Em 6 meses, mais de 100 mulheres foram violentadas em Serra Talhada

Imagem ilustrativa da internet

Nos últimos 6 meses, Serra Talhada registrou mais de 100 ocorrências de violência contra a mulher, segundo dados da Patrulha Maria da Penha, ligada ao 14º Batalhão de Polícia Militar (14º BPM).

Os números mostram uma taxa preocupante de, pelo menos, duas mulheres violentadas por dia na Capital do Xaxado, tomando por base as ocorrências de novembro a abril desse ano.

Em entrevista à rádio Vilabela FM, um dos coordenadores da patrulha, sargento Jota Coelho, pediu para que as mulheres confiem no trabalho da equipe.

“Com base nesses dados a gente pode verificar que a cada dois ocorre uma agressão e isso é muito preocupante. Porém tem muito mais. E o que a gente quer é que as mulheres vítimas de violência doméstica elas realmente se manifestem, procurem os agentes públicos, confiem em nós e denunciem para que o Estado faça a sua parte”, disse Jota Coelho, convocando:

“A gente quer empoderar as mulheres e mostrar para elas que podem confiar em nós. A gente vai escutá-la e mostrar para elas que estamos juntos”. A Patrulha Maria da Penha está funcionando em Serra Talhada desde o final do ano passado.

É uma equipe formada por três militares – inclusive uma mulher – que tem como objetivo visitar mulheres vítimas de violência doméstica e familiar e que solicitaram medidas protetivas contra os seus agressores. Em Serra Talhada 31 mulheres já encontram-se sob medida protetiva. (Por Farol de Notícias)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.