Sete PMs são presos suspeitos de extorsão em falsas blitzes da Lei Seca em PE

Imagem ilustrativa da internet

Sete policiais militares foram presos, no sábado (19), suspeitos de concusssão, quando servidores públicos praticam extorsão, contra motoristas abordados em blitzes no Litoral Sul de Pernambuco. Os PMs paravam entre 10 e 15 carros, em média, por noite, e simulavam a Operação Lei Seca.

Nas abordagens, os policiais cobravam entre R$1.000 e R$ 1.500 para liberar os motoristas com supostas irregularidades. No momento da operação, a falsa blitz da Lei Seca estava montada em Porto de Galinhas, Ipojuca, na Região Metropolitana do Recife (RMR).

Crime militar

Os PMs acusados estão lotados no 18º Batalhão da Polícia Militar, no Cabo de Santo Agostinho, também na RMR. Os policiais foram autuados por crime militar na Delegacia de Polícia Judiciária Militar da PM (DPJM), no Comando Geral da corporação, no Derby, área central do Recife, e estão detidos no Batalhão de Choque.

Nesta segunda-feira (21), os PMs serão apresentados à Justiça. Foram enquadrados no 305 do Código Penal Militar e responderão não apenas na Justiça Penal, como também em Procedimento Administrativo Disciplinar. (JC Online)

Município esclarece o real motivo da perda de transplante do Paciente de Santa Filomena-PE

Após vídeo ser gravado por paciente de Santa Filomena-PE afirmando que teria perdido transplante por falta de transporte para levá-lo a Recife, procuramos a Vice-prefeita, Alcilene Rodrigues, para nos esclarecer o que realmente aconteceu, pois foi a mesma que ele procurou naquele dia. A resposta foi a seguinte:

Clique e assista o vídeo

Sisu abre inscrições nessa terça (22); veja dicas para conseguir uma vaga

(Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil)

O Sistema de Seleção Unificada (Sisu) abre inscrições nesta terça-feira (22) e traz novidades. Especialistas entrevistados pela Agência Brasil dão dicas de como usar o sistema e como aproveitar a nota do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) para garantir uma vaga no ensino superior público.

Pelo Sisu, os estudantes usam a nota do Enem para ingressar em instituições públicas. Nesta edição, são mais de 235,4 mil vagas distribuídas em 129 universidades públicas de todo o país. Logo na inscrição é possível escolher até duas opções de cursos. A lista das vagas pode ser consultada no site do programa.

A principal novidade deste ano é que os estudantes que forem selecionados em qualquer uma das duas opções não poderão participar da lista de espera. Até o ano passado, aqueles que eram selecionados na segunda opção podiam ainda participar da lista e ter a chance de ser escolhido na primeira opção.

“Os candidatos têm que estar atentos a essa mudança. A dica é se inscrever no que realmente deseja trabalhar, entendendo que a universidade é o período em que se vai estudar para ter uma profissão. Tanto a primeira quanto a segunda opção têm que ser marcadas com o que o estudante quer”, diz o coordenador pedagógico do colégio Mopi, Luiz Rafael Silva.

Com o resultado do Enem disponível desde sexta-feira, o analista de ensino superior do Quero Bolsa, Pedro Amâncio, aconselha os candidatos a pesquisar desde já as notas de corte de anos anteriores do curso e da instituição onde desejam ingressar. Além disso, devem analisar se têm possibilidade de estudar em outra cidade, qual o custo de vida e quais as possibilidade de emprego que esse local pode oferecer após formado.

“São várias as variáveis que os alunos têm que olhar na hora da decisão. Acredito que vale a pena olhar para as possibilidades e simulações que a internet proporciona, conversar com amigos. Tudo isso pode ser feito antes da abertura do Sisu”, diz Amâncio. Ele orienta os estudantes a escolherem como primeira opção uma faculdade dos sonhos e, como segunda, uma em que seja possível ingressar.

