Ouricuri é agraciado com 92,4 mm de chuva na noite dessa segunda-feira (17)

Na noite dessa segunda-feira (17), o município de Ouricuri, localizado no Sertão Pernambucano foi agraciado com fortes chuvas, o Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA) registrou precipitação de 92.4 milímetros na terra dos voluntários da pátria.

A chuva traz consigo esperança aos agricultores e criadores de gado da região do Sertão, mas infelizmente trouxe também muitos transtornos a moradores de algumas ruas da cidade, como foi caso das Ruas Maria Lins e Ulisses Guimarães, que ficaram alagadas pelas águas da chuva. Alguns moradores ficaram ilhados durante alguns momentos. Os esgotos de algumas residência estouraram.

Ao Blog, um comunitário relatou a situação por ele vivenciada “Que situação triste […] quanta humilhação para os moradores da Ulisses Guimarães e Maria Lins, todos ilhados. Tivemos que tirar as crianças de casa para não correr riscos”. O morador conta ainda que teve que passar a noite acordada, com medo, e com esgoto dentro de casa.

O comunitário cobra do Prefeito do Município providencias e agilidade, e que autorize a Secretaria de Obras realizar os serviços necessários.

Homem que tentou matar namorado de ex-namorada com 11 facadas é preso pela Polícia Civil em Araripina

Nesta quarta-feira (12), a equipe da 24º DPH deu cumprido ao mandado de prisão preventiva em desfavor de Esdra Ferreira dos Santos, 27 anos, acusado de esfaquear 11 vezes o atual namorado de sua ex-companheira no dia 25 de novembro no distrito de Nascente, em Araripina. 

A ação aconteceu na Serra de Simões, Zona rural de Araripina após a equipe fazer observações no local. 

Após os procedimentos de praxe, o acusado fora apresentado na 24ª DPH, para confecção de laudo traumatológico e consequente recolhimento à cadeia pública de Araripina. 

Homem que gravou vídeo ameaçando Bolsonaro, integrante do grupo criminoso ‘Trem Bala’ é preso em Pernambuco

Na manhã da última segunda-feira (10), a equipe da 4ª DPRN/DENARC, com apoio da equipe DELTA/DENARC e equipe do GATI do 18º BPM, sob o comando do Delegado Victor Azoubel, durante diligências realizadas em Maracaípe, no município de Ipojuca, prenderam em flagrante EDSON GOMES DE MELO, e com ele apreenderam substância entorpecente – MACONHA e CRACK, além de um revolver Cal.38, com a numeração suprimida. 

Edson tem antecedentes criminais pela prática de Homicídio. Ele é investigado por participar de um grupo criminoso denominado TREM BALA, que vem agindo em Ipojuca, Porto de Galinhas, Cabo de Santo Agostinho, dentre outras localidades. 

EDSON foi autuado por infração ao Artigo 33, da Lei nº 11.343/06, e será apresentado em Audiência de Custódia no Fórum de Jaboatão dos Guararapes. Informações de Marcílio Novaes.

Em Ouricuri, agradecendo votação, Raul Henry afirma que será uma voz em defesa do Araripe

No último sábado (08), o vice-governador de Pernambuco, Raul Henry (MDB), ele que foi eleito deputado federal no pleito de outubro desse ano, esteve visitando Ouricuri e outras cidades da região do Araripe para agradecer a votação obtida.

Em Ouricuri, Henry foi recepcionado por Marcello Cavalcanti, Presidente Municipal do MDB. O novo deputado afirmou que na Câmara vai representar os interesses do povo do Araripe. “Estou aqui pra dizer a todos que no Congresso Nacional, eu  vou trabalhar por Ouricuri e pelo Sertão do Araripe, serei mais uma voz pra defender os interesses dos araripeanos”, disse.

Raul Henry também elogiou as principais lutas do recém eleito deputado estadual Antonio Fernando (PSC), chegando a dizer que vai incorporar com Antonio no tocante as bandeiras, Canal do Sertão, Universidade Pública para o Araripe e Santuário de Frei Damião.

