Nanias alerta prefeitura para precariedade em barragens de Santa Rita e Jatobá em Ouricuri

Através de indicação parlamentar, o vereador Nanias de Santa (PSDB), solicitou na sessão ordinária da última terça-feira (17), que o prefeito de Ouricuri, Ricardo Ramos (PSDB), realize ação na barragem do Povoado de Santa Rita e também na barragem do Povoado Jatobá.

Segundo vereador, a situação está preocupante, pois, a precariedade nos dois mananciais pode acarretar com à perca de toda o liquido que se encontra armazenada. O problema é o sangradouro das barragens que se encontram em situação precária, (comprometidos).

Nanias declarou que teme muito que tanta água possa ir embora e declarando que é necessário que o governo municipal destine maquinários para as duas localidades, no sentido de sanar as péssimas condições dos sangradouros.

A indicação foi aprovada e seguiu para o gabinete do chefe do executivo.

Senai Araripina está com inscrições abertas para o curso Técnico em Segurança do Trabalho

Foto: reprodução

A Unidade do Senai de Araripina está com inscrições abertas para o curso  Técnico em Segurança do Trabalho – uma das profissões que mais cresce no Brasil  e que tem atuação em diversos segmentos da economia nacional.

O curso com duração de um ano e meio, ofertado pelo Senai que, este ano, completa 75 anos de existência, tem uma matriz curricular moderna e ajustada às atuais exigências para a formação dos TSTs. As aulas acontecerão de segunda a sexta das 18h às 22h no Senai de Araripina.

Atualmente, o mercado de trabalho para os profissionais em Segurança do Trabalho tem crescido tanto em quantidade de vagas como também em remuneração. O piso salarial é ajustado em cada Estado, em São Paulo, por exemplo, um TST da área de engenharia construtiva recebe R$ 3.230,00. O TST pode atuar em diversas áreas como construção civil, saúde, hospitais, metalúrgica, indústrias, agroindústrias ou até mesmo empreender com consultorias próprias.

Você que está no 2º ano do Ensino Médio ou já concluiu, pode ingressar em curso de uma das melhores profissões da atualidade. Para mais informações os interessados podem entrar em contato com Escola Técnica Senai Araripina pelo telefone (87) 38732690. (Por Vera Cruz Comunicação / Jorge Possetti)

Em Salgueiro, polícia recupera veículo roubado e prende foragido da justiça em posse de maconha

Foto: reprodução

Às 18h desta quarta-feira (18), Policiais Militares do serviço ordinário do 8º BPM foram acionados pelo Serviço de Inteligência NIS-3, para realizar abordagem em dois veículos em atitude suspeita, no Km 52 da BR 116. No  local os policiais se depararam com três indivíduos identificados como: Michel Platiny Gomes Ferreira, 27 anos; Rodrigo Lucena Alves, 20 anos e Ageu Ramos de Moura, 24 anos, que estavam em veículo do modelo HYUNDAI HB20 de cor prata e placa PYE-3081.

Durante a vistoria, foi verificado que o veículo era roubado, e no interior deste, foram encontrados 3 papelotes de maconha pesando aproximadamente 9,23 g.

Os três indivíduos foram encaminhados para a 193ª DEPOL de Salgueiro onde foram submetidos à pesquisa de antecedentes no Sistema Policial, a qual evidenciou que Rodrigo Lucena Alves, 20 anos se encontrava na condição de foragido da justiça, possuindo Mandado de Prisão em aberto, expedido pela comarca de Texeira-PB.

Todos os envolvidos devidamente apresentados, ficaram à disposição da Autoridade Policial daquele Distrito. (Sertão Central)

MPPE recomenda ajuste na qualidade da água em Ouricuri

Constatada a presença da bactéria Escherichia E. Coli na água destinada ao consumo humano fornecida pela Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) e tendo em vista a ocorrência de surtos de infecção na cidade de Oricuri, o Ministério Público de Pernambuco (MPPE) recomendou uma série de medidas para os órgãos responsáveis com o intuito de ajustar a qualidade da água no município.

A recomendação à Agência Pernambucana de Vigilância Sanitária (Apevisa) foi que realize o monitoramento sistemático da qualidade da água em locais que albergam grupos populacionais de risco e de grande circulação de pessoas, tais como escolas, hospitais, creches, entre outros locais.

A agência também deverá encaminhar à Promotoria local o relatório de fiscalização do cumprimento do artigo 14 do Decreto 5440/2005, o qual obriga os responsáveis pelos sistemas de abastecimento e soluções alternativas coletivas a comunicar à autoridade de saúde pública e informar, de maneira adequada, à população a detecção de qualquer anomalia operacional no sistema ou não conformidade na qualidade da água tratada, identificada como de risco à saúde, independentemente da adoção das medidas necessárias para a correção da irregularidade.