Notas de corte

Uma vez por dia, o sistema do Sisu divulga as notas de corte de cada um dos cursos disponíveis. Trata-se de uma estimativa com base nos candidatos inscritos até o momento. Embora não seja uma garantia da vaga, é possível usar a informação para orientar a escolha.

“Até o encerramento das inscrições, o estudante consegue observar se há outra instituição, outro turno ou outro estado no qual ele tenha uma colocação melhor, que fique mais próximo da nota de corte”, destaca Silva.

O coordenador pedagógico pondera no entanto, que a situação pode mudar. Ele tem como prova a própria história. Quando foi aprovado para biologia estava 161ª posição para 35 vagas. “Isso é relativo. É interessante que o candidato consulte a nota de corte dos anos anteriores, quantas chamadas teve naquela instituição, para saber se realmente vai conseguir e até onde pode tentar ficar naquela vaga”, aconselha.

Sisu

As inscrições para o Sisu podem ser feitas de terça a sexta-feira (25). O resultado será divulgado no dia 28. A matrícula dos selecionados deve ser feita do dia 30 de janeiro ao dia 4 de fevereiro.

Do dia 28 ao dia 4 de fevereiro, os estudantes que não foram selecionados na chamada regular, em nenhuma das opções, podem manifestar o interesse em participar da lista de espera. Esses alunos serão convocados pelas próprias instituições de ensino a partir do dia 7 de fevereiro. (Agência Brasil)

 

Igreja católica da Paraíba tem de pagar R$ 12 milhões por abuso sexual

Arquidiocese da Paraíba, em João Pessoa (Imagem da internet)

A Justiça do Trabalho condenou Arquidiocese da Paraíba a pagar R$ 12 milhões de indenização por exploração sexual cometida por padres contra crianças e adolescentes, segundo reportagem do programa Fantástico, veiculada na noite deste domingo (20/1), pela TV Globo. Na Justiça, os envolvidos negaram os crimes. 

“Foi apurado que havia um grupo de sacerdotes, de forma habitual, que pagava por sexo a flanelinhas, coroinhas e também a seminaristas”, afirmou o procurador Eduardo Varandas, ao Fantástico. Quatro padres da Basílica Nossa Senhora das Neves, em João Pessoa, teriam tido relações sexuais com os adolescentes, segundo a TV.

O jornal O Estado de S. Paulo procurou neste domingo a Arquidiocese e o Ministério Público da Paraíba, mas não conseguiu contato. À TV, dom Aldo Pagotto, que estava à frente da arquidiocese na época da denúncia, disse que não participaria desse tipo de reportagem e que os padres acusados já haviam sido inocentados na Justiça Criminal. A reportagem afirma que esse inquérito, na realidade, foi arquivado. Dom Aldo deixou a arquidiocese local em 2016. 

O pagamento aos jovens explorados seria feito em dinheiro e até em comida, segundo a denúncia. “A característica da exploração sexual é ausência da vontade livre para praticar o ato”, disse Varandas. 

Um ex-seminarista afirmou à TV ter sido explorado pelos sacerdotes. “(Havia) abuso sexuais por parte dos padres e de seminaristas. Através de palavras, de atos, pegavam nas minhas partes sexuais”, declarou a vítima ao Fantástico. Na época, ele tinha 17 anos. “A palavra de ordem seria: ‘passando por esse processo você vai conseguir chegar a ser padre’.”

Em depoimento para o Ministério Público do Trabalho, segundo a reportagem, um ex-funcionário da Catedral disse que um dos padres “levava coroinhas e outros meninos, todos menores de idade, para dormir com ele nos quartos que ficavam atrás da Igreja”. 

Um dos jovens que guardava carros na frente da Igreja declarou à Justiça ter tido relação sexual com um padre da arquidiocese. O flanelinha foi assassinado em dezembro de 2016 – segundo a Polícia Civil da Paraíba, não haveria indícios de queima de arquivo. Ainda de acordo com o ex-funcionário, que trabalhou por 30 anos na Basílica, outro padre levaria “meninos para casa dele”.

