Pesquisa Ibope: Bolsonaro estanca em 28% e Haddad encurta distância e vai a 22%

O Ibope divulgou nesta segunda-feira (24) o resultado da mais recente pesquisa de intenção de voto na eleição presidencial. A pesquisa ouviu 2.506 eleitores entre sábado (22) e domingo (23).

O nível de confiança da pesquisa é de 95%. Isso quer dizer que há uma probabilidade de 95% de os resultados retratarem a realidade, considerando a margem de erro, que é de 2 pontos, para mais ou para menos.

Os resultados foram os seguintes:

Em relação ao levantamento anterior do instituto, divulgado na terça-feira (18):

Jair Bolsonaro se manteve com 28%;

Haddad foi de 19% para 22%;

Ciro se manteve com 11%;

Alckmin foi de 7% para 8%;

Marina passou de 6% para 5%;

Os indecisos foram de 7% para 6% e os brancos ou nulos, de 14% para 12%.

Rejeição

O Instituto também perguntou: “Dentre estes candidatos a Presidente da República, em qual o (a) sr. (a) não votaria de jeito nenhum? Mais algum? Algum outro?”.

Neste levantamento, portanto, os entrevistados podem citar mais de um candidato. Por isso, os resultados somam mais de 100%.

  • Os resultados foram:
  • Bolsonaro: 46%
  • Haddad: 30%
  • Marina: 25%
  • Alckmin: 20%
  • Ciro: 18%
  • Meirelles: 11%
  • Cabo Daciolo: 11%
  • Eymael: 11%
  • Boulos: 11%
  • Vera: 10%
  • Alvaro Dias: 9%
  • Amoêdo: 9%
  • João Goulart Filho: 9%
  • Poderia votar em todos: 2%
  • Não sabe/não respondeu: 7%

Simulações de segundo turno

  • Haddad 43% x 37% Bolsonaro (branco/nulo: 15%; não sabe: 4%)
  • Ciro 46% x 35% Bolsonaro (branco/nulo: 15%; não sabe: 4%)
  • Alckmin 41% x 36% Bolsonaro (branco/nulo: 20%; não sabe: 4%)
  • Bolsonaro 39% x 39% Marina (branco/nulo: 19%; não sabe: 4%)

Sobre a pesquisa

  • Margem de erro: 2 pontos percentuais para mais ou para menos
  • Entrevistados: 2.506 eleitores em 178 municípios
  • Quando a pesquisa foi feita: 22 e 23 de setembro
  • Registro no TSE: BR-06630/2018
  • Nível de confiança: 95%
  • Contratantes da pesquisa: TV Globo e “O Estado de S.Paulo” (Do G1)

Para o Senado, Jarbas e Mendonça empatados

Na disputa pelo Senado, o Real Time Big Data apontou Jarbas Vasconcelos (MDB) em primeiro lugar com 33% das intenções de voto, seguido de Mendonça Filho (DEM) com 30%. Humberto Costa (PT), tem 26%, Bruno Araújo (PSDB) tem 14%, Silvio Costa (Avante) 11%, Pastor Jairinho (Rede) 4%, Adriana Rocha (Rede) 2%, Outros 2%. Indecisos Voto 1, 9%, Brancos/Nulos Voto 1, 15%, Indecisos Voto 2, 33%, Brancos/Nulos Voto 2, 21%. (Por Edmar Lyra)

Pesquisa Real Time: Paulo Câmara 34%, Armando Monteiro 30%

O Instituto Real Time Big Data divulgou a segunda rodada de pesquisas para governador e senador de Pernambuco. Foram 1.000 questionários entre os dias 21 e 22 de setembro e possui margem de erro de três pontos percentuais para mais ou para menos. O registro da pesquisa é: PE-03887/2018.

