Ex-prefeito Cezar de Preto pode ser candidato a deputado estadual pelo PT

O ex-prefeito de Ouricuri, Cezar de Preto (PSB), recebeu convite do senador da república Humberto Costa para se filiar ao Partido dos Trabalhadores (PT). Cezar que já declarou à imprensa de Ouricuri que pretende disputar uma vaga na Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe) nas eleições de 2018.

Cezar deve anunciar em breve a sua desfiliação do PSB e deverá divulgar em breve a sua nova sigla partidária. É provável que o ex-prefeito ingresse no PT e apoie o time de Lula e Marília Arraes para o governo do estado.

Por outro lado, o prefeito de Ouricuri Ricardo Ramos (PSDB), poderá ser expulso do partido depois de ter recebido o ex-presidente Lula e se filiar ao PSB do governador Paulo Câmara. (Com informações do Blog do Banana)

Alepe realiza Audiência Pública para apresentação do Relatório de Gestão em Saúde do l Quadrimestre de 2017

Na manhã de hoje, (28), ocorreu pela Comissão de Saúde da Alepe, uma Audiência Pública com a apresentação do Relatório de Gestão em Saúde do l Quadrimestre de 2017, visando a prestação de contas do estado, com o Secretário de Saúde, Dr. Iran Costa. 

Entres os dados apresentados, Pernambuco está em primeiro lugar dos estados do Nordeste, com maior número de recursos aplicados em saúde. O Secretário também apresentou várias ações como o aumento de leitos de UTI, ampliação de ofertas em atendimentos especializados, investimentos na celeridade de diagnóstico e tratamentos nas patologias agudas e a inauguração da UPAE – Ouricuri.

Presidente da Comissão de Saúde da Alepe, a deputada Roberta Arraes (PSB), parabenizou e exaltou o Secretário Dr. Iran e toda sua equipe à frente da Secretaria de Saúde, juntamente com o Governo do Estado. “Mesmo com todos os desafios, trabalham incansavelmente para levar melhorias para a população”, afirmou Roberta Arraes. (Da assessoria)

Deputada Roberta Arraes se reúne com Secretário de Turismo Felipe Carreras

A deputada Roberta Arraes (PSB) esteve reunida nessa última quarta-feira (14), com o Secretário de Turismo Felipe Carreras, juntamente com o Padre Izidório, do município de Araripina.

Na ocasião, conversaram sobre diversos assuntos voltados para a Região do Araripe, entre eles um sonho antigo dos fiéis, a reforma da praça da igreja de Araripina, ação que a parlamentar vem trabalhando para que ao lado do Governo do Estado, possa buscar parcerias para a concretização.

Puderam conversar também sobre a importante construção do Memorial e Santuário Frei Damião, em Ouricuri, que visa o crescimento turístico, religioso e financeiro da região. 

Agradeço a atenção e generosidade do Secretário Felipe Carreras, iremos trabalhar em busca de investimentos para o turismo do Araripe”,  afirmou a parlamentar.

Deputada Roberta Arraes participa de lançamento da sistematização do Programa Mãe Coruja

A deputada Roberta Arraes (PSB) participou na manhã  de hoje (13), do lançamento da sistematização, em quatro volumes, do Programa Mãe Coruja Pernambucana. As publicações trazem os desafios, a trajetória e o impacto da iniciativa, além de depoimentos de quem atuou direta ou indiretamente no projeto.

A parlamentar parabenizou o Governador Paulo Câmara, a primeira-dama, Ana Luíza Câmara, e todas as pessoas responsáveis pela iniciativa de transformar trajetórias em livros.  “Ressalto também a Mãe Coruja de nosso estado, Renata Campos, que ao lado do ex-governador Eduardo Campos deu início no projeto“, lembrou.

O Mãe Coruja é um programa que tem como objetivo garantir uma gestação de qualidade às mulheres, dando também assistência após o parto.

Está presente em 105 municípios, abrangendo a Região do Araripe, o que para Roberta Arraes é um motivo de felicidade “Me deixa muito feliz, saber que a mães sertanejas podem ter uma gestação tranquila e segura para ter seus filhos saudáveis”, finalizou.

A ocasião também foi marcada pelos 10 anos do programa, que começou no Sertão do Araripe e no Sertão do Moxotó,  e pela assinatura do decreto para políticas públicas para as crianças de Pernambuco. 

Deputada Roberta Arraes participa da inauguração do complexo eólico Ventos do Araripe III

A deputada Roberta Arraes (PSB) participou hoje (09), da inauguração do complexo eólico Ventos do Araripe III, no município de Araripina, ao lado do Governador Paulo Câmara, do presidente da Casa dos Ventos, Mário Araripe e do Governador do estado do Piauí, Wellington Dias, além de deputados federais.

O complexo é um dos maiores da América Latina, com investimento de R$ 1,8 bilhão, tem capacidade de gerar 359 MegaWatt, podendo abastecer até 400 mil casas, beneficiando os estados de Pernambuco e Piauí com energia limpa.

“Podemos dizer que esse projeto traz os ventos da transformação não só pelos benefícios de ordem econômica, mas especialmente pelo desenvolvimento social que leva para inúmeras famílias, que se enchem da esperança de dias felizes”, finalizou a deputada. (Da assessoria)

Deputada Roberta Arraes homenageia 50 anos do Hospital e Maternidade Santa Maria

A deputada Roberta Arraes (PSB) homenageou nessa terça-feira (06), na Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe), os 50 anos do Hospital e Maternidade Santa Maria, de Araripina, no Sertão do Araripe pernambucano.

A instituição filantrópica, há 50 anos vem oferecendo uma assistência humanizada à saúde não só da população de Araripina, mas de toda Região do Araripe, além dos estados do Ceará e Piauí.

O hospital atende em média 96% dos pacientes pelo sistema único de saúde, além de contar com a maternidade, também oferece serviços de urgência, emergência, clínica médica, laboratórios, raios-x, psiquiatria e em breve, um centro de nefrologia que será inaugurado pelo Governador Paulo Câmara. 

Roberta Arraes frisou e agradeceu a dedicação dos profissionais do hospital com o propósito de prestar um bom serviço, “agradeço e parabenizo a todos que fazem a família do Hospital e Maternidade Santa Maria, por dedicarem tanto amor e esforço para uma saúde melhor ao povo sertanejo“, finalizou. (Da assessoria)

Socorro Pimentel se reúne com Governo do Estado para debater ações em regiões atingidas pelas chuvas

Na sexta-feira (02), a deputada Socorro Pimentel esteve reunida, ao lado de deputados estaduais e federais e do senador Armando Monteiro, com o governador Paulo Câmara e os secretários de estado, no Palácio do Campo das Princesas para discutir medidas emergenciais a serem tomadas  nos municípios da Zona da Mata Sul e do Agreste, atingidos pelas fortes chuvas dos últimos dias.

De acordo com a parlamentar, o momento é de unir esforços, independente de coloração partidária, para minimizar os prejuízos e reconstruir o que foi arrasado pela chuva.  Mas ressaltou ainda que é importante que os parlamentares cumpram seu papel e fiquem atentos às ações do Governo do Estado.

Atendi de imediato ao chamado do governador por entender que este é um momento de unir forças para que possamos amenizar o sofrimento das vítimas das enchentes. Não podemos, no entanto, abdicar de fazer as cobranças em relação à construção das barragens restantes do cinturão de contenção de enchentes da Mata Sul. Obras que seriam custeadas pelo Governo Federal e que não foram realizadas por erros no projeto. Precisamos ficar atentos em Pernambuco para que desastres causados por fenômenos da natureza, não se repitam quando medidas preventivas já deveriam ter sido tomadas. Iremos colaborar com o que for preciso, mas não irei deixar de lado o dever conferido a mim, pelo povo de Pernambuco, de fiscalizar e acompanhar os R$ 600 milhões que o Governo Federal irá repassar para a execução dessas ações”, disse.

Como propostas, foi sugerida a criação de uma comissão parlamentar suprapartidária para acompanhar as ações do governo e ajudar destravar as obras. Os deputados da Bancada de Oposição da Assembleia, também sugerirão o redirecionamento das emendas parlamentares de 2016 ainda não pagas para o socorro à população atingida.

Para Socorro Pimentel, esse tipo de reunião, com participação do governo e dos parlamentares da oposição, deveria se tornar frequente para debater temas importantes de interesse de todo estado.

“Reforço que todas as vezes que eu for convidada para participar de uma discussão em que a pauta seja a construção de um Pernambuco melhor, principalmente nas emergências e calamidades que atingem o nosso estado, estarei presente. Apesar de ter nascido e morar na região do semi-árido, e conviver com uma situação não menos emergencial e caótica como a seca, faço questão de demonstrar a minha solidariedade e me colocar à disposição em ajudar no que for preciso para amenizar o sofrimento dessas pessoas. Que possamos nos unir, não somente para tratar desta questão, mas também de outros problemas graves que afligem nosso estado, como a seca e a falta de segurança”, finalizou.  (Da assessoria)

“O Governo deve voltar a conceder incentivos fiscais às empresas de telefones para que elas atuem em áreas deficitárias”, disse Odacy Amorim

A política de fiscalização dos serviços de telefonia móvel norteou o debate na Assembleia Legislativa de Pernambuco (ALEPE), na segunda (29), oportunidade na qual o Deputado Estadual Odacy Amorim (PT), cobrou do Governo do Estado, o retorno de incentivos fiscais para atuação das empresas de telefones. O debate que nasceu de uma discussão ampla na ALEPE contou com a participação de vários parlamentares a exemplo da deputada Socorro Pimentel, autora do requerimento e a presença de representantes da Anatel.

Odacy argumentou sobre a proposta que fez quando foi vice-presidente da frente parlamentar da telefonia na ALEPE, o de conseguir levar a telefonia móvel para alguns povoados de Petrolina, bem como a outros municípios do Sertão, mas o parlamentar lamentou a falta de sinal para o segundo maior projeto de irrigação de Pernambuco, o Maria Teresa, no município de Petrolina e que ainda não conta com o sinal de telefonia móvel na comunidade. 

O que está faltando é o Governo do Estado voltar a conceder incentivos fiscais para que as empresas de telefones possam liberar e instalar em áreas deficitárias”, enumerou.

O deputado Odacy Amorim enfatizou ainda que os resultados em torno do debate da telefonia móvel em Pernambuco foram encaminhados ao Governo para uma solução futura.