Homem é condenado pela morte de professora em Santa Cruz-PE; Pena é de 21 anos

Foto: Reprodução

Foi julgado na segunda-feira (12), Lucionerio de Souza Silva, acusado de matar a esposa, a professora Rosimare Alves da Silva. O crime aconteceu em 2016 em Santa Cruz, no Sertão de Pernambuco.

De acordo com o Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE), o acusado foi condenado a 21 anos, 2 meses e 27 dias de reclusão em regime fechado por homicídio.

A pena será cumprida na Penitenciária de Petrolina-PE e é referente aos crimes de homicídio triplamente qualificado, que impossibilitou a defesa da vítima para assegurar a ocultação do feminicídio, e Lesão Corporal Grave em relação à filha de Lucionerio com Rosimare.

O crime

A professora Rosimere foi morta em casa com golpes de faca, no dia 11 de março de 2016. A vítima também foi atingida com um martelo na cabeça.

A Polícia Militar encontrou o corpo da mulher escondido embaixo da cama. Lucionerio foi encontrado na rua e autuado em flagrante por homicídio. (G1 Petrolina)

Polícia investiga mulher que tentou vender recém-nascido

Foto: reprodução

A Polícia Civil abriu um inquérito para investigar uma mulher que estaria tentando vender um bebê, de apenas 23 dias, por R$ 2 mil nessa terça-feira (13), no bairro de Divinópolis, em Caruaru, no Agreste de Pernambuco. Segundo as informações, a mulher, que tem outro filho, de 3 anos, é usuária de drogas e está foragida. Ela também será investigada por abandono de incapaz.

O caso

“Estávamos durante a Operação ‘Anjos da Lei’, quando recebemos a informação de que havia crianças abandonadas em uma residência.”, afirmou o Delegado Bruno Vital, responsável pelo caso. “Com o conselhos, nos dirigimos até o local e nos deparamos com uma criança de 23 dias e outra de três anos”, contou.

Na residência, a equipe da polícia não encontrou a mãe. As crianças, que estavam em um ambiente sem higiene e sem alimentação, foram acolhidas pelo Conselho Tutelar e foram levadas para um local seguro. Segundo as informações de testemunhas, era comum a mãe sair de casa e deixar os filhos para usar drogas.

“A informação é que ela pôs a criança a venda, pelo valor de R$ 2 mil, mas se tinha algum comprador em vista ainda não sabemos”, informou Bruno Vital.

A mãe das crianças ainda está sendo procurada pela polícia. Ela será indiciada por abandono de incapaz após a apuração do caso. (JC Online)

PRF vai iniciar Operação Proclamação da República em Pernambuco nesta 4ª

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) realizará, entre esta quarta-feira (14) e o domingo (18), a Operação ‘Proclamação da República 2018’. O trabalho tem como foco a redução de acidentes graves e o combate ao crime nas rodovias federais de Pernambuco.

A PRF promoverá um reforço concentrado na fiscalização preventiva em locais e horários de maior incidência de acidentes, de acordo com as estatísticas, para garantir aos usuários das rodovias federais segurança e fluidez no trânsito. O planejamento inclui ações de policiamento para prevenir e reduzir a violência no trânsito, bem como para intensificar o enfrentamento à criminalidade no período da operação.

O órgão realizará também ações de educação para o trânsito, com foco na conscientização dos perigos do excesso de velocidade, da importância do cinto de segurança, dos riscos da embriaguez ao volante e das ultrapassagens proibidas.

Jovem é detido com documento de veículo falso na BR-316 em Ouricuri

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) deteve no domingo (11) um jovem de 22 anos na BR-316 em Ouricuri, no Sertão de Pernambuco. Ele apresentou um Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLV) com indícios de falsificação. Além disso, havia débitos junto ao Departamento Estadual de Trânsito (Detran) de Alagoas, o que impedia a emissão de um novo CRLV.

O rapaz foi encaminhado junto com o documento à Delegacia de Polícia Civil de Ouricuri. O crime de falsificação de documento público prevê pena de reclusão de dois a seis anos e multa. (Do G1 Petrolina)

Mulher comete suicídio em Ouricuri

Jéssica Gabriele Freire, de 30 anos, cometeu suicídio ingerindo comprimidos e cortando os pulsos na noite de sábado (10) para domingo (11) em sua residência no bairro Santa Maria em Ouricuri, nas proximidades do Ponto de Apoio.

Segundo informações, Jéssica morava sozinha, tinha um filho que reside com os avós no bairro Santo Antonio em Ouricuri e a mesma estava depressiva e que já havia tentado tirar a própria vida a cerca de dois meses.

O corpo de Jéssica foi enviado para necropsia no Instituto de Medicina Legal (IML) Petrolina na madrugada desta segunda-feira (12).

Empresário morre em acidente na rodovia Asa Branca entre Exu e Crato

O Setor empresarial de Juazeiro do Norte está de luto com a morte do empresário Arnaldo Cardoso Lobo, de 54 anos, “Arnaldo Veículos”. Ele morreu em um acidente envolvendo o veículo ao qual ele estava um Fiat Strada e uma Scania. A fatalidade aconteceu no final da tarde da última quinta-feira (8), por volta das 17h30, na Rodovia Asa Branca, via que liga os municípios de Exu (PE) e Crato (CE).

Segundo as informações do setor policial que atendeu a ocorrência, o acidente com vítima fatal aconteceu quando Arnaldo Veículo estava na Rodovia Asa Branca, ao volante do Fiat Strada bateu de forma violenta contra a Scania, o impacto da colisão foi tão violento que nem o airbag o protegeu, ainda segundo as informações iniciais, Arnaldo ao volante do Fiat no momento da colisão não fazia uso do cinto de segurança, sofreu uma forte pancada na cabeça e veio a óbito no local do acidente, o motorista da Scania permaneceu no local.

Depois do acidente em que Arnaldo Veículos faleceu no local, os órgãos de Segurança Pública foram acionados e adotaram as medidas cabíveis na organização do trânsito na Rodovia Asa Branca, o corpo foi removido das ferragens do Fiat e transladado chegando a Juazeiro do Norte na sexta-feira (9), por volta das 04h30 da madrugada.

O corpo do empresário Arnaldo Veículos foi velado no Centro de Velório Anjo da Guarda em Juazeiro do Norte, o sepultamento foi realizado no final da tarde da sexta-feira (9). (Diário do Cariri)

Grávida queima rosto do ex após ser raptada e estuprada por ele

Uma jovem grávida, de 20 anos, foi encontrada em um cativeiro e com sinais de tortura nesta quarta-feira (7) em Eldorado, no sul de Mato Grosso do Sul. De acordo com a polícia, ela foi sequestrada, torturada e estuprada pelo ex-marido, um homem também de 20 anos.

A vítima terminou o relacionamento com ex há cerca de 7 meses e, após isto, começou a se relacionar com outro homem, com quem mora atualmente. De acordo com as investigações, nessa terça-feira (6), o ex-marido com a ajuda do irmão da vítima e de uma mulher, invadiram a casa da jovem armados e a sequestraram em frente à sogra dela.

A idosa e vizinhos viram a moça sendo arrastada e disseram à polícia que a vítima foi colocada em um carro, momento em que fugiram em alta velocidade.

Nesta quarta (7), a polícia intensificou a procura pela jovem e a encontrou em uma casa, que servia de cativeiro. O local fica em um assentamento em Iguatemi, município vizinho a Eldorado. A mulher foi resgatada com muitos ferimentos e disse que foi torturada e estuprada pelo ex.

Ele foi preso em flagrante, com o rosto queimado e afirmou aos policiais que a vítima aproveitou um momento de descuído, jogando água quente no rosto dele. Em seguida, ela teria sido amarrada por ele. A vítima está gestante de quatro meses.

O ex-marido confessou os crimes. Ele falou à polícia que estuprou a ex-mulher porque não aceitava o fim do relacionamento. O homem foi levado para a delegacia de Polícia Civil de Iguatemi. De acordo com o delegado responsável pela investigação, Pablo Reis, o preso vai responder pelos crimes de sequestro, cárcere privado, tortura e estupro.

O irmão da vítima e a mulher que ajudou no crime também foram presos, no fim da tarde. Todos os envolvidos serão interrogados. A vítima foi levado para hospital municipal de Iguatemi para realização de exames. Até a publicação desta matéria, os resultados ainda não tinham sido divulgados. (Via G1)

Cadáver localizado com sinais de agressão à pedradas em Ouricuri

 

Por volta das 8 horas da manhã dessa terça-feria (06), a Polícia Militar (PM) do 7º Batalhão de Polícia Militar (BPM) de Ouricuri, no Sertão do Araripe, foi acionada até um matagal no bairro Santa Maria, por trás do comércio Miranda Veículos, onde se populares haviam encontrado um cadáver.

Ao chegar no terreno baldio, a PM se deparou com o corpo de um homem com sinais de apedrejamento na região da cabeça, possivelmente a vítima tenha sido morta com uma pedrada de paralelepípedo.

Segundo informações de familiares, a vítima Carlos Antonio Alves da Silva, não tinha residência fixa e vivia nas ruas ingerindo bebida alcoólica. O mesmo não possuía documentos de identificação.

 

PF descobre fraude de R$ 34 milhões de empresários que recebiam até Bolsa Família

Foto: reprodução

A Polícia Federal realiza nesta terça-feira (6) duas operações para prender 13 pessoas suspeitas de fraudes a licitações e desvio de recursos públicos que atuavam em diversos municípios da região Sul da Bahia. 

De acordo com a PF, as operações Sombra e Escuridão e Elymas Magus estão cumprindo 13 mandados de prisão preventiva e 50 mandados de busca em pelo menos 11 cidades baianas: Aurelino Leal, Camamu, Ibirapitanga, Igrapiúna, Ilhéus, Itabela, Itabuna, Ituberá, Santo Antônio de Jesus, Ubaitaba e Ubatã. Cerca de 115 policiais federais e mais 24 auditores da Controladoria Geral da União (CGU) participam da ação.

As investigações referentes à Operação Sombra e Escuridão tiveram início há pouco mais de um ano, a partir de suspeitas envolvendo os sócios de duas empresas sediadas em Igrapiúna – eles, apesar de terem contratos de obras, locação de veículos e transporte escolar, eram também beneficiários do programa Bolsa Família, do Governo Federal.

Através dos levantamentos realizados com o apoio do Tribunal de Contas dos Municípios do Estado da Bahia (TCM/BA) e também da CGU, foi possível comprovar, segundo a PF, que essas empresas não possuíam capacidade para a execução dos serviços e obras contratadas, os quais eram terceirizados mediante a cobrança de um percentual sobre o valor pago pelas prefeituras.

 Fraude em licitação

Foi possível identificar, segundo a apuração da PF, também, que uma outra organização criminosa, com liderança e integrantes diversos, agia em conluio com a primeira, para, da mesma forma, fraudar licitações em prefeituras do interior do Estado. 

Essa descoberta deu origem à segunda operação, Elymas Magus, na qual se vericou que essa outra organização atuava de forma a “tumultuar” os processos licitatórios, ora participando dos certames para exigir propina das empresas concorrentes para que desistisse, ora fazendo ajustes prévios e combinações para vencer as licitações e posteriormente abandonar os contratos.

Conforme apurado pela CGU, os valores repassados pelas prefeituras às empresas investigadas entre 2015 e 2017 chegam a R$ 34 milhões.

Os investigados – que não tiveram os nomes revelados – responderão pelos crimes de participação em organização criminosa, fraude à licitação, falsidade ideológica, corrupção passiva e corrupção ativa. 

A Operação Sombra e Escuridão foi assim batizada em uma alusão aos leões de Tsavo, os quais teriam aterrorizado os operários de uma ferrovia que estava sendo construída na região de mesmo nome, no Quênia, atrasando a conclusão da obra e o desenvolvimento da região.

 Elymas Magus, por sua vez, significa “feiticeiro” em latim e foi escolhido porque o líder da organização criminosa agia como um ilusionista, fraudando licitações e tumultuando os processos com a utilização de pelo menos dez empresas. (Do JC Online)

Homem é encontrado por familiares morto deitado em rede na zona rural de Ouricuri

Foto: reprodução

Por volta das 05 horas e 30 minutos do último domingo, 04 de novembro, a Equipe de Policiais Civis Plantonista DEAH, foi informada que um corpo fora encontrado dentro de uma residência no Sítio Canafístula, próximo ao Sítio Luanda, na Barra de São Pedro, Zona Rural de Ouricuri-PE.

Após dirigir-se ao local, a equipe constatou a veracidade das informações. Ao analisar o local, o corpo, o relato de familiares e populares, bem como Laudo Preliminar da Perícia Criminal a cargo do Dr. Clécio José, verificou-se que a vítima, Teodorico Pereira de Souza, de 42 anos, estava dentro da rede, na sala da residência, sem sinais de violência.

Diligenciando chegamos a informação que a vítima tinha problemas com bebida alcoólica, fumava bastante e era hipertenso.

Ele teria passado o dia anterior na roça com sua criação, e foi deitar alegando sentir dor de cabeça devido ao “sol”.

A equipe DEAH colheu Laudo Tanatoscópico onde o Dr. Nelson de Luna Neto atestou morte natural. (Via Blog do Emanoel Cordeiro)