Ouricuri: Biu Ramos articula lançar irmão candidato a deputado estadual

Comentários frequentes nas rodas de conversa sobre política no Araripe, dão conta de que o ex-prefeito de Ouricuri, Biu Ramos, vai lançar em 2018, seu irmão Romildo Ramos, como candidato a deputado estadual.

A família Ramos estaria procurando resgatar a vaga que foi durante onze mandatos na Assembleia Legislativa de Pernambuco – Alepe, de Felipe Coelho, o conhecido Tigre do Araripe, e por um mandato, de Gilvan Coriolano.

Biu Ramos é pai do atual prefeito de Ouricuri, Ricardo Ramos (PSDB), e já estaria se movimentando para obter apoio de prefeitos e ex-prefeitos dos Sertões Central, Araripe e São Francisco, para colocar o seu projeto em prática. (Por Roberto Gonçalves)

Operação Cariri prende onze suspeitos de explodir Caixas Eletrônicos

A Polícia Federal divulgou nesta segunda-feira (23) o resultado da “Operação Cariri”, deflagrada no último final de semana, em Salgueiro, no Sertão Pernambucano. A ação que tinha como objetivo cumprir 16 mandados de prisão prendeu onze integrantes de uma quadrilha de assalto a bancos. De acordo com a polícia, eles são responsáveis por no mínimo nove crimes em cidades do Ceará e do Sertão de Pernambuco.

Entre os crimes cometidos pelos presos, estão assaltos a bancos com explosões de caixas eletrônicos, dos correios e carros-fortes. A operação identificou 18 integrantes dos estados de Pernambuco, Ceará, Bahia e Alagoas. Dois deles foram mortos em confronto com a polícia, no início do ano, em Salgueiro e outros oito foram presos em ações anteriores. Dos presos, um é comerciante em Petrolina-PE, outro policial civil da Paraíba e vereador no Ceará.

A ação dos criminosos consistia manter parte da quadrilha em confronto com a polícia, enquanto outros integrantes do grupo explodiam caixas eletrônicos e recolhiam o dinheiro. Eles costumavam bloquear estradas com grampos.

Os onze presos foram encaminhados à Penitenciária Industrial regional do Cariri- PIRC, em Juazeiro do Norte-CE. Eles vão responder por crimes de assalto. A Operação segue com o objetivo de prender outro cinco envolvidos nos crimes que ainda não foram localizados.

Presos na Operação Cariri:

Josiel de Almeida – recolhido no Presídio de Paulo Afonso/BA
Denilson da Silva Antunes – recolhido a Penitenciária de Petrolina/PE
Cleiton Pereira da Silva – recolhido ao Presídio de Salgueiro/PE
José Salviano Arcoverde Neto – recolhido a Presídio de Arcoverde/PE
Edilzo Vicente da Silva – recolhido ao Presídio de Patos/PB
Felipe Oliveira de Araújo – recolhido a Presídio de João Pessoa/PB
Alessandro P. dos S. M. Cornélio – recolhido ao Presídio de Limoeiro/PE
Nadelson Wisard dos Santos – recolhido ao Presídio de Juazeiro do Norte/CE
Henrique Rocha da Cruz – recolhido ao Presídio de Juazeiro do Norte/CE
Gedenildo Romão da Silva – recolhido ao Presídio de Juazeiro do Norte/CE
Francisco Renato Pereira Júnior – recolhido ao Presídio de Juazeiro do Norte/CE (Do G1 Petrolina)

“Apoiar o desgoverno de Paulo Câmara seria uma grande irresponsabilidade”, afirma Marília Arraes

Em visita à Ouricuri, no Sertão do Araripe, na terça-feira (18), a vereadora de Recife e provável candidata a governadora do estado nas eleições vindouras pelo Partido dos Trabalhadores (PT), Marília Arraes, declarou que a legenda já definiu que terá uma candidatura própria ao governo do estado em 2018, dizendo que até o final do ano será definido o nome.