No cenário espontâneo para governador, Paulo Câmara (PSB) aparece com 22%, Armando Monteiro (PTB) 19%, Maurício Rands (PROS) 2%, Julio Lossio (Rede) 2% e Dani Portela (PSOL) 1%, Brancos e nulos 15% e indecisos 39%. Simone Fontana (PSTU) não pontuou.

Na pesquisa estimulada Paulo Câmara aparece com 34% das intenções de voto contra 30% de Armando Monteiro, Julio Lossio 5%, Maurício Rands 4%, Dani Portela 2%, Outros 1%, Brancos e nulos 15%, indecisos 9%.

No segundo turno Paulo Câmara teria 40% contra 38% de Armando Monteiro, brancos e nulos 17% e indecisos 5%.

No quesito rejeição Paulo Câmara teria 45%, Armando Monteiro 30%, Maurício Rands 19%, Julio Lossio 17%, Simone Fontana 17%, Dani Portela 17%, Ana Patricia Alves 15%. (Por Edmar Lyra)

Pesquisa aponta empate técnico entre Bolsonaro e Haddad

Pesquisa DataPoder360 realizada nos dias 19 e 20 de setembro de 2018 e divulgada na noite desta sexta-feira (21/9) pelo site Poder 360, indica que Jair Bolsonaro (PSL) tem 26% das intenções de voto para presidente e permanece na liderança da corrida ao Palácio do Planalto. A novidade é que agora Fernando Haddad (PT) registra 22% e já aparece em empate técnico com o peeselista.

Veja os resultados:

Jair Bolsonaro (PSL): 26%
Fernando Haddad (PT): 22%
Ciro Gomes (PDT): 14%
Geraldo Alckmin (PSDB): 6%
Marina Silva (Rede): 4%
Alvaro Dias (Podemos): 3%
Henrique Meirelles (MDB): 3%
Guilherme Boulos (PSol): 2%
João Amoêdo (Novo): 1%
Cabo Daciolo (Patriota): 1%
José Eymael: 1%
João Goulart Filho: 1%
Vera Lúcia: 0%
Brancos e nulos: 12%
Não souberam e não responderam: 3%

Trata-se de situação de empate técnico entre Bolsonaro e Haddad, no limite da margem de erro, que é de 2 pontos percentuais, para mais ou para menos.

Outro destaque desta rodada do DataPoder360 é a queda dos votos brancos, nulos e daqueles que dizem estar indecisos. Durante toda esta campanha, o chamado “não voto” teve taxas altíssimas. Agora, caiu para 15%.

A pesquisa foi realizada com 4.000 entrevistas em todas as unidades da Federação. O registro na Justiça Eleitoral é BR-02039/2018.

Segundo turno

O DataPoder360 fez quatro testes de segundo turno. A opção foi simular o primeiro colocado (Bolsonaro) contra os outros postulantes considerados mais competitivos neste momento, de acordo com o levantamento.

O militar fica à frente numericamente de Alckmin (37% x 36%) e de Marina (39% x 37%), mas empatado na margem de erro da pesquisa.

Contra Haddad, o placar é de 43% para o petista e 40% para Bolsonaro. Há aí também uma situação de empate estatístico, dentro da margem de erro de 2 pontos percentuais, para mais ou para menos.

Já Ciro Gomes é o único, de acordo com o DataPoder360, que hoje venceria Bolsonaro num confronto direto de segundo turno: 42% a 36%. Não há empate nesse caso. O pedetista ganharia se a disputa fosse hoje. (Poder 360)

Datafolha: Jarbas lidera com 36%, Mendonça vai a 31% e Humberto com 30% em PE

Pesquisa Datafolha divulgada nesta quinta-feira (20) aponta os seguintes percentuais de intenções de voto para o Senado em Pernambuco:

Jarbas Vasconcelos (MDB): 36%

Mendonça Filho (DEM): 31%

Humberto Costa (PT): 30%

Bruno Araújo (PSDB): 12%

Silvio Costa (Avante): 11%

Pastor Jairinho (Rede): 6%

Adriana Rocha (Rede): 3%

Hélio Cabral (PSTU): 2%

Lídia Brunes (Pros): 2%

Albanise (PSOL): 1%

Eugênia (PSOL): 1%

Alex Lima Rola (PCO): 1%

Em branco/nulo/nenhum para a 1ª vaga: 20%

Em branco/nulo/nenhum para a 2ª vaga: 28%

Não sabe para a 1ª vaga: 6%

Não sabe para a 2ª vaga: 10%

A pesquisa foi encomendada pela TV Globo e pelo jornal “Folha de S.Paulo”.

