PM acusado de matar adolescente em Parnamirim é condenado a 16 anos e 6 meses de reclusão

O policial militar Fellype Anderson Souza, de 25 anos, acusado de matar uma adolescente de 17 anos em Parnamirim (PE), no Sertão Central, foi condenado a 16 anos e 6 meses de reclusão. O crime, ocorrido no dia 1º de abril de 2017, foi cometido durante uma confraternização. A vítima, Katarine Ferreira, foi assassinada a tiros.

O julgamento, que aconteceu no Recife, terminou agora há pouco. O júri popular decidiu pela condenação do réu, que já estava preso em Salvador, onde era lotado na 40ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM), no Nordeste de Amaralina.

De acordo com a decisão, a pena deverá ser cumpria, inicialmente, em regime fechado. Vale destacar que 13 anos da pena são por homicídio qualificado e o restante por dirigir sob o efeito de bebida alcoólica. (Por Carlos Britto)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.