Homem é morto a tiros dentro de Assembleia de Deus em Pernambuco

Um homem foi morto a tiros dentro de um templo da Assembleia de Deus enquanto participava de um culto, no Bairro dos Estados, em Camaragibe, Região Metropolitana do Recife, na noite deste domingo (14). Os tiros feriram mais duas pessoas, que foram encaminhadas para unidades de saúde.

Segundo testemunhas que estavam no local na hora do acontecimento, dois homens encapuzados chegaram ao local, entraram na Assembleia de Deus e atiraram contra Elias Pereira de Lira, que morreu na hora. A idade do homem não foi revelada.

Feridos

Um outro fiel, de identidade não revelada, também foi atingido e encaminhado para a UPA da Caxangá, na Zona Oeste do Recife. A outra pessoa atingida foi uma adolescente de 14 anos, que foi levada para Hospital Otávio de Freitas, na Zona Oeste do Recife.
Segundo nota divulgada pela Assembleia de Deus, “o homem vítima do crime frequentava a congregação há apenas três meses e estava em busca de recuperação de sua vida pregressa. Como casa de Deus, a igreja tem o dever de receber todos aqueles que buscam transformação de vida”.

Ainda segundo a assessoria de imprensa, “a Igreja Evangélica Assembleia de Deus se coloca à disposição da Justiça para todos os esclarecimentos que se façam necessários”.

Uma fonte policial informou que Elias já havia sofrido um atentado no início do ano. O responsável pelas investigações será o delegado Paulo Dias, do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa. (Do JC Online)

Policial militar mata esposa e se suicida no interior de Pernambuco

Um policial militar matou a esposa com um tiro na cabeça e se suicidou em seguida na cidade de Vitória de Santo Antão, Mata Sul de Pernambuco, na manhã deste sábado (13). O caso aconteceu na Rua São Francisco, Loteamento São José, no bairro Jardim Ipiranga.

Segundo vizinhos, a vítima, identificada como Dayanne Joyce Silva Serafim, de 25 anos, estava com o policial há quase 10 anos. O militar, identificado como José Ailton Francisco da Silva, de 35 anos de idade, atirou na própria cabeça após assassinar Dayanne.

Vizinhos e familiares não quiseram dar mais informações sobre o acontecimento. O clima na região é de medo.

Investigação

Agentes do DHPP foram ao local do crime e irão enviar atualizações à imprensa assim que apurarem mais informações sobre o caso. O Instituto de Medicina Legal (IML) não recebeu chamado ao local. (Do JC Online)

Pernambuco atinge a marca inédita de cinco mil homicídios em 2017

Pernambuco alcançou, na madrugada dessa quarta-feira (29), a marca de cinco mil homicídios no ano. Esse quantitativo nunca havia sido registrado no Estado desde que crimes do tipo passaram a ser contabilizados no Sistema de Informação de Mortalidade do DataSUS, em 1979.

Na contagem da Secretaria de Defesa Social (SDS), iniciada em 2004, o ano mais violento da história, até agora, havia sido 2006, com 4.638 casos. Considerando que o total mensal de assassinatos tem ficado acima de 400 há quatro meses e que ainda restam os 31 dias de dezembro, 2017 pode terminar com um número ainda mais alarmante de homicídios: quase 5,5 mil.

Os dados oficiais da SDS indicam que, até outubro, houve 4.576 casos. A contagem de novembro só será consolidada no próximo dia 15, como ocorre todos os meses. Contudo, levantamento paralelo feito pela imprensa junto à sede do Instituto de Medicina Legal (IML), no Recife, e dos postos da instituição em Caruaru, no Agreste, e Petrolina, no Sertão, indica que, até a madrugada desta quarta-feira, 426 assassinatos tinham sido contabilizados só neste mês.

Somando o número aos 4.576 casos dos dez meses anteriores, o total do ano chega a 5.002. É provável que essa marca tenha sido atingida até antes, já que os dados do IML não incluem vítimas que saem feridas dos locais de crimes e morrem nos hospitais. Em fevereiro deste ano, a SDS deixou de divulgar, diariamente, as estatísticas de Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLIs), o que era praticado desde a criação do Pacto pela Vida, em 2007.

Uma das pessoas assassinadas na terça-feira (28) foi um rapaz que acompanhava o tio, ex-presidiário, a uma oficina automotiva em Serra Talhada, no Sertão. Enquanto esperavam o fim do atendimento, as vítimas foram surpreendidas por atiradores, que invadiram o local e efetuaram vários disparos. Além deles, o mecânico foi baleado. O jovem foi hospitalizado, mas não resistiu à gravidade dos ferimentos. (Folha PE)

Roberta Arraes acompanha visita do secretário Antônio de Pádua ao Sertão do Araripe

Na manhã dessa terça-feira (28), a deputada Roberta Arraes (PSB) esteve acompanhando a visita do secretário de Defesa Social, Antônio de Pádua, em Ouricuri, no Sertão do Araripe.

