Jovem de Ouricuri é presa com maconha, cocaína e 115 pedras de crack em Petrolina

A jovem Fernanda P. de Araújo, 18 anos, natural de Ouricuri, no Sertão do Araripe, foi presa nesta terça-feira (12), no bairro Jardim Maravilha em Petrolina, Sertão do São Francisco, acusada de tráfico de drogas.

Fernanda foi presa em flagrante delito pelos Policiais Civis de Plantão na companhia de Policias da 213° Delegacia de Petrolina.

Segundo os policias, após denúncias de uma suposta “boca de fumo”, a equipe policial passou a investigar o local, conseguindo efetuar a prisão da autora que guardava as drogas em sua residência.

De acordo com Fernanda, ela não é usuária de drogas e nem comercializa entorpecentes, apenas guardava a droga para um ex-namorado, de identidade não divulgada. Foram apreendidos, 6.645 kg de maconha em barras, 150g de cocaína e 115 pedras de crack.

Odacy Amorim propõe debate sobre preço da gasolina em Petrolina

O deputado Odacy Amorim (PT) voltou a questionar, na Reunião Plenária desta quarta-feira (22), o valor elevado da gasolina nos postos de Petrolina, no Sertão do São Francisco. Segundo ele, o litro do combustível custa cerca de R$ 4,50, um dos preços mais caros do País. O petista pediu à Comissão de Finanças da Casa que debata o assunto com a Petrobras, a BR Distribuidora, a Secretaria Estadual da Fazenda, o Ministério Público e empresários do setor.

De acordo com Amorim, na cidade vizinha de Juazeiro, na Bahia, o litro de gasolina custa R$ 0,25 a menos. Ele afirmou, ainda, que muitos motoristas estão deixando o carro na garagem e utilizando motos para se deslocar, o que aumenta o risco de acidentes graves.

A gente precisa discutir se isso tem a ver com o imposto, apenas, ou se há um abuso da BR e das outras distribuidoras. Não é justo o povo de Petrolina pagar a gasolina mais cara do Brasil”, disse o deputado, que indicou a possibilidade de criação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para apurar informações sobre os preços dos combustíveis. (Da Ascom)

Governador envia à Alepe projeto de lei para interiorizar a Polícia Científica; Ouricuri na lista

O governador Paulo Câmara envia à Assembleia Legislativa de Pernambuco, nesta sexta-feira (17/11), Projeto de Lei que cria seis novas unidades descentralizadas da Polícia Científica – além das três já existentes no Recife, em Caruaru e Petrolina. A interiorização tornará possível levar os serviços de perícia criminal, medicina legal e identificação criminal e civil para mais perto da população da Zona da Mata, do Agreste e do Sertão.

Após aprovação da Casa Legislativa, a lei permitirá implantar Unidades Regionais de Polícia Científica distribuídas por todas as regiões do Estado. Elas terão sede nos municípios de Palmares e Nazaré da Mata, na Zona da Mata; Caruaru e Garanhuns, no Agreste; Afogados da Ingazeira, Arcoverde, Ouricuri, Petrolina, e Salgueiro, no Sertão. Todas contarão com profissionais do Instituto de Medicina Legal (IML), Instituto de Criminalística (IC) e Instituto de Identificação Tavares Buril (IITB).

A partir da interiorização das atividades da Polícia Científica, o Estado busca também reforçar o combate ao crime. Com maior celeridade nas perícias criminais e médico-legais, os inquéritos policiais serão otimizados, contribuindo para a redução da impunidade, especialmente em casos de Crimes Violentos Letais e Intencionais (CVLIs) e Crimes Violentos Contra o Patrimônio (CVPs).

O efetivo que atuará nas novas unidades será oriundo do último concurso público da Polícia Científica de Pernambuco, realizado em 2016. Serão 139 peritos criminais, 40 médicos legistas, 130 auxiliares de peritos, 73 auxiliares de legistas e 51 peritos papiloscopistas. Todos já estão participando do Curso de Formação da Polícia Científica, com término previsto para janeiro de 2018.

Ouricuri e Petrolina no Sertão devem ficar em estado de alerta por causa de baixa umidade

A Agência Pernambucana de Águas e Clima (Apac) emitiu uma nota informando que as cidades do Sertão do estado devem ficar em estado de alerta por conta da baixa umidade. Petrolina e Ouricuri registraram apresentaram umidade relativa do ar abaixo de 20% esta semana, segundo a Apac.

Em Petrolina a umidade relativa do ar chegou a 16% no dia 29 de outubro. Já em Ouricuri a umidade chegou a 19%. A agência alertou para oque a situação poderia ficar complicado nos dias seguintes. O nível aceitável, segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), deve estar acima dos 50%.

Umidades muito abaixo deste percentual podem causar problemas na saúde das pessoas, como complicações alérgicas e respiratórias devido ao ressecamento de mucosas, sangramento pelo nariz, ressecamento da pele; Irritação dos olhos eletricidade estática nas pessoas e em equipamentos eletrônicos e aumento do potencial de incêndios em pastagens.

Pessoas que estejam em locais em estado de alerta, que apresentem umidade entre 12 e 20%, precisam tomar alguns cuidados para evitar problemas como umidificar o ambiente através de vaporizadores, toalhas molhadas, recipientes com água, sempre que possível permanecer em locais protegidos do sol, em áreas vegetadas, consumir água à vontade, suprimir exercícios físicos e trabalhos ao ar livre entre 10h e 16h, evitar aglomerações em ambientes fechados e usar soro fisiológico para olhos e narinas. (Do G1 Petrolina)

Seleção Proeja convoca candidatos para palestra informativa nos campi Petrolina e Ouricuri

O IF Sertão-PE divulgou, nesta sexta-feira (29), a lista dos candidatos inscritos para participarem da palestra informativa nos campi Petrolina e Ouricuri, que será realizada nesta segunda-feira (2), às 18h30, em Petrolina no Auditório Central do campus e em Ouricuri na sala 8. A presença dos candidatos é obrigatória e de caráter eliminatório.

Os candidatos precisam entregar os seguintes documentos: a) Cópia e original do Histórico Escolar de Ensino Fundamental (antigo 1° grau) (ficha 18); b) 01 (uma) foto 5×7 atual, colorida, com fundo branco, para os candidatos dos grupos de concorrência B, C, F e G (Autodeclarados pretos, pardos e indígenas; c) Cópia e original de documento de identificação oficial com foto, para todos os candidatos inscritos

Confira a lista dos candidatos e outras informações do edital n° 45/2017 (http://www.ifsertao-pe.edu.br/index.php/proen-editais)

Sesi-PE realiza encontro empresarial em Araripina e Petrolina

O Serviço Social da Indústria de Pernambuco (Sesi/PE) realiza encontro com industriais do Sertão, nesta segunda (21), às 19h, em Petrolina, e terça-feira (22), às 9h, em Araripina.

A iniciativa pretende buscar soluções para as demandas dos setores produtivos locais nas áreas de capacitação profissional, Segurança e Saúde do Trabalho (SST) e programas de promoção da saúde.

O evento é gratuito e será nas unidades do Sesi nestas cidades. As inscrições podem ser realizadas pelos telefones (87) 3861.1369 (Petrolina) e 3873.1087 (Araripina).

“Nosso intuito é contribuir para ampliar a competitividade da indústria sertaneja ao oferecer soluções adequadas à realidade local com produtos e serviços que elevam produtividade dos trabalhadores”, afirma o superintendente do Sesi/PE, Nilo Simões.

20ª edição do Sonora Brasil passa pelas cidades de Triunfo, Araripina, Bodocó e Petrolina

Na próxima semana as cidades de Triunfo, Araripina, Bodocó e Petrolina recebem a 20ª edição do projeto Sonora Brasil, realizado pelo Sesc em todo o país. O intuito é apresentar ao público expressões musicais fortes, mas ainda pouco difundidas e que fazem parte do cenário cultural brasileiro. Com o tema “Na pisada dos cocos”, quatro grupos participam da primeira etapa no biênio 2017/2018.

A programação aberta pelo grupo Coco de Iguape, do litoral de Fortaleza, vai ser apresentada em Triunfo no dia 21, Bodocó no dia 23, em Araripina no dia 24 e em Petrolina no dia 25, com acesso gratuito ao público. O grupo é formado pelo mestre Chico Caçoeira, Klévia do Iguape, Renato Cabral, Wellington Monteiro, João Anastácio de Carvalho, José Ailton da Costa Miranda, Altamiro da Costa e Adonai Ribeiro.

Os integrantes se apresentam descalços e vestidos com roupas feitas artesanalmente, com o mesmo tecido das velas usadas em jangadas. Os instrumentos usados pelo grupo são o caixão feito de madeira em forma de caixa, o ganzá e o triângulo. A dança tem característica de ser mais pulada e acontece em duplas. (Por Alvinho Patriota)

Dom Manoel dos Reis renuncia cargo de bispo da diocese de Petrolina

O pedido de renúncia do bispo da diocese de Petrolina, no Sertão de Pernambuco, dom Manoel dos Reis de Farias, foi acatado pelo papa Francisco e anunciado na manhã desta quarta-feira (12) pela Nunciatura Apostólica do Brasil. O eclesiástico, natural de Orobó, no Agreste do estado, tomou posse do cargo em outubro de 2011, substituindo dom Paulo Cardoso da Silva.

A renúncia está de acordo com o Código de Direito Canônico, que regulariza as normas da Igreja Católica e estabelece, através do parágrafo 1 do artigo 401, a renúncia por motivos de idade. Assim, Dom Manoel passa a ser bispo emérito da diocese de Petrolina.

Um novo administrador diocesano deve ser escolhido pelo Colégio de Consultores da Igreja em um prazo de oito dias. Após consulta a autoridades católicas da região, uma lista com os nomes de três candidatos deve ser enviada ao Vaticano, que terá de oito a dez meses para anunciar o novo bispo.

Requisitos para eleição do novo bispo

Como indicado pelo Código de Direito Canônico, o novo bispo deve ter boa reputação, idade mínima de 35 anos, experiência de, no mínimo, cinco anos em ordenação de presbítero e doutorado, licenciatura ou mestrado em Bíblia, Direito Canônico ou Teologia.

Dom Manoel dos Reis de Farias

Nascido no ano de 1946, em Orobó, no agreste pernambucano, Dom Manoel dos Reis de Farias estudou Filosofia e Teologia. Foi ordenado como sacerdote em 1983 e em 2001 foi eleito bispo de Patos, na Paraíba. Em 2011, foi nomeado pelo papa Bento XVI como bispo da diocese de Petrolina. (Do G1 Petrolina)

Homem é preso por matar e enterrar inquilino no quintal de casa em Petrolina

Um pedreiro de 33 anos foi preso, neste domingo (4), após confessar ter matado e enterrado o corpo de um homem, de 43 anos, no quintal da casa onde mora, em Petrolina, no Sertão de Pernambuco. O crime ocorreu há cerca de nove dias e só foi descoberto porque o suspeito procurou a delegacia e comunicou o homicídio. O pedreiro disse ainda que matou a vítima porque ele teria abusado sexualmente da mãe, que é deficiente física.

Segundo informações da Polícia Civil, o assassinato ocorreu no dia 27 de maio, na Rua da Chesf, no bairro José e Maria, Zona Leste da cidade. A vítima tinha um quarto alugado na casa do suspeito.

Ele alega que ocorreu durante a noite, quando chegou na residência e desconfiou que o homem estava abusando da mãe. Ela é deficiente física, não fala, não anda, vive em estado vegetativo. Os dois tiveram uma discussão e durante a briga ele pegou um pedaço de pau e deu três pauladas na cabeça da vítima. Ele ficou pensando o que fazer com o corpo e resolveu enterrar no quintal, onde tinha um buraco de um pé de mamão. Ele aumentou a cova e enterrou”, conta o delegado responsável pelo caso, Daniel Moreira.

Na delegacia, o suspeito deu detalhes de como ocorreu o crime e não mostrou arrependimento.

Eu sai para tomar duas cervejas com a mulher. Quando voltamos, me deparei com ele dentro do quarto [da mãe]. Minha mulher quem viu e perguntou o que ele estava fazendo. Perguntei o que ele estava fazendo lá e ele disse que tinha escutado um barulho. Eu disse que não era para ele está dentro da minha casa. Ai eu fui lá, dei três pauladas e matei. Se ele estivesse vivo eu fazia de novo, fazia a mesma coisa”, declarou o suspeito.

Uma equipe da força tarefa de homicídios foi até a residência indicada, junto com equipes do Instituto de Criminalística (IC) e do Instituto de Medicina Legal (IML).

“Após o crime ele fugiu para a cidade de Lagoa Grande, junto com a mãe e ficou pensando onde iria deixar a genitora, porque ele queria se apresentar na delegacia. Ontem [4] ele procurou nossa equipe, mostrou o local e ele mesmo cavou, com uma frieza que impressiona”, detalhou Daniel Moreira. (Do G1 Petrolina)

Menino de 9 anos que ensina a mãe a ler ganha concurso da rede municipal de Petrolina

‘Festa de Aniversário’ crônica de Luiz Fernando Verissimo, um dos mais respeitados cronistas brasileiros, foi o texto que consagrou Klebson Barbosa o melhor aluno leitor da Rede Municipal de Petrolina.

A escolha ocorreu na sexta-feira (2), na final do Concurso ‘Ler Bem’, um projeto de incentivo à leitura da Associação Pernambucana de Atacadistas e Distribuidores (ASPA) em parceria com a Secretaria de Educação de Petrolina. Ao total, mais de 60 escolas participaram do projeto com estudantes matriculados no 4º ano do Ensino Fundamental I da rede pública municipal (público para o qual a competição é destinada).

Após seletivas, oito estudantes participaram da final da etapa local. Klebson Barbosa é aluno da Escola Luíza de Castro, no bairro João de Deus, em Petrolina, e contou com o apoio e orientação da diretora da unidade, Rosângela Amorim Torres.

 A comissão julgadora do concurso foi formada por educadores, que atribuíram notas após avaliar o desempenho da leitura feita por cada candidato, seguindo critérios específicos da comunicação oral.

Emocionado com o resultado, Klebson agradeceu o prêmio e dedicou a sua mãe, Francisca Barbosa, que voltou a estudar graças ao incentivo do filho. “Ele é minha mão e meus pés. Meu filho é tudo pra mim, meu amigo, companheiro e professor. Estou muito orgulhosa dele. Voltei a estudar, pois ele me pediu e, hoje, ele me ensina a tarefa de casa”, contou Francisca que estuda na mesma escola do filho na modalidade de educação de Jovens e Adultos (EJA).

Em agosto, Klebson vai representar Petrolina na etapa Regional, na cidade de Salgueiro e, caso saia vencedor, participará, em Recife, da etapa estadual. O concurso conta neste ano com a participação de 100 municípios de Pernambuco, e em Petrolina foi coordenado pela educadora Silva Regina, sob orientação da diretoria de Ensino.