O PT já definiu que vai ter uma candidatura própria ao governo do estado, um candidato ou uma candidata, hoje o quadro do partido que aceitou esse desafio abertamente fui eu, mas isso ai agente tá discutindo, até dezembro o partido vai definir um nome”, disse.

Marília que é neta do saudoso ex-governador, Miguel Arraes, teceu duras críticas a gestão do governador do estado, Paulo Câmara (PSB), afirmando que seria irresponsável se apoiasse o desmantelo que se encontra no estado.

Seria uma grande irresponsabilidade apoiar o desgoverno que está acontecendo no estado, esse cidadão assumiu o governo mais não se deu conta disso, faz três anos e parece que ele está esperando alguém vim governar por ele, não tem como haver esse apoio, e agente tem sim que disputar no campo da oposição”, declarou.

Homem é preso em Petrolina após matar namorada usando uma furadeira

Um homem foi preso no Bairro Gercino Coelho, zona leste de Petrolina, após ter matado a namorada utilizando uma furadeira. O fato, de acordo com o 5º Batalhão de Polícia Militar (BPM), aconteceu por volta das 21h de ontem (14). O acusado é Jeidson Santos de Morais, de 27 anos, o qual confessou ter cometido o crime contra Vanderléia Carvalho Macedo, também de 27.

A vítima foi encontrada sem roupa, já sem vida, com vários ferimentos provocados por furadeira e também com perfurações de golpes de faca. O acusado, após cometer o crime, ligou para a mãe da vítima e contou o que tinha feito, pedindo para que ela fizesse deslocamento até o local do crime, na Avenida das Nações, nº 517.

À polícia, ele confessou ainda que houve uma discussão por causa de mensagens enviadas ao WhatsApp do mesmo envolvendo a sua namorada, momento em que “perdeu a cabeça”, agindo de maneira descontrolada, momento em que cometeu o crime. No local do fato foi encontrada uma furadeira com vestígios de sangue. O acusado foi encaminhado à Delegacia de Polícia Civil, enquanto o corpo da vítima foi removido para o Instituto de Medicina Legal (IML). (Do G1)

Representante do MTST de Ouricuri solicita cesta básica para população carente do município

O representante do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST) de Ouricuri, Wilson Santos, reivindica do poder legislativo e executivo a prática de distribuição de cesta básica para beneficiar as famílias carentes do município.

A cobrança foi feita na terça-feira (19), durante o Programa Tribuna do Povo, ancorado por Cariri Filho na Rádio Cultura FM. Segundo Wilson, muitas famílias em Ouricuri estão passando fome, que é necessário que os representantes do povo, vereadores, prefeito e vice-prefeita sejam solidários ao sofrimento do povo.

A cesta-básica ela é lei em Ouricuri, ela existe, eu tá com meu armário cheio de comida, com meu carro novo, com meu salário no bolso e o povo com fome, vereadores, prefeito, vice, eu não estou criticando vocês não, mas eu sinto muito! Tá faltando em vocês a humildade, tá faltando ter Deus dentro de vocês”, disse Wilson.

Wilson declarou ainda que muita gente de Ouricuri depende dos programas sociais do governo federal para sobreviver e que no governo municipal não existe politicas públicas para ajudar as pessoas carentes.

Eu cobro, porque é um direito do povo! Vereadores socorra o povo, o povo está com fome prefeito, agente agradece a você pelos calçamentos, mas vamos socorrer o povo, nossa gente está com fome”, declarou.

Meta de Mourão é presidir Clube Militar

General que defendeu a possibilidade de intervenção militar no País quer comandar associação da reserva

Antonio Hamilton Martins Mourão

Antonio Hamilton Martins Mourão Foto: Beto Barata/ Estadão

O general do Exército Antonio Hamilton Martins Mourão, que na semana passada defendeu uma intervenção militar diante da crise enfrentada pelo Brasil, será candidato à presidência do Clube Militar em 2018. Em palestra em uma loja da maçonaria, em Brasília, ele falou por três vezes na possibilidade de os militares intervirem na política, diante dos repetidos casos de corrupção no País.