No levantamento anterior, feito de 4 a 6 de setembro, os percentuais eram os seguintes:

Jarbas Vasconcelos (MDB): 38%

Humberto Costa (PT): 28%

Mendonça Filho (DEM): 27%

Silvio Costa (Avante): 10%

Bruno Araújo (PSDB): 6%

Pastor Jairinho (Rede): 5%

Adriana Rocha (Rede): 3%

Hélio Cabral (PSTU): 2%

Eugênia (PSOL): 1%

Albanise Pires (PSOL): 1%

Lídia Brunes (PROS): 1%

Alex Rola (PCO): 0%

Em branco/nulo/nenhum para a 1ª vaga: 22%

Em branco/nulo/nenhum para a 2ª vaga: 38%

Não sabe para a 1ª vaga: 7%

Não sabe para a 2ª vaga: 10%

A Datafolha também ouviu eleitores em Pernambuco a respeito da disputa para o governo.

Sobre a pesquisa

Margem de erro: 3 pontos percentuais para mais ou para menos

Quem foi ouvido: 1.232 eleitores de 50 municípios do Estado, com 16 anos ou mais

Quando a pesquisa foi feita: 18 e 19 de setembro

Registro no TSE: PE 09351/2018

O nível de confiança utilizado é de 95%. Isso quer dizer que há uma probabilidade de 95% de os resultados retratarem o atual momento eleitoral, considerando a margem de erro. (Fonte: G1-PE)

Datafolha: Haddad cresce e empata com Ciro em segundo. Bolsonaro vai a 26%

O Datafolha divulgou nesta sexta-feira (14) o resultado da mais recente pesquisa de intenção de voto na eleição presidencial. A pesquisa ouviu 2.820 eleitores entre quinta (13) e sexta-feira (14).

O nível de confiança da pesquisa é de 95%. Isso quer dizer que há uma probabilidade de 95% de os resultados retratarem a realidade, considerando a margem de erro, que é de 2 pontos, para mais ou para menos.

Os resultados foram os seguintes:

Em relação ao levantamento anterior do instituto, divulgado na segunda-feira (10):

  • Jair Bolsonaroatingiu 26% das intenções de voto, uma variação positiva de dois pontos;
  • Haddad cresceu de 9% para 13%, o mesmo percentual de Ciro, que se manteve nos 13% do levantamento anterior;
  • Alckmin, que oscilou de 10% para 9%, está no limite do empate técnico com Haddad e Ciro;
  • Marina, que foi de 11% para 8%, tem agora metade das intenções de voto que tinha após registro das candidaturas, em agosto (16%).

Rejeição

O Instituto também perguntou: “Em quais desses candidatos… você não votaria de jeito nenhum no primeiro turno da eleição para presidente deste ano?”

Neste levantamento, portanto, os entrevistados podem citar mais de um candidato. Por isso, os resultados somam mais de 100%.