Sobre o presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL), Raul Henry afirmou que o presidente eleito merece um crédito de confiança, afirmando que se for pra o Congresso Nacional algum projeto que seja bom para o Brasil votará favorável.

Henry também afirmou que não votou em Bolsonaro, no primeiro turno votou em Geraldo Alckmin (PSDB) e no segundo turno votou no petista Fernando Haddad.

AEDA lança edital de Seleção Simplificada para contratação de Professor em diversas áreas

Foto: Divulgação

Autarquia Educacional do Araripe (AEDA) divulgou nesta segunda-feira (10), edital de Seleção Simplificada nº 01/2018 para contratação temporária e formação de cadastro de reserva de professor de magistério superior, nas Instituições de Ensino Superior – IES da Autarquia Educacional do Araripe. 

Os candidatos aprovados serão contratados por um período de 12 (doze) meses, para lecionar nos os semestres letivos 2019.1 e 2019.2, podendo ser prorrogado por igual período, conforme a conveniência e necessidade da Autarquia.  

As inscrições serão realizadas exclusivamente online, através do site da AEDA: www.portalaeda.edu.br, através do preenchimento de formulário próprio disponibilizado no citado endereço eletrônico, disponibilizado no dia 12 de dezembro até o dia 31 de dezembro de 2018. 

Há isenção do valor da taxa de inscrição para candidatos inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico), e que tenham renda mensal igual ou inferior a três salários mínimos ou renda familiar per capita de até meio salário mínimo mensal. 

O certame consistirá de duas etapas, sendo elas: a) Avaliação de Desempenho Didático Pedagógico e b) Avaliação Curricular de Títulos.

 Demonstrativo de vagas 

ÁREA DE CONHECIMENTO: CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS 12 + CADASTRO DE RESERVA

ÁREA DE CONHECIMENTO: CIÊNCIAS CONTÁBEIS / ADMINISTRAÇÃO 11 + CADASTRO DE RESERVA

ÁREA DE CONHECIMENTO: PESQUISA 1 + CADASTRO DE RESERVA

ÁREA DE CONHECIMENTO: PSICOLOGIA 1 + CADASTRO DE RESERVA

ÁREA DE CONHECIMENTO: LETRAS 3 + CADASTRO DE RESERVA

ÁREA DO CONHECIMENTO: HISTÓRIA 1 + CADASTRO DE RESERVA

ÁREA DO CONHECIMENTO: CIÊNCIAS BIOLÓGICAS 1 + CADASTRO DE RESERVA

ÁREA DO CONHECIMENTO: QUÍMICA 1 + CADASTRO DE RESERVA

ÁREA DO CONHECIMENTO: FÍSICA 1 + CADASTRO DE RESERVA

ÁREA DO CONHECIMENTO: MATEMÁTICA 1 + CADASTRO DE RESERVA

ÁREA DO CONHECIMENTO: PEDAGOGIA 2 + CADASTRO DE RESERVA

ÁREA DO CONHECIMENTO: ENGENHARIA AGRONÔMICA  5 + CADASTRO DE RESERVA

Acesse o edital na íntegra clicando aqui: Edital Seleção Simplificada AEDA

Excesso de lama em trecho da BR 316 entre Ouricuri e Trindade faz motorista perder o controle e capotar caminhão

Um caminhão carregado de frutas e verduras que seguia sentido Ouricuri/Trindade, no Sertão do Araripe em Pernambuco, tombou na manhã dessa segunda feira (10), na BR-316.

O acidente aconteceu entre o distrito de Santa Rita, Ouricuri e a cidade de Trindade por volta das 11 horas. O acidente se deu devido haver muita lama na rodovia.

O fato é, que o caminhão capotou e ficou muito danificado e a carga teve perca total, já o condutor e o ajudante tiveram apenas ferimentos leves, o acidente chamou a atenção de centenas de pessoas que passavam pelo local.

Há cerca de seis meses houve um acidente com uma van nesse mesmo local e também, ocasionado pelo mesmo motivo, muita lama no meio da rodovia, a qual é vinda das barreiras trazida pelas chuvas.