Nesta quarta-feira, 20, o Clube Militar confirmou a candidatura de Mourão, com apoio do atual presidente, general Gilberto Rodrigues Pimentel.

“Ou as instituições solucionam o problema político, pela ação do Judiciário, retirando da vida pública esses elementos envolvidos em todos os ilícitos, ou então nos teremos que impor isso”, afirmou Mourão, na palestra, divulgada na internet.

Pimentel confirmou, por meio de assessoria, o apoio a Mourão, mas não quis dar entrevista ao Estado. Segundo a assessoria do clube, “Mourão é um sócio antigo e tem muito prestígio”. Por enquanto, ele é o único candidato.

As eleições serão em 30 de maio de 2018. O registro das chapas pode ser feito de 15 de janeiro a 28 de fevereiro.

Já Mourão confirmou ao Estado que será candidato a presidente do Clube Militar, mas avisou, no entanto, que não tem “nenhuma pretensão política”. Apesar de a preparação para a campanha já ter começado, a discussão oficial só ocorrerá depois que Mourão deixar o serviço ativo, em 31 de março.

(Por Estadão)

Humberto insiste no financiamento público das campanhas eleitorais

O líder da Oposição no Senado, declarou que vai propor alternativas mais baratas para o financiamento das campanhas políticas

senador Humberto Costa

Imagem Ilustrativa / Senador Humberto Costa

O líder da Oposição no Senado, Humberto Costa (PT-PE), declarou nesta terça-feira (10) que vai propor alternativas mais baratas para o financiamento das campanhas políticas, “com regras mais claras e transparentes a fim de melhorar o sistema eleitoral”.

Segundo ele, o PT, que defendeu o fim das doações de pessoas jurídicas a candidatos em 2015, mesmo ano em que o Supremo Tribunal Federal declarou a inconstitucionalidade dessas contribuições, irá buscar um “caminho aceitável” pela sociedade.

“A nossa preocupação é que o financiamento privado não volte a existir, conforme se cogitou semanas atrás. Acreditamos que o uso de recursos públicos é bem-vindo para a volta da democracia, desde que sejam utilizados de maneira mais eficiente, com produções de conteúdo mais baratas e com rigor na fiscalização”, disse o senador pernambucano.

O que ele entende?

Ele entende que o dinheiro poderia ser usado de maneira “mais igualitária” entre os candidatos, sendo retirado de emendas parlamentares individuais e coletivas, sem onerar ainda mais os cofres da União. A verba seria utilizada nos dois programas partidários anuais com apenas 10 minutos de duração.

Disse também que a implementação da “cláusula de barreira”, já aprovada no Senado e aguardando votação na Câmara, “vai reduzir o exorbitante número de partidos que hoje existe no país e, assim, possibilitar a exibição desses programas”.

“Também sou favorável à continuidade do horário eleitoral no rádio e na TV, com regras que o torne mais barato. Temos de ter regras para que as gravações sejam feitas em estúdios fechados, por exemplo. Isso as torna mais baratas”, disse o senador.

Segundo ele, “temos de fazer um esforço para votar essas propostas antes do final do mês, para que elas possam vigorar a partir de 2018. Se não fizermos isso, teremos, provavelmente, a inferência da Justiça Eleitoral, que seria o pior dos mundos”.

(por Inaldo Sampaio)

 

“Máquinas enviadas por deputado chegam à Ouricuri e constrói barragem na Chapada do Urubu”, diz Iran Severo

O deputado Fernando Monteiro (PP) anunciou e as ações estão chegando ao município de Ouricuri, no Sertão do Araripe pernambucano. Na tarde dessa quarta-feira (13), as maquinas (02) que farão 07 barragens em comunidades rurais de Ouricuri chegaram ao Sítio Chapada do Urubu, região da Fazenda Ortiga, zona rural do município.

A ação foi anunciada pelo deputado no último dia 02 de setembro, quando esteve pela última vez no município de Ouricuri com o vereador Iran Severo (PP). Diferente dos demais deputados que aparece em Ouricuri apenas em época de campanhas eleitorais e depois veem apenas nas residências dos políticos de quem recebem apoio no município, o deputado Fernando Monteiro demonstra ter respeito e compromisso com o povo de Ouricuri.

Na Chapada do Urubu, o beneficiado com a barragem foi o senhor Miguel Neco de Miranda e também toda a comunidade que residem aos arredores de suas terras. O agricultor disse que muitos políticos já haviam prometido a construção da barragem, no entanto, nunca o cumpriram, era só promessa de político, também declarou que o vereador Iran nunca lhe prometeu nada e ao lado do deputado está realizando o seu sonha e da sua família.

Segundo o vereador Iran, as maquinas estão no município para atender as comunidades e as próximas ações serão realizadas nas comunidades rurais: Limoeiro, Dourado, Chapada dos Severos e sítios adjacentes.

PMs lotados no 7º BPM em Ouricuri são suspeitos de matar cigano no Piauí

Um cigano identificado como Jardel Pereira da Silva, conhecido por Casé, foi morto supostamente por policiais militares de Pernambuco na cidade de Flores no Piauí. O fato ocorreu por volta das 21h desta quarta-feira (13), quando os dois PMs foram cobrar o dinheiro de um veículo que havia sido comprado pelo cigano.

Segundo informações da Polícia Militar do Piauí, os dois policiais que são lotados no 7º Batalhão de Polícia Militar (BPM), localizado em Ouricuri, no Sertão do Araripe, estavam de folga e teriam sido contratados para realizar a cobrança da dívida. Ao chegarem à residência de Casé, ocorreu um desentendimento que deu início a uma troca de tiros.

Foram apreendidos duas Pistolas com os PMs e o veículo que eles trafegavam também foi apreendido.

O cigano foi alvejado e morreu no local. Um dos PMs foi atingido com três disparos, o outro não teve nenhum ferimento. Após o crime, os policiais fugiram, porém foram pegos pela Força Tática numa barreira policial na cidade de Canto do Buriti.

Os policiais foram reconhecidos como soldado Júlio César da Silva, que foi encaminhado para o Hospital Tibério Nunes (HTN) em Floriano, devido à gravidade dos ferimentos. O outro é o soldado Rafael Ferreira dos Santos, que foi autuado em flagrante e encontra-se detido na Delegacia Regional da Polícia Civil em Floriano.

O corpo de Casé foi encaminhado para perícia em Floriano e está sendo velado por familiares na vizinha cidade de Barão de Grajaú, no Maranhão.

O contratante dos PMs não foi identificado. A polícia está realizando diligências para descobrir quem foi o responsável pelos tiros que alvejaram o soldado Júlio César. O caso segue sendo investigado pelo Delegado Regional da Polícia Civil em Itaueira. (Do G1 PI)

Roberta Arraes fala sobre interiorização do ensino superior no sertão do estado

A deputada Roberta Arraes (PSB) usou a tribuna na tarde de ontem (05), para falar sobre a interiorização do ensino superior no sertão do estado.

Além de registrar a conquista da Fundação Universidade Vale do São Francisco – UNIVASF, que alcançou o conceito do ENADE 2016, ficando entre os 50 melhores cursos de medicina do país, a parlamentar falou de sua luta desde 2015, ainda na gestão do ex-prefeito de Araripina, Alexandre Arraes, de levar para o Araripe, uma faculdade de medicina para os sertanejos.

Roberta falou que conseguiu avançar em todos os critérios do Ministério da Educação e Ministério da Saúde para levar o curso para a região, onde logo em seguida recebeu a notícia que Araripina estava apta para receber. “Não descansarei e continuarei trabalhando com afinco para concretizar a expansão e implantação da universidade, tornando realidade esse sonho”, finalizou. (Da assessoria)