Policiais lotados no 8° BPM em Salgueiro que desviaram quase R$ 500 mil de combustível são punidos

Imagem ilustrativa

Dois policiais militares, entre eles um coronel, acusados de participação num grande esquema de desvio de combustíveis em Pernambuco, foram punidos pela Secretaria de Defesa Social. Segundo as investigações, quase R$ 500 mil teriam sido desviados entre os anos de 2004 e 2007.

O coronel Dilson Silva e Meira e o capitão Marcos Aurélio da Silva Fausto, que eram lotados no 8º Batalhão da Polícia Militar (município de Salgueiro, no Sertão), estariam entre os líderes do esquema, que utilizava créditos do cartão Ticket Card para desviar o dinheiro que deveria ser destinado para o abastecimento de combustíveis nas viaturas.

Após investigação, a Corregedoria Geral da SDS decidiu que os policiais deveriam ser punidos com a perda das patentes. A decisão, assinada pelo secretário Antônio de Pádua, foi publicada no Diário Oficial do Estado desta quarta-feira (19).

Além de processo administrativo, os policiais respondem criminalmente. O coronel, o capitão e outros quatro PMs são réus pelo crime de peculato (desvio de dinheiro público) há dez anos. O processo segue em tramitação na Vara de Justiça Militar, do Tribunal de Justiça de Pernambuco. (Do JC Online)

Funcionário Público aposentado é assassinado a facadas dentro de casa no centro de Araripina

Foto: reprodução

O funcionário público aposentado Francisco Ivandblú Gomes Alencar, de 60 anos, solteiro, foi encontrado morto por volta das 06:30 da manhã da última segunda-feira 17/09, dentro de sua residência na Rua Joaquim Alves de Castro, no Centro de Araripina. 

Conforme informações policiais, a vítima apresentava 04 perfurações provocadas por arma branca, faca peixeira, em partes fatais do corpo, principalmente no pescoço. Segundo a polícia civil, pelo estado do corpo provavelmente a vítima foi assassinada na noite do domingo 16/09, e encontrado na manhã da segunda.

Uma testemunha informou para a polícia que ao chegar na residência por volta das 06:30, bateu na porta e não teve resposta, o que achou estranho e verificou que o trinco da porta estava aberto. Ao entrar na residência deparou-se com o corpo da vítima já sem vida em um dos cômodos. 

A polícia civil foi ao local e após perícia preliminar removeu o corpo ao IML de Petrolina. O caso foi registrado na DPC local e também será investigado pelo Departamento de Homicídios da 24ª DESE de Araripina. 

Esse foi o 2º homicídio do mês de setembro em Araripina e o 3º também de setembro na Região do Araripe. Esse também foi o 22º homicídio do ano em Araripina e com esse crime já são 55 pessoas assassinadas na Região do Araripe de janeiro até agora. (Via Blog do Fredson Paiva)

75% das investigações de homicídios no Sertão do Araripe foram concluídas em 2018

Foto: reprodução

Em debate no último sábado (15) na rádio Arari FM, a delegada regional Katianna Muniz falou dos resultados das investigações de homicídios na região do Sertão do Araripe.

Uma das missões dos policiais civis e científicos de Pernambuco é agilizar as investigações de homicídios no Estado, e nos municípios que compõe o Sertão do Araripe, o resultado desse trabalho está aparecendo.

De acordo com a delegada, enquanto que no Brasil somente 10 em cada 100 inquéritos abertos em 2018 foram concluídos, na nossa cidade dos 20 homicídios ocorridos esse ano, 15 foram elucidados.

“No Brasil a gente tem uma média de 10 inquéritos solucionados em cada 100, uma média de 10 %. Aqui na Região do Araripe a gente tem uma média de mais de 60% de elucidação”, explicou. (Por Roberto Gonçalves)

 

Pernambuco registra 287 homicídios no mês de agosto

Pernambuco registrou 287 assassinatos no mês de agosto deste ano, segundo dados da Secretaria de Defesa Social (SDS). O número representa uma diminuição de 30% na quantidade de Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLIs) em comparação com o mesmo mês de 2017, quando foram registrados 411 homicídios.

Os dados foram divulgados nesta quinta-feira (13). Segundo o levantamento, agosto de 2018 foi o nono mês consecutivo com redução no número de assassinatos ao se comparar o período com o equivalente do ano anterior.

A secretaria também divulgou que, entre janeiro e agosto de 2018, houve uma queda na quantidade de assassinatos de 22%, na comparação com o mesmo período de 2017. Este ano, foram registrados, nos primeiros oito meses, 2.913 casos. No ano passado, no mesmo período, foram contabilizados 3.732 assassinatos.

Pernambuco registra média de 9 homicídios por dia em agosto

Foto: JC Online

Dados divulgados pela Secretaria de Defesa Social (SDS) nesta quinta-feira (13) mostraram que Pernambuco registrou uma média de nove homicídios por dia no mês de agosto. Segundo a SDS, esse número chegou a um total de 287 casos, contra 411 do mesmo mês do ano anterior. Isso significa que esse tipo de crime teve queda de 30%.

De acordo com a Secretaria, da série história dos últimos 38 meses, agosto foi o menos violento dos últimos três anos. Comparando os números dos primeiros meses deste ano deste ano com os de 2017, os homicídios reduziram 22%.

Isso quer dizer que, 3.732 assassinatos foram registrados em agosto de 2017 contra 2.913 óbitos do mesmo mês deste ano, representando uma queda de 819 vítimas.

O levantamento da SDS também apresentou que, do número de assassinatos registrados em agosto deste ano, 70,38% foram motivados pelo tráfico de drogas, acerto de contas e outras práticas criminais.

Logo depois vêm os conflitos nas comunidades, que registrou 16,03% do total desses homicídios. Os conflitos afetivos ou familiares (exceto feminicídio) apresentaram 4,88%, os latrocínios (2,79%) e, por m, os feminicídios, que registraram 2,44%.

A capital pernambucana registrou 35 assassinatos no último mês de agosto, ante 49 no mesmo mês no ano anterior. Esse número representa uma queda de 29% em número de homicídios no estado.

A Área Integrada de Segurança 5, que abrange os bairros de Apipucos, Casa Amarela, Casa Forte, Jaqueira, Tamarineira, Parnamirim, Vasco da Gama, Nova Descoberta, Bomba do Hemetério e Morro da Conceição, retomaram ao patamar de fevereiro de 2014. Neste mês de agosto, foram registradas em 31 dias, cinco vítimas de assassinatos. Esse é o menor número dos últimos 54 meses.

Em relação aos oitos primeiros meses do ano, a capital registrou uma retração de 26% no número de homicídios em relação ao mesmo período do ano anterior.

Já a Região Metropolitana, que correspondem aos municípios vizinhos ao Recife, os homicídios tiveram uma queda mais tímida, de 14%, saindo de 114 para 98. A redução, se comparado com os outros primeiros meses desse ano com 2017, foi de 18%.

Nas Zonas da Mata, o número de assassinatos passou de 83 para 56, em relação ao mesmo período de agosto deste ano com o do ano passado. Esses resultados representam uma queda de 33% na região. Já em relação aos oitos primeiros meses do ano, a redução chegou 17% se comparado 2018 com 2017.

Interior

A diminuição em números desse tipo de crime teve destaque no Agreste de Pernambuco. A redução chegou em 48%, caindo de 109 para 57 os óbitos apresentados no mês de agosto de 2018 em relação ao de 2017. A retração continua alta quando se compara o período dos oitos primeiros meses deste ano com o do ano passado: 31%.

Segundo a SDS, o Sertão teve queda de 27% se comparado com os meses de agosto de 2017 com o de 2018. Já de janeiro a agosto deste ano comparado com o ano passado, a queda foi de 413 para 360 (-13%)

Municípios sem registro

Ao todo, 93 municípios não registraram assassinatos e todas as regiões do Estado apresentaram recuo nos crimes contra a vida. Quinze cidades não conheceram homicídios em 2018.

A relação apresentada pela Secretaria de Defesa Social, mostra que 93 municípios pernambucanos não tiveram registro de homicídios em agosto. Desse total, 15 ainda não registraram nenhum assassinato em 2018. (Do JC Online)

Ex-presidiário é assassinado a tiros dentro de bar em Exu, PE

Foto: reprodução

Um ex-presidiário de 29 anos foi morto na quarta-feira (12) dentro de um bar na Rua Pedro Apolinário, na Vila Nossa Senhora Aparecida, no município de Exu, no Sertão de Pernambuco. De acordo com a Polícia Civil, Agnaldo da Silva Vieira estava em um bar jogando sinuca, quando dois homens chegaram em uma moto usando capacete. Um deles, entrou no estabelecimento e efetuou vários disparos de arma de fogo contra a vítima, que morreu no local. Os dois criminosos fugiram tomando destino ignorado.

Agnaldo da Silva possui diversas passagens criminosas pela polícia. O Boletim de Ocorrência foi confeccionado e entregue na delegacia local. (G1 Pernambuco)

Polícia Civil apreende menor que matou segurança e baleou irmão em Araripina

Foto: reprodução

Por volta das 17:20 de ontem, quarta-feira 12/09, a equipe de Policiais Civis da Operação Malhas da Lei, composta pelos policiais Edelson Borges, Francisco Ronielson, Eudes Júnior e Alexandre Campelo, junto com policiais civis da Delegacia de Homicídios, seguindo as instruções e orientações da Delegada Seccional Dra. Katyanna Muniz, e do Delegado George Dantas, após realização de uma campana e vigilância, abordaram o menor J.P.S, de 17 anos. 

Segundo a polícia o menor foi abordado quando transitava em via pública na Rua Padre Cícero, no Bairro Alto da Boa Vista, e de posse do Mandado de Busca e Apreensão, os Policiais Civis deram cumprimento a ordem judicial e apreenderam o menor, sendo ele apresentado a Delegada Seccional Dra. Katyanna Muniz. 

A Ordem Judicial foi decretada pela Juíza da Comarca de Araripina, Dra. Angélica Chamon, conforme processo que tramita na justiça, e que o menor J.P.S. é suspeito de ter ceifado a vida de Evaristo Avelar de Andrade e Sousa, conhecido por Avelar Segurança, e também de ter tentado matar seu irmão Joaquim Antonio Alencar e Sousa, fato ocorrido no dia 27/08/18 no Alto da Boa Vista, ver matéria AQUI

Após os procedimentos legais o menor foi encaminhado para FUNASE em Petrolina, onde aguardará as determinações judiciais. Essa é mais uma ação da Polícia Civil na cidade de Araripina, seguindo as diretrizes do Pacto Pela Vida no combate à criminalidade. (Do blog do Fredson Paiva)

 

Polícia prende homem suspeito de matar outro no Sítio Baixio em em Ouricuri

Um homem com mandado de prisão por homicídio foi preso no Sítio Pradicó, zona rural de Ouricuri (PE), no Sertão do Araripe, ontem (10). De acordo com o 7º Batalhão da Polícia Militar (BPM), Adão Alves Moreira, 29 anos, é suspeito de ter matado Genário Gomes da Silva, de 32 anos, no Sítio Baixio, em Ouricuri, no dia 5 de maio deste ano.

De acordo com informações, Genário foi assassinado a tiros e o motivo do crime teria sido um acidente com motocicletas dias antes. A informação é de que a vítima teria se recusado a pagar pelos danos causados a moto. Outros três homens também teria participado do crime.

Detento do regime semiaberto é assassinado em bairro de Salgueiro

Foto: reprodução

Um detento do regime semiaberto foi assassinado no Bairro Divino Espírito Santo, em Salgueiro (PE), no Sertão Central, na noite de ontem (5). De acordo com informações, a vítima foi morta com disparos de arma de fogo.

Não há informações sobre a autoria do crime e o nome da vítima não foi revelado. Sabe-se apenas que o homem estava com uma tornozeleira eletrônica, indicando se tratar de um detento do regime semiaberto. O Instituto de Criminalística (IC) fez o recolhimento do corpo. As informações são do blog do Carlos Brito.

Quase mil presos ganham direito à saída temporária em Pernambuco

Foto: reprodução

Desta quinta-feira (05) até a próxima quarta-feira (12), 987 presos do regime semiaberto de Pernambuco terão direito à saída temporária. As informações são da Secretaria Executiva de Ressocialização (Seres), que ressaltou a rotina da ação, de acordo com o calendário anual de salvo-conduto temporário, elaborado e validado na Câmara de Articulação do Poder Judiciário, Ministério Público e Defensoria Pública. 

Ainda de acordo com a Seres, os presos são do grupo 1, onde se encaixa o crime de homicídio. Eles são de Unidades do Regime Semiaberto de todo o Estado e serão monitorados por tornozeleiras eletrônicas. A Secretaria afirma que, em Pernambuco, estão disponíveis 4.400 tornozeleiras e, em média, 2.300 são utilizadas mensalmente nas diversas modalidades de regime. Em agosto, outro grupo também foi liberado por sete dias, de acordo com o calendário anual.

Questionada sobre o retorno dos presos às unidades penitenciárias nas datas determinadas, a Seres informou que o índice de evasão é em torno de 4%. A Secretaria explica que, caso o detento tente ou viole a área estabelecida de circulação, o Centro Integrado de Operações de Defesa Social de Reeducandos (Cemer) aciona o Centro Integrado de Operações de Defesa Social (Ciods), da Polícia Militar, responsável pelo recolhimento de violadores e recapturas. Um relatório sobre a tentativa ou violação da área também é enviado ao Judiciário para providências. (Via Folha PE)