Avaliação do governo federal diz que Petrolina tem a 8ª melhor saúde do Brasil

Foto: Divulgação

A Atenção Básica de Saúde de Petrolina alcançou o primeiro lugar em Pernambuco e o oitavo no Brasil na avaliação do Programa Nacional de Melhoria do Acesso e da Qualidade da Atenção Básica (PMAQ), feita pelo Ministério da Saúde entre setembro e novembro de 2017. O PMAQ é um instrumento utilizado pelo governo federal com o objetivo de ampliar o acesso e a melhoria da qualidade da atenção básica, com ações efetivas direcionadas à saúde pública.

As equipes de saúde da família, estruturas e equipamentos das unidades de saúde são analisadas de forma individual em visitas feitas pelo Ministério da Saúde, classificando-as como ‘Ótimo’, ‘Muito Bom’, ‘Bom’ ou ‘Regular’. Quanto melhor for o desempenho, mais incentivos financeiros serão repassados.

Na avaliação de 2017, Petrolina alcançou 3 ‘Ótimos’, cerca de 30 ‘Muito Bons’, cerca de 30 ‘Bons’ e apenas 5 ‘Regulares’, números superiores à avaliação de 2015, onde o município recebeu mais de 60 ‘regular’, 11 ‘bons’ e 2 ‘ótimos. O repasse, que era de R$ 218.300,00, teve um aumento de 120%, subindo para R$ 496.145,00. Até o mês de dezembro será divulgado o desempenho das equipes do NASF (Núcleo de Apoio da Saúde da Família) e também da saúde bucal.

A secretária de Saúde de Petrolina, Magnilde Albuquerque comemora. “Estamos muito satisfeitos com o primeiro lugar da nossa Atenção Básica em Pernambuco e a oitava no país. Isso se deve principalmente ao empenho de todas as pessoas que trabalham na atenção básica do município. Trabalhamos diariamente para melhorarmos ainda mais os nossos indicadores, ofertando uma saúde pública de qualidade à população petrolinense e desejamos ser não somente a melhor Atenção Básica do Estado, mas sim do país“, diz. (Por Carlos Brito)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.