A VII Gerência Regional de Saúde (Gere) foi recomendada a realizar novas coletas na Saída de Tratamento (ETA) ou Solução Alternativa Coletiva de abastecimento que apresente resultado insatisfatório, assim como adotar as medidas corretivas e realizar novas coletas em dias imediatamente sucessivos, até que se revele resultado satisfatório, informando à Promotoria os resultados das análises e recoletas, no prazo de 20 dias contados a partir do recebimento da Recomendação.

Deverão ser realizadas novas coletas em dias sucessivos nos locais onde foi constatado resultados insatisfatórios na Rede de Distribuição, adotando medidas no ponto onde foi constatado resultado insatisfatório, e duas amostras extras, sendo uma a montante e outra a jusante do local da recoleta, até que se revele resultado satisfatório. Além disso, o MPPE deverá ser noticiado caso haja constatação de ausência de cloração da água nos carros-pipa, indicando nome e endereço do responsável e do pipeiro.

A Secretaria Municipal de Saúde deverá exercer a vigilância da água em sua área de competência, em articulação com os responsáveis pelo controle da qualidade para consumo humano. Deve ainda executar ações estabelecidas no Programa Nacional de Vigilância da Qualidade da Água para Consumo Humano (Vigiagua), considerando as peculiaridades regionais; inspecionar o controle da qualidade da água produzida e distribuída e as práticas operacionais adotadas no sistema ou solução alternativa coletiva de abastecimento, notificando seus respectivos responsáveis para sanar as irregularidades identificadas; manter comunicação com as entidades de regulação quando detectadas falhas relativas à qualidade dos serviços de abastecimento, a fim de que sejam adotadas as providências necessárias; garantir informações à população sobre a qualidade da água para consumo humano e os riscos associados; encaminhar ao responsável pelo sistema de abastecimento para consumo informações sobre surtos e agravos à saúde relacionados à qualidade da água e estabelecer mecanismos de comunicação e informação com os responsáveis pelo sistema ou solução alternativa coletiva de abastecimento sobre os resultados das ações realizadas.

A Compesa foi recomendada a exercer e monitorar o controle de qualidade da água no ponto de captação, assim como garantir a operação e a manutenção das instalações destinadas ao abastecimento em conformidade com as normas técnicas da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) e das demais normas pertinentes, devendo controlar a qualidade da água produzida e distribuída, assim como a manter avaliação sistemática do sistema de abastecimento, sob a perspectiva dos riscos à saúde.

A Compesa também deverá encaminhar às autoridades de saúde pública dos Estados, do Distrito Federal e dos municípios relatórios das análises com informações sobre o controle da qualidade da água, fornecendo à referida autoridade os dados de controle da qualidade da água para consumo humano, quando solicitados, e comunicar qualquer alteração da qualidade da água no ponto de captação que possa comprometer a tratabilidade da água. Deverão ser criados mecanismos para recebimento de reclamações e manter registros atualizados sobre a qualidade da água distribuída, organizando-os de forma compreensível aos consumidores e disponibilizá-los para acesso e consulta pública.

De acordo com o promotor de Justiça Manoel Dias, uma análise bacteriológica de amostras de água destinadas ao consumo humano do período de janeiro a setembro de 2017 das Estações de Tratamento que abastecem Ouricuri constatou a presença de coliformes totais.

A presença de coliformes totais e Escherichia E. coli foi encontrada em ponto anterior à reserva, ou seja, na água fornecida pela própria Compesa, o que corrobora o desrespeito aos padrões de portabilidade pela mesma. “A contaminação pela presença dessas bactérias revela uma situação ainda mais grave por ocorrer seu consumo em locais que albergam grupos populacionais de risco”, comentou o promotor. (Do MPPE)

Operação “Bar Seguro” fecha estabelecimento comercial em Exu

Foto: reprodução

O Corpo de Bombeiros (CAT Sertão VI) e PMPE (7° BPM), realizou na noite desta sexta-feira (13) em Araripina, no Sertão de Pernambuco, a Operação denominada de “Bar Seguro”.

A ação contou com a participação do Conselho Tutelar de Exu e fiscalizou bares e efetuou abordagens, com a interdição dos estabelecimentos que estivessem em desacordo com o Código de Segurança Contra Incêndio e Pânico (COSCIP), atendendo uma demanda do Pacto Pela Vida, visando a redução de CVLI (Crimes Violentos Letais e Intencionais).

Resultados da Operação:

  • 01 Estabelecimento fechado
  • 06 Estabelecimentos visitados e notificados
  • 03 Estabelecimentos interditados
  • *51 Abordagens policiais
  • *Um indivíduo preso. (Havia um mandado expedido por furto qualificado).

