4,5% na demanda por energia no horário de maior consumo e uma economia absoluta de 0,5%. Isso equivale, em todo o horário de verão,  ao consumo mensal aproximado de energia em Brasília, com 2,8 milhões de habitantes.

O governo explica que o horário de verão possibilita a ampliação do período de maior consumo, reduzindo o volume de carga de energia nas linhas de transmissão, nas subestações e nos sistemas de distribuição num mesmo momento, o que reduz os riscos de apagões.

No Brasil, o Horário de Verão tem sido aplicado desde 1931/1932, com alguns intervalos.

Segundo as pesquisas, o horário de verão pode afetar o tempo de prática de atividades físicas, no número de acidentes de carro e até no período em que funcionários passam navegando na internet de forma improdutiva durante o expediente.

Justiça Eleitoral disponibiliza programas para acompanhar apuração das Eleições 2016

cb3e51fa-a36a-4541-8fd9-af230f129785O eleitor vai poder acompanhar em tempo real a apuração dos resultados das Eleições Municipais 2016 de quatro formas diferentes. A primeira delas pelo “Divulga”, sistema produzido pela Justiça Eleitoral para o acompanhamento dos resultados de votação de candidatos, partidos e coligações das eleições.

O “Divulga” permite a visualização dos dados por meio de várias consultas. Na versão desktop, o Divulga oferece maior gama de informações, permitindo ao usuário consultar os resultados de todos os municípios. “O Divulga é um softwareinstalável, que se encontra disponível para download gratuito na página do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) em versões paraWindows e Linux”, explica o chefe da Seção de Totalização e Divulgação de Resultados do TSE, Júlio Valente.

App Resultados

Outra forma de acompanhar a apuração dos resultados em tempo real é pelo aplicativo (App) “Resultados”. O App desenvolvido para tablets e smartphones pode ser baixado gratuitamente nas lojas Google Play (Android) e Apple Store(IOS). Por meio dele, é possível acompanhar os dados de cada município com a indicação dos eleitos ou dos que foram para o segundo turno (no caso dos municípios com mais de 200 mil habitantes). Os resultados do primeiro turno serão divulgados a partir das 17h (horário local) do dia 2 de outubro.

App Boletim na Mão

Outra possibilidade é via aplicativo “Boletim na Mão”, também disponível para download gratuito nas lojas Google Play e Apple Store. A ferramenta permite que o resultado do pleito municipal de 2016 seja conferido por meio do código QR – um código de barras em 2D que pode ser escaneado pela maioria dos aparelhos celulares que têm câmera fotográfica.

“Assim que acaba a eleição, o resultado da votação já é público. A urna emite o Boletim de Urna (BU), que o eleitor pode conferir no próprio local de votação. Agora, com o QR-Code, ele vai poder escanear uma cópia do BU e levar para casa o resultado da sua seção eleitoral no seu aparelho celular. Com a cópia do BU em mãos, o eleitor pode conferir no site do TSE se aquele boletim foi totalizado pelo Tribunal”, esclarece o chefe da Seção de Voto Informatizado do TSE, Rodrigo Coimbra.

DivWeb

O DivWeb apresenta o mesmo conteúdo do aplicativo “Resultados”, mas permite ao usuário acompanhar a apuração do resultado das eleições pela internet, sem necessidade de instalação de qualquer software adicional em seu computador.

De acordo com Júlio Valente, “a divulgação de resultados acontece em tempo real durante o recebimento dos dados. Os resultados são recebidos por meio de arquivos que saem das urnas eletrônicas e são recebidos pelos Tribunais Regionais Eleitorais. Nesses tribunais, ocorrem as totalizações de tempos em tempos. Cada totalização é compartilhada por meio de conteúdo na internet”. (Do TSE)