Vamos aos números:

  • Bolsonaro: 44%
  • Marina: 30%
  • Haddad: 26%
  • Alckmin: 25%
  • Ciro: 21%
  • Vera: 19%
  • Cabo Daciolo: 18%
  • Eymael: 17%
  • Boulos: 17%
  • Meirelles: 17%
  • Alvaro Dias: 16%
  • João Goulart Filho: 14%
  • Amoêdo: 15%
  • Rejeita todos/não votaria em nenhum: 4%
  • Votaria em qualquer um/não rejeita nenhum: 2%
  • Não sabe: 5%

Sobre a pesquisa

  • Margem de erro: 2 pontos percentuais para mais ou para menos
  • Entrevistados: 2.820 eleitores em 197 municípios
  • Quando a pesquisa foi feita: 13 e 14 de setembro
  • Registro no TSE: BR 05596/2018
  • Nível de confiança: 95%
  • Contratantes da pesquisa: TV Globo e “Folha de S.Paulo”

Bolsonaro cresce e chega a 30% após facada, mostra pesquisa BTG Pactual

O candidato do PSL a presidente, Jair Bolsonaro, cresceu quatro pontos percentuais em uma semana e alcançou seu melhor desempenho na sondagem BTG Pactual/FSB, divulgada nesta segunda-feira (10). Esse é o primeiro levantamento publicado após o atentado contra o presidenciável, no último dia 6, em Juiz de Fora (MG). Na pesquisa estimulada, na qual se apresenta ao entrevistado o nome dos candidatos, Bolsonaro lidera com 30% das intenções de voto.

Em segundo lugar aparece Ciro Gomes (PDT), que manteve os 12% registrados na rodada anterior, entre os dias 1º e 2. Ciro está no limite da margem de erro empatado com outros três candidatos: Marina Silva (Rede), Geraldo Alckmin (PSDB) e Fernando Haddad (PT), todos com 8%. Vice do ex-presidente Lula, Haddad deve ser confirmado como candidato a presidente nesta semana. João Amoêdo (Novo), Alvaro Dias (Podemos) e Henrique Meirelles (MDB) têm 3%.

De acordo com a pesquisa, Marina é a candidata mais rejeitada: 64% disseram que não votam nela em hipótese alguma. Geraldo Alckmin tem 61% de rejeição. Meirelles e Haddad, com 52%, e Ciro e Bolsonaro, com 51%, aparecem na sequência. A candidata da Rede também foi a que registrou maior queda em comparação com a sondagem anterior. Ela perdeu 3 pontos percentuais das preferências em uma semana.

O Instituto FSB Pesquisa entrevistou, por telefone, 2 mil eleitores com idade a partir de 16 anos, nas 27 unidades da federação. As entrevistas foram telefônicas, realizadas por entrevistadores por meio de telefones fixos e móveis, nos dias 8 e 9 de setembro de 2018. A margem de erro no total da amostra é de 2 pontos percentuais, para mais ou para menos. A amostra é controlada a partir de quotas de: sexo, idade, região e tipo de telefonia (fixa e móvel). A pesquisa está registrada no Tribunal Superior Eleitoral (BR-01522/2018). (Congresso em Foco)

Ibope divulga levantamento sem Lula e Bolsonaro lidera intenções de voto

O Ibope divulgou nesta quarta-feira (5) nova rodada de pesquisas para a eleição presidencial, desta vez, sem o nome do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Jair Bolsonaro (PSL) lidera com 22% das intenções de voto no primeiro turno. Na sequência aparecem, empatados, Marina Silva (Rede) e Ciro Gomes (PDT), com 12%.

O candidato do PSDB ao Planalto, Geraldo Alckmin, tem 9% das intenções de voto na pesquisa. Na sequência, Fernando Haddad, candidato a vice na chapa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, e possível substituto do petista na eleição, tem 6%.

Alvaro Dias (Podemos) e João Amoêdo aparecem em seguida, empatados, com 3% da preferência dos eleitores na pesquisa. Henrique Meirelles (MDB) tem 2%. Guilherme Boulos (PSOL), Vera Lúcia (PSTU) e João Goulart Filho (PPL) aparecem na pesquisa com 1% das intenções de voto. Cabo Daciolo (Patriota) e Eymael (DC) não pontuaram.

29% dos entrevistados disseram que anularão ou votarão em branco. 9% não soube responder em quem votaria.

