Denúncias de agressão contra idosos aumentam em Pernambuco

Abandono, descaso, desleixo, agressões. Tudo isso configura violência contra os idosos. Em Pernambuco, as denúncias de violência contra a pessoa idosa aumentaram. Desde o início de janeiro até o começo do mês de abril, foram registradas 391 denúncias.

Em comparação ao mesmo período do ano passado, isso equivale a um aumento de 140%. Os dados são do Centro Integrado de Atenção e Prevenção à Violência Contra a Pessoa Idosa (Ciappi), que é ligado à Secretaria de Justiça e Direitos Humanos.

Segundo levantamento feito pelo próprio órgão, a negligência estaria no topo de um ranking de violações contra idosos, seguido da privação de dinheiro e violência psicológica. O secretário executivo de Diretos Humanos de Pernambuco, Diego Barbosa, acredita que o número de denúncias cresceu por conta do processo cada vez maior de educação sobre os direitos das pessoas da terceira idade.

Punição e denúncia

O secretário esclarece que a violência, se configurada, pode levar o autor a passar um tempo na cadeia. Os familiares que deixam os idosos sob cuidado de terceiros devem ficar atentos a sinais físicos de lesões ou até mesmo mudanças de comportamento. Caso comprovado que houve de fato violação contra a pessoa idosa, é importante fazer a denúncia nos órgãos competentes. O Disque 100 é um dos canais para fazer a denúncia. (Rádio Jornal)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.