Primeiro participaram da apresentação do quadro organizacional do 7º BPM- Voluntários da Pátria, pelo Major Carvalho, depois se reuniram com o prefeito do município, Ricardo Ramos, onde conversaram sobre a chegada do Denarc – Departamento de Repressão Ao Narcotráfico, do núcleo de Gerência Geral da Polícia Científica, além de outras reivindicações para melhorar a segurança da região, como a chegada do efetivo policial, mais viaturas, e o reforço da solicitação da parlamentar, em levar uma Delegacia Regional de Polícia da Mulher.

“Foi uma agenda bastante positiva, na certeza que essas ações somarão bastante para ajudar no combate à criminalidade do Sertão do Araripe”, afirmou Roberta Arraes.

Estiveram na oportunidade também, o chefe da Polícia Civil de Pernambuco, delegado Joselito Kherle, a corregedora geral da SDS, delegada Carla Patrícia, a gerente Geral da Polícia Científica, Dra Sandra Maria, a delegada do Controle Operacional do Interior 2, Dra Pollyana Nery, o Comandante Geral do CBMPE, Coronel Cunha, o comandante-geral da Polícia Militar de Pernambuco, coronel Vanildo Maranhão, além de lideranças políticas e vereadores de Ouricuri. (Da Ascom)

Secretário anuncia Delegacia de Repressão ao Narcotráfico e Unidade da Policia Cientifica em Ouricuri

O secretário de Defesa Social de Pernambuco, Antonio de Pádua, esteve nessa terça-feira (28) em Ouricuri, no Sertão do Araripe, onde anunciou a implantação da Delegacia de Repressão ao Narcotráfico e também a Unidade da Polícia Cientifica no município. As ações irão atender toda a Região do Araripe.

Antonio de Pádua classificou as ações que chegarão à Ouricuri, como sendo um reforço na segurança do Sertão do Araripe.

Segundo o secretário, com a unidade de Polícia Cientifica em Ouricuri, a população será contemplada com o tão sonhado Instituto Médico Legal (IML), Instituto de Identificação Tavares Buril (IITB) e Instituto de Criminalística (IC).

Sobre a violência no estado, o secretário disse: “o governador Paulo Câmara (PSB) em setembro desse ano contratou 1500 Policiais Militares, que 1322 alunos estão na academia da PM, com nomeação prevista para o primeiro trimestre de 2018 e 1283 alunos estão na academia da Polícia Civil, esses serão nomeados em janeiro de 2018”.

O secretário também comentou sobre os recentes arrombamentos a agências bancárias no estado, sobre o assunto ele declarou, “venho enfrentando esses crimes com muito trabalho”.

Em Ouricuri, o secretário teve um encontro no 7º Batalhão de Policia Militar (BPM), com a Polícia Civil e em seguida foi até a prefeitura, onde conversou com o prefeito Ricardo Ramos (PSDB) sobre a contrapartida do município para as ações serem implantadas na cidade.

Governador envia à Alepe projeto de lei para interiorizar a Polícia Científica; Ouricuri na lista

O governador Paulo Câmara envia à Assembleia Legislativa de Pernambuco, nesta sexta-feira (17/11), Projeto de Lei que cria seis novas unidades descentralizadas da Polícia Científica – além das três já existentes no Recife, em Caruaru e Petrolina. A interiorização tornará possível levar os serviços de perícia criminal, medicina legal e identificação criminal e civil para mais perto da população da Zona da Mata, do Agreste e do Sertão.

Após aprovação da Casa Legislativa, a lei permitirá implantar Unidades Regionais de Polícia Científica distribuídas por todas as regiões do Estado. Elas terão sede nos municípios de Palmares e Nazaré da Mata, na Zona da Mata; Caruaru e Garanhuns, no Agreste; Afogados da Ingazeira, Arcoverde, Ouricuri, Petrolina, e Salgueiro, no Sertão. Todas contarão com profissionais do Instituto de Medicina Legal (IML), Instituto de Criminalística (IC) e Instituto de Identificação Tavares Buril (IITB).

A partir da interiorização das atividades da Polícia Científica, o Estado busca também reforçar o combate ao crime. Com maior celeridade nas perícias criminais e médico-legais, os inquéritos policiais serão otimizados, contribuindo para a redução da impunidade, especialmente em casos de Crimes Violentos Letais e Intencionais (CVLIs) e Crimes Violentos Contra o Patrimônio (CVPs).

O efetivo que atuará nas novas unidades será oriundo do último concurso público da Polícia Científica de Pernambuco, realizado em 2016. Serão 139 peritos criminais, 40 médicos legistas, 130 auxiliares de peritos, 73 auxiliares de legistas e 51 peritos papiloscopistas. Todos já estão participando do Curso de Formação da Polícia Científica, com término previsto para janeiro de 2018.