Polícia Civil de Pernambuco decreta estado de greve

e5b7d0028f9bf1e5cdd598ad01009c3dDepois de tentar negociar com o Governo do Estado, desde o início do ano, o Plano de Cargos, Carreiras e Vencimentos (PCCV) da categoria, o Sindicato dos Policiais Civis de Pernambuco (SINPOL-PE) decidiu decretar estado de greve e marcou uma paralisação de 24 horas para o próximo dia 13.

“O Governo se comprometeu a apresentar uma proposta concreta à categoria após o fechamento do quadrimestre contábil do Governo, no final de setembro. Contudo, mais uma promessa foi descumprida, sem ao menos uma satisfação ou contato”, alega o Sinpol-PE.

Em assembleia realizada ontem na sede do Sinpol-PE, os policiais civis de Pernambuco resolveram decretar estado de greve com paralisação agendada para o dia 13. “No mesmo dia, às 9h da manhã, no Marco Zero, haverá o Grande ‘Ato das Cruzes’ (alusivo ao aumento dos homicídios e a falência da Política de Segurança Pública do Estado). A próxima assembleia acontece no próximo dia 20, com uma passeata que vai em direção ao Palácio do Governo”, informou o sindicato.

Segundo o presidente do Sinpol, Áureo Cisneiros, todas as formas de diálogo foram tentadas, por isso a categoria resolveu tomar a decisão. “Esperamos até agora o Governo se pronunciar. Inclusive fomos três vezes à Secretaria de Administração, procuramos o Secretário, mandamos dois ofícios e em nenhum momento fomos atendidos ou mesmo respondidos. Não aguentamos mais essa enrolação do governo, queremos o diálogo. A decretação do nosso Estado de Greve é justamente para forçar o debate”, argumenta.

casaconstrucao

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.