Os locais notificados e Interditados passam a ser monitorados pelas Polícias Civil e Militar, ficando o seu funcionamento condicionado a desinterdição, que ocorre somente após a regularização junto ao Corpo de Bombeiros. (Por Roberto Gonçalves)

Consórcio Emsa desiste da transposição e quase toda obra para

Foto: reprodução / Fábio Lima

A obra da transposição das águas do Rio São Francisco acontece apenas em pontos considerados prioritários pelo Ministério da Integração Nacional. Isso porque o Consórcio Emsa, vencedor da licitação para obras do Eixo Norte, desistiu do projeto afirmando que não tem condições financeiras para a conclusão. Nesta quarta-feira, 18, o ministro Pádua Andrade afirmou, no Senado, que o problema não deverá atrasar a obra.

O deputado federal Raimundo Gomes de Matos (PSDB-CE) afirma que esteve em reunião com o ministro nesta manhã. No encontro, foi apresentado o quadro atual das obras e o cronograma físico e financeiro para a conclusão. “O ministro afirmou que já está dialogando com a empresa Emsa para rescindir o contrato de forma amigável”, diz.

“Durante esse período, a empresa não cumpriu o ritmo previsto, pedindo mais um ano (para concluir). Além disso, existe um débito com trabalhadores de três meses e débitos com fornecedores de mais de R$ 10 milhões”, explica o deputado. O próprio ministro teria decidido pela rescisão com a Emsa. “Se a rescisão não for amigável, a empresa pode ficar impedida de executar qualquer obra pública em todo o Brasil”.

O Consórcio Emsa – Siton, terceira colocada na licitação, assumiu as obras do Eixo Norte do Projeto de Integração em julho de 2017. A Passarelli Ltda. e a Marquise S.A, primeira e segunda colocadas, respectivamente, foram desabilitadas no processo licitatório por “não atender itens técnicos” do edital, conforme o Ministério da Integração Nacional. O POVO Online apurou que a quarta colocada no processo, Ferreira Guedes, estuda a possibilidade de tocar a obra.

“Sugeri ao ministro, se possível, autorizar os três turnos de trabalho para a água chegar antes da nova estiagem”, diz Gomes de Matos. Ele também afirma que o Batalhão de Engenharia do Exército Brasileiro teria se colocado a disposição para tocar a obra. “Estamos em contato com a Transparência e Controladoria-Geral da União (CGU) e Tribunal de Contas da União (TCU) para ver se há o entendimento de autorizar”.

Prejuízos

Para o senador Tasso Jereissati, há negligência do Governo Federal em relação ao drama da seca no Ceará, o que ele classifica como “inaceitável”. No plenário do Senado, ele manifestou que “é preciso que o Governo tome medidas realmente emergenciais, visto a gravidade da situação”.

Ele esteve com o então ministro da Integração Social, Helder Barbalho, em 2017, quando solicitou medidas emergenciais em relação ao fornecimento das águas. “Naquela ocasião, o governo justificou que era necessário adotar todas as cautelas, para que as obras não voltassem a ser paralisadas em função de problemas na contratação da empresa construtora. Pois o problema se repetiu”, disse.

“O prejuizo é grande porque já gera o problema social, do debito que existe com a região, das pessoas todas que precisam”, diz o deputado Raimundo Gomes de Matos. “O segundo prejuizo é que quando chegar o segundo semestre, vai estar seco. E o estado do Ceará não apresentou nenhum outro projeto de recursos hidrícos para suprir o déficit”.

O que diz o Governo

O ministro afirma que o problema não atrasará o cronograma e o Eixo Norte deverá ser concluído ainda neste ano. “Estamos fazendo a gestão de problemas pontuais naquele trecho para garantir a segurança hídrica da população do Ceará, Paraíba e Rio Grande do Norte. O cronograma para entrega da água aos estados está mantido. A obra é uma prioridade do Governo Federal”, diz.

Durante audiência a senadores da região Nordeste, em Brasília, Pádua Andrade afirmou que os trâmites para rescisão foram iniciados na última segunda-feira, 16. Desde então, a área técnica do Ministério está adotando todas as medidas cabíveis para formalizar a rescisão contratual, nos termos da legislação. A previsão é que a nova permuta seja concluída até o próximo mês. (O povo Online)

Aécio Neves recebia mesada de R$ 50 mil, segundo Joesley Batista

Foto: reprodução

O empresário Joesley Batista afirmou ao Ministério Público Federal que pagou R$ 50 mil por mês a Aécio Neves (PSDB-MG), ao longo de dois anos, por meio de uma rádio da qual o senador era sócio.

Os pagamentos, segundo o empresário, foram pedidos diretamente pelo tucano em um encontro no Rio, no qual Aécio disse que usaria o dinheiro para “custeio mensal de suas despesas”, segundo palavras do dono da JBS. Ele entregou aos procuradores 16 notas fiscais emitidas entre 2015 e 2017