Segundo turno

O Ibope fez quatro simulações de segundo turno, todas com Jair Bolsonaro, líder nas intenções de voto, na disputa. Veja os números:

Ciro Gomes: 44%

Jair Bolsonaro: 33%

Branco/ nulo: 19%

Não sabe/ não respondeu: 4%

—–

Geraldo Alckmin: 41%

Jair Bolsonaro: 32%

Branco/ nulo: 23%

Não sabe/ não respondeu: 4%

—-

Marina Silva: 43%

Jair Bolsonaro: 33%

Branco/ nulo: 20%

Não sabe/ não respondeu: 3%

—-

Jair Bolsonaro: 37%

Fernando Haddad: 36%

Branco/ nulo: 22%

Não sabe/ não respondeu: 5%

Rejeição

O candidato Jair Bolsonaro é o presidenciável com a maior taxa de rejeição entre os postulantes ao Planalto neste ano, mostra pesquisa Ibope/Estadão/TV Globo. Entre os eleitores entrevistados no levantamento, 44% dizem que não votariam em Bolsonaro “de jeito nenhum”.

A segunda maior rejeição é a de Marina Silva, com 26% dos entrevistados afirmando que não votariam na candidata da Rede. Fernando Haddad é o terceiro mais rejeitado, com 23%. Alckmin tem 22% de rejeição e Ciro Gomes tem 20%.

A pesquisa, encomendada pela TV Globo e pelo jornal O Estado de S. Paulo, foi feita entre os dias 1 e 3 de setembro. 2002 pessoas foram entrevistadas.A margem de erro é de 2 pontos porcentuais para mais ou para menos, considerando um intervalo de confiança de 95%.

Jarbas e Humberto lideram para o senado em Pernambuco

No Ibope para senador, o deputado Jarbas Vasconcelos (MDB) chegou a 33% das intenções de voto, crescendo sete pontos em relação ao levantamento anterior, seguido por Humberto Costa (PT) que apareceu com 30% e cresceu cinco pontos em relação ao levantamento anterior. Mendonça Filho (DEM) se distanciou dos dois primeiros oscilando negativamente para 23%, em quarto lugar Silvio Costa (Avante) chegou a 12%, enquanto Bruno Araújo (PSDB) pontuou apenas 8%, Pastor Jairinho (Rede) 5% e os demais 7%.

Paulo Câmara abre vantagem de 9 pontos sobre Armando e pode ser reeleito no primeiro turno, aponta pesquisa IBOPE

A nova pesquisa do Ibope com as intenções de voto para o governo do estado, divulgada na noite desta quarta-feira (5), mostra que Paulo Câmara (PSB), líder com 33%, abriu nove pontos de vantagem para o segundo colocado, Armando Monteiro (PTB), que marca 24%.

Brancos e nulos representam 24% do eleitorado, ante 32% da pesquisa anterior. Os que não sabem ou não responderam são 11%.

Bem atrás, na terceira colocação, vem Júlio Lóssio (Rede) com 3%, mesmo número do último levantamento. Maurício Rands (PROS) continua com 2% das intenções de voto. Ana Patrícia Alves (PCO), caiu de 3% para 1%, mesmo índice de Simone Fontana (PSTU), que tinha 2%, e Dani Portela (PSOL), que não registrou oscilação.

A pesquisa foi realizada pelo Ibope em parceria com o Sistema Jornal do Commercio de Comunicação e a TV Globo e ouviu 1.204 eleitores de mais de 50 municípios pernambucanos entre os dias 2 e 4 de setembro.

Com 33% das intenções de voto para governador, Paulo Câmara viu seus adversários somarem apenas 32%, com isso a eleição de acordo com o Ibope já poderia ser definida no primeiro turno, porém dentro da margem de erro. O socialista teria 50,77% contra 36,9% de Armando Monteiro, os demais candidatos surgem com 12,33%. Para se chegar aos votos válidos são excluídos brancos, nulos e indecisos.