Homem sofre atentado nas margens da BR 232 em Parnamirim-PE

 

Durante rondas na Operação de Combate ao CVLI, Policiais Militares do 8º BPM foram informados que no hospital Municipal de Parnamirim-PE, tinha dado entrada um homem com dois ferimentos de disparo de arma de fogo.

No local, o policiamento constatou a veracidade dos fatos, pois vítima, Leandro Manoel dos Santos, 28 anos, falou que estava próximo as margens da BR 232 KM 560, entre 10 a 20 metros da BR em uma estrada de terra sem iluminação, a qual dar acesso a um balneário, quando dois homens vestido com jaquetas na cor preta, se aproximaram em uma motocicleta cor preta e efetuaram  três disparos de arma de fogo, atingindo o mesmo na região das nádegas. A vítima disse não reconhecer os criminosos.

Diante dos fatos, o policiamento realizou diligências a procura dos criminosos mais não obteve êxito. O boletim de ocorrência foi entregue na DPC local e instaurado inquérito policial. Com informações do sertaocentral.com.

 

Projeto Natal Sertanejo pede doações de alimentos para famílias de Ouricuri, Bodocó, Exu, Moreilândia, Timorante e outras cidades do Sertão

Foto: reprodução

O Projeto Natal Sertanejo deste ano está arrecadando alimentos para ajudar sete cidades do Sertão do Araripe, em Pernambuco, e também a Zona Rural de Coremas, na Paraíba. A ação acontece pelo quarto ano consecutivo e a pretensão é conseguir arrecadar 90 toneladas de alimento para a produção de 3.500 cestas.

A iniciativa surgiu da vontade do padre Damião Silva em ajudar as pessoas carentes do Sertão. A ideia mobilizou fiéis interessados em contribuir com o natal de pessoas que por muitas vezes não tem o que comer. “A gente que o Sertão é o mais atingido pela estiagem. Até quando chove não é o necessário para fazer lavouras e essa população que depende disso acaba passando fome”, pontuou o padre que coordena o voluntariado do projeto.

 Ao todo são 60 voluntários que estão arrecadando os alimentos desde o ínicio do ano, e juntos seguirão para a entrega no dia 12 de dezembro. Umas das integrantes da equipe, Tanagra Tenório, está na equipe desde o ínicio. “Na primeira vez levamos de tudo: panela, roupa, brinquedo, comida, água…Mas quando chegamos lá, vimos que eram pessoas tão carentes que a necessidade realmente era a comida”, lembrou Tanagra da ida a Alagoinha em dezembro de 2015, primeiro município a receber a ação.

Neste ano o projeto vai até as cidades de Exu, Moreilândia, Timorante, Serrita, Ouricuri, Granito e Bodocó, em Pernambuco, e a Zona Rural de Coremas, na Paraíba, cidade natal do padre Damião Silva. 

DOAÇÕES

Até o dia 10 de dezembro as arrecadações poderão ser deixadas em estandes no Shopping Guararapes, em Jaboatão dos Guararapes; no Shopping Camará, em Camaragibe; no Shopping Patteo, em Olinda. Além dos malls, as arrecadações também podem ser levadas para a Associação Católica Mãos à Obra, nº1011, em Setúbal, Zona Sul do Recife.

Sebrae inaugura hoje (29), nova sede no Araripe

Ascom Sebrae


A Unidade do Sebrae no Sertão do Araripe inaugura oficialmente nesta quinta-feira (29/11), às 19h, sua nova sede, que irá funcionar na Rua Marcos Vieira de Alencar, nº 331 – Loja 1, no Centro  de Araripina. A solenidade deverá contar com a presença de autoridades públicas e de órgãos representativos dos municípios do Araripe atendidos pelo escritório.

A nova sede permitirá mais qualidade no atendimento aos clientes, fortalecendo o trabalho de desenvolvimento regional realizado pelo Sebrae há 17 anos no Araripe. O novo espaço é composto por escritório com acessibilidade, sala de treinamento com capacidade para quarenta pessoas e auditório para setenta pessoas.