As investigações de abuso começaram após o vazamento de uma carta que denunciava casos na Igreja em 2014. Um inquérito criminal contra os sacerdotes foi arquivado. Ao programa, o Ministério Público disse que havia elementos para a denúncia, mas que os crimes já haviam prescrito. O processo, porém, seguiu na Justiça do Trabalho. Para a sentença, foi fixado o valor de R$ 1 milhão de indenização para cada ano de dom Aldo à frente da Arquidiocese, segundo a reportagem. 

O valor será destinado para fundos da infância e da adolescência e instituições que trabalham com jovens explorados.

Outras condenações

Em 2013, o Superior Tribunal de Justiça (STJ) decidiu que a Mitra Diocesana de Umuarama (PR)deveria pagar indenização de R$ 100 mil a um menino abusado por um padre. O crime, confessado pelo sacerdote, aconteceu em 2002, quando a vítima tinha 14 anos

A maior indenização do tipo já paga pela Igreja Católica é da Arquidiocese de Los Angeles, nos Estados Unidos. O valor foi de US$ 660 milhões (R$ 2,47 bilhões, em valores atuais) pagos a 608 vítimas em 2007. Nos últimos anos, a Igreja Católica tem enfrentado uma série de escândalos de denúncias de abuso sexual em vários países. (Diário de Pernambuco)

Assaltantes sequestram caminhoneiro em Ouricuri-PE e roubam 22 pneus do veículo na madrugada dessa quarta-feira

No início da madrugada dessa quarta-feira, 16, dois assaltantes sequestraram um caminhoneiro no pátio de um posto de combustíveis de Ouricuri-PE, o obrigaram a dirigir até o povoado da Quixaba, em Parnamirim-PE, e roubaram 22 pneus do veículo. Após ser assaltado, o motorista natural da Paraíba foi auxiliado por policiais civis de Ouricuri e militares do 8° BPM.

Em depoimento aos policiais, o caminhoneiro relatou que estava descansando no posto quando foi abordado pelos criminosos armados. Os bandidos quebraram o vidro do lado do passageiro e ordenaram que o motorista dirigisse até o povoado mencionado, onde retiraram os pneus.

O crime foi registrado na Delegacia de Polícia Civil de Ouricuri, que vai tentar identificar e prender os assaltantes. (Blog Alvinho Patriota)

Curso pré-vestibular de Paulista oferece 50% de desconto para alunas que se chamam Jenifer

Na Região Metropolitana do Recife, um cursinho pré-vestibular aproveitou o sucesso da musica Jenifer, do cantor Gabriel Diniz, para oferecer descontos a mulheres com o mesmo nome da musa do hit do verão. Estudantes chamadas Jenifer vão receber bolsa parcial de 50% de desconto para cursos de matemática, química, redação ou para a isolada “Pré-Enem”.

Para ter direito ao desconto, é necessário se matricular até o dia 25 deste mês e apresentar documento oficial com foto que comprove o nome. A grafia não foi especificada, isto é, basta que a pronúncia seja “Jenifer”.

Lançada em setembro de 2018, a música estourou e caiu no gosto do povo no momento certo para se tornar um dos hits do verão – e quem sabe ser o grande hit do carnaval. Com o slogan “Jenifer, sai do Tinder e vem se preparar para o vestibular”, o cursinho pega carona no sucesso da música para divulgar as aulas de matérias isoladas. (Diário de Pernambuco)

Paulo Câmara reúne os senadores FBC, Jarbas e Humberto para debater articulação com governo federal

Foto: reprodução

Os três senadores pernambucanos – Jarbas Vasconcelos (MDB), Humberto Costa (PT) e Fernando Bezerra Coelho (MDB) – se reuniram com o governador Paulo Câmara (PSB), nesta quarta-feira (16.01), no Palácio no Campo das Princesas. No encontro, eles apresemntaram e debateram projetos e ações prioritárias para o desenvolvimento social e econômico de Pernambuco. 

Entre esses projetos, as obras da Adutora e Ramal do Agreste; Adutora do Pajeú; e Ferrovia Transnordestina, além da requalificação de estradas como as BRs 232 e 423. “Avaliamos uma série de ações importantes para o nosso Estado e entendemos que, em conjunto, é possível fazer com que elas andem de maneira mais célere no âmbito do Governo Federal”, destacou Paulo Câmara.

Durante a audiência, o chefe do Executivo também enfatizou a importância do diálogo com os representantes pernambucanos no Senado. “Foi um momento em que pude ouvir também as sugestões dos senadores. Então, foi uma reunião boa, porque a nossa ideia é contar com o apoio dos senadores, do Poder Legislativo, seja aqui ou em Brasília, para destravar obras importantes para o desenvolvimento do Estado e, ao mesmo tempo, acompanhar mais de perto essas ações tão importantes”, frisou. 

Leia também:

Esposa de vereador de Salgueiro é acusada de receber salários da Alepe sem comparecer ao local de trabalho

A Hemobrás, o apoio para manutenção dos estaleiros em Suape, a ampliação e manutenção das áreas de irrigação no Sertão e as obras de requalificação da navegabilidade no entorno do Porto do Recife também mereceram destaque.
O senador Fernando Bezerra Coelho ressaltou importância do Ramal do Sertão. E o senador Jarbas da autonomia de Suape e duplicação da 423. Já o senador Humberto Costa avaliou que o encontro evidenciou um consenso sobre os pleitos prioritários. 

“Boa parte do que foi apresentado era o que já estava no radar dos três senadores. Acho que realmente a Adutora do Agreste é uma obra muito importante, assim como a conclusão da Adutora do Pajeú, de uma solução para a Transnordestina que não discrimine Pernambuco, a situação dos dois estaleiros e da Hemobrás. Eu acho que os grandes temas estão cobertos. Se nós conseguirmos trabalhar juntos, sem dúvidas isso vai fazer uma diferença importante para o nosso Estado”, enfatizou Humberto. (Via Blog da Folha)

Esposa de vereador de Salgueiro é acusada de receber salários da Alepe sem comparecer ao local de trabalho

Um inquérito civil foi aberto pelo Ministério Público de Pernambuco (MPPE) para investigar o enriquecimento ilícito de uma servidora lotada, por dois anos, no gabinete do deputado Beto Accioly (PP) na Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe). Priscila Parente Soares Sampaio, esposa do vereador salgueirense George Arraes Sampaio, é acusada de ter recebido salários entre abril de 2016 e junho de 2018 no cargo comissionado de secretária parlamentar de Accioly sem prestar expediente na Alepe.

No inquérito assinado pela 43ª Promotora de Justiça de Defesa da Cidadania da Capital, Áurea Rosane Vieira, publicado esta semana no Diário Oficial do MPPE, é destacado que a esposa do vereador de Salgueiro não comparecia ao posto de trabalho porque, no mesmo período, trabalhava como médica contratada da Prefeitura de Salgueiro no Programa Saúde da Família.

A denúncia fato aceita pelo MPPE investiga o deputado Beto Accioly e a servidora com a finalidade de apurar as responsabilidades para adoção das medidas legais cabíveis, podendo acusá-los de enriquecimento ilícito e improbidade administrativa. O prefeito de Salgueiro e a Alepe serão notificados para apresentarem informações e documentações comprobatórias da frequência da servidora contratada. Beto e Priscila podem apresentar defesa à promotoria.

O deputado estadual afirma que ainda não foi notificado sobre o inquérito e assegura que a servidora prestou serviços durante os dois anos.(Blog Alvinho Patriota)

Ex-presidiário Bodocoense foragido da justiça, que matou a própria mãe é assassinado em Salgueiro, no Sertão de PE

Foto: reprodução

Na noite de ontem dia (15), por volta das 21:00, foi registrado mais um homicídio no Residencial Santo Antonio, no município de Salgueiro, no Sertão pernambucano. De acordo com testemunhas, o fato se deu na Rua José Adalberto M. da Silva, [Quadra ‘F’ –Barriguda] quando a vítima, identificada como MARCOS HENRIQUE SOARES RODRIGUES, vulgo “Marquinhos”, de 34 anos, ex-presidiário, foi surpreendida em frente à sua casa, por dois indivíduos em uma moto CG Honda, de cor preta, os quais se aproximaram da vítima e efetuaram cerca de 10 disparos de arma de fogo, atingindo principalmente a cabeça de MARCOS HENRIQUE que veio a óbito no local.

Informações policiais mostram que MARCOS HENRIQUE, possuía uma vasta ficha criminal, sendo considerado foragido do Sistema Carcerário na cidade de Bodocó, onde teria inclusive, participação na morte da própria mãe, a professora Ecília, que foi covardemente assassinada pauladas e golpes de machado, com ocultação de cadáver, na cidade de Bodocó. Ainda segundo informações, ele era acusado de Tráfico de Drogas em Salgueiro, dentre outros delitos que compõem a sua vida pregressa. 

Policiais Militares do 8º BPM, isolaram a cena do crime e aguardam informações mais detalhadas sobre os autores do homicídio e a motivação. O caso será investigado pela 193ª Delegacia de Polícia civil de Salgueiro. (Por Marcílio Novaes)

Inep divulga notas do Enem na sexta-feira (18)

Imagem da internet

Nesta sexta-feira (18), mais de 4,1 milhões de estudantes que fizeram o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) no ano passado terão acesso às notas das provas. O resultado será divulgado na internet, na Página do Participante, e no aplicativo oficial do Enem.

Os participantes terão acesso a quanto obtiveram em cada uma das provas: linguagens, ciências humanas, ciências da natureza, matemática e redação. A nota dos treineiros, aqueles que ainda não concluíram o ensino médio e fizeram a prova apenas para testar os conhecimentos, será divulgada apenas em março, 60 dias depois dos demais participantes.

A nota do Enem é calculada usando a chamada teoria de resposta ao item (TRI), que não estabelece previamente um valor fixo para cada questão. O valor varia conforme o percentual de acertos e erros dos estudantes naquele item.

Assim, se a questão tiver grande número de acertos será considerada fácil e, por essa razão, valerá menos pontos. O estudante que acertar um item com alto índice de erros, por exemplo, ganhará mais pontos por ele.

O Enem foi aplicado nos dias 4 e 11 de novembro de 2018. Desde o dia 14 de novembro, estão disponíveis as provas e os gabaritos oficiais. Também estão disponíveis vídeos com os enunciados e as opções de respostas da videoprova em Língua Brasileira de Sinais (Libras).

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep) divulgará ainda, em data a ser definida, o espelho da redação, ou seja, detalhes da correção dessa prova. Isso é feito após os processos seletivos dos programas federais. A correção tem função apenas pedagógica e não é possível interpor recurso.

O que fazer com as notas?

Com os resultados, os estudantes poderão concorrer a vagas no ensino superior público pelo Sistema de Seleção Unificada (Sisu), a bolsas em instituições privadas, pelo Programa Universidade para Todos (ProUni), e para participar do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies).

O primeiro processo que terá as inscrições abertas é o Sisu. Para participar é preciso fazer a inscrição online no período de 22 a 25 de janeiro. Os estudantes já podem consultar, na página do programa, as vagas disponíveis. São mais de 235,4 mil vagas distribuídas em 129 universidades públicas de todo o país.

Além dos programas nacionais, os estudantes podem usar as notas para cursar o ensino superior em Portugal. O Inep tem convênio com 37 instituições portuguesas. A lista está disponível na página da autarquia. Segundo o Inep, atualmente mais de 1,2 mil brasileiros usaram o Enem para ingressar nessas instituições. (Agência Brasil)