A partir de sexta-feira (30/11), os empreendedores poderão buscar serviços e informações sobre consultorias, capacitações, palestras, entre outros, nas áreas de Indústria, Comércio e Serviços e Agronegócio, na nova sede. O atendimento ao público continuará acontecendo no mesmo horário, de 8h às 17h, de segunda a sexta-feira. O atendimento telefônico também permanece inalterado, no número (87) 3873-1708.

Inauguração nova sede do Sebrae, dia 29 de novembro, Às 19h

Local: Rua Marcos Vieira de Alencar, nº 331 – Loja 1, no Centro

Mais informações: (87) 3873-1708

II Semana de Humanidades é aberta oficialmente e movimenta campus Ouricuri com oficinas, minicurso, cine debate e palestra

“Uma homenagem a todas as pessoas que dedicam suas vidas à educação e às artes numa perspectiva libertária, numa conjuntura social e política em que professoras, professores e artistas são perseguidos por representantes do ultraconservadorismo que se instalou no país”. Com essas palavras de louvação, foi aberta oficialmente na noite desta terça-feira (27) a II Semana de Humanidades do campus Ouricuri do IF Sertão-PE. O discurso de abertura, repleto de referências às temáticas que serão aprofundadas ao longo dos quatro dias de evento, reforçou a perspectiva de resistência e provocação que impulsiona a realização da Semana de Humanidades. Em sua segunda edição, a iniciativa objetiva promover um debate aberto e plural sobre a diversidade e as transformações que envolvem a juventude, dando ênfase à contemporaneidade observada a partir da história, da cultura, da política e dos direitos humanos.

Com o tema “Juventudes Sertanejas e suas metamorfoses contemporâneas”, o evento, realizado por estudantes e servidores do campus Ouricuri, em parceria com o Centro Nordestino de Medicina Popular (CNMP/Recife-PE), contou na manhã deste primeiro dia com as oficinas “Ser a Mídia: Técnicas de comunicação para as juventudes”, mediada pelo jornalista Luis Osete Carvalho, “Arte Urbana: pintura”, com a professora Clarissa Campello e a estudante Morgana Caroline, do curso de Artes Visuais da Univasf, “Jogo da política – Judiciário”, com o professor Andrey Borges, e o minicurso “Do verso à significação: leitura de poemas”, com o professor Valter Cezar Andrade Junior.

Mediador do “Jogo da política – Judiciário”, o professor Andrey Borges destacou a finalidade de uma metodologia vivencial que ajuda a compreender o sistema político brasileiro. “O jogo da política tem o objetivo de criar uma oportunidade para que os jovens e adolescentes representem os papeis habitualmente tomados num julgamento, tal seja um juiz, um advogado de defesa ou de acusação, a imprensa, o júri, o popular. Ao representarem esses papeis, eles assimilam as práticas e ações que são normalmente utilizadas, ou seja, ao invés de aprenderem ouvindo, escutando, devem aprender exercitando, experimentando”, afirmou ele. Foi o que fez o estudante de Licenciatura em Química, Emanuel Gonçalves. Segundo ele, a participação no Jogo da Política foi uma experiência muito proveitosa. “Tivemos conhecimento de como é a organização e os processos de júri popular e isso foi importante para podermos entender mais sobre o Poder Judiciário”, destacou.

À tarde, foi a vez de entrar em cena a oficina “Lugar de Terra: a arte em cerâmica”, que será ministrada até quinta-feira (29) por Yane Andrade, João Pedro Rodrigues e Luiz Marcelo Barboza, artistas e estudantes do curso de Artes Visuais da Univasf. Inspirada na exposição “Lugar de Terra”, que, além dos artistas citados anteriormente, reúne obras de Déba Viana, Maria Júlia Castro e Sarah Hallelujah, a oficina instiga os participantes a pensarem e produzirem peças de cerâmica a partir do entendimento reflexão sobre os múltiplos territórios de atuação, tanto do ponto de vista geográfico, físico, quanto político, afetivo, religioso, imaginário e poético.

Paralelamente a oficina, também ocorreu o Cine debate “Problemas enfrentados pela juventude: um olhar a partir do Youtube”, que teve como debatedores os estudantes do Ensino Médio Integrado, Carla Freitas (Agropecuária 2018), Matheus Lacerda e Michael Cássio (ambos da turma Informática 2017), sob a mediação do professor Andrey Borges. A dinâmica do Cine debate aconteceu por meio da apresentação de vídeos sobre os temas “Estatuto da Criança e do Adolescente”, “Bullying”, “Depressão”, “termo ‘Jovem’” e “(In) Responsabilidades”. A plateia contribuiu com a partilha de experiências e opiniões sobre os temas discutidos.

Uma das estudantes que partilharam a sua experiência foi a discente do Ensino Médio Integrado em Informática, Sharlane Dias. “Apesar de ser branca, meu cabelo é cacheado por natureza e num determinado momento da vida, seguindo o padrão de beleza imposto pela sociedade, alisei meu cabelo por um longo tempo e, depois de um tempo, refleti e decidi fazer a transição capilar e voltar com os cachos. E com isso aprendi que a pessoa não deve se privar de nada e não ter medo de nada e assumir quem é”, declarou a estudante. Carla Freitas, uma das debatedoras, aprendeu muito com o cine debate. “Eu achei que foi uma boa oportunidade para interagir com a plateia de alunos e professores e pude sentir que todos os presentes aprenderam algo que vão para toda vida e, assim como eu, também aprendi com eles”, destacou ela.

Outro momento de importantes aprendizados foi proporcionado pela Mesa redonda “ Cuidado e afetividade no mundo contemporâneo: vínculo social e prevenção ao suicídio”, que contou com as exposições do psicólogo do Centro de Referência de Assistência Social (Cras) do município de Santa Cruz-PE, Gledson Wilber de Souza, e do estudante de Edificações do campus Ouricuri, Matheus Alves, e com a mediação do professor Juliano Varela.

Na pauta, a discussão do suicídio e da solidão em seus contextos sociais, históricos e multifatoriais. “Nós somos seres biopsicossociais e, por isso, a sociedade em que estamos inseridos vai influenciar em nossa saúde mental. O racismo, a homofobia, o machismo e a desigualdade social são alguns condicionantes que influenciam na saúde mental. Quando a gente fala de suicídio, precisamos levar em consideração esses aspectos multifatoriais, que contribuem na construção histórica de violências cotidianas”, ressaltou o psicólogo Gledson.

São justamente os jovens os mais impactados pelos efeitos da desigualdade social, do medo, da violência e da onda ultraconservadora que tomou as ruas do país. “Como destruir as opressões que estão postas? Como construir esperanças, possibilidades, alternativas?” São alguns questionamentos que impulsionam a realização da II Semana de Humanidades. E, como não poderia deixar de ser, as respostas surgem também em apresentações artísticas, como pode ser experimentado pelo público presente nesta noite, ao presenciarem o Espetáculo teatral “E hoje em dia como é que se diz eu te amo?”, criação coletiva do Grupo Artimanha de Teatro, de Bodocó-PE e a Banda Lécio Lima dos Santos, da Escola Fernando Bezerra.

A segunda edição da Semana de Humanidades do campus Ouricuri do IF Sertão – PE e primeira edição da Virada Cultural do Centro Nordestino de Medicina Popular têm o apoio da Secretaria da Mulher do Governo do Estado de Pernambuco, da Prefeitura Municipal de Ouricuri, do Centro de Referência de Assistência Social de Santa Cruz da Venerada, da Coordenação de Diversidade da Prefeitura Municipal de Juazeiro da Bahia, da Universidade Federal do Vale do São Francisco (cursos de Artes Visuais e Ciências Sociais), da ITA PREMIUM, da Rodovalho e Menezes Imobiliária, do CAATINGA,  da Banda Marcial Professor Lécio Santos, do Grupo Artimanha de Teatro (SESC LER BODOCÓ), do Grupo Medusa de Teatro, do Espaço Cultural Umbu Bom, do Coletivo Passarinho, da Trupe Errante, da Companhia Biruta de Teatro, da By Moh Arts, do #SouPeriferia, do Fórum de Mulheres do Araripe Pernambucano, do Fórum de Mulheres de Pernambuco e do Fórum de Juventude de Pernambuco.

Texto: Luis Osete e Felipe Piauilino

Fotos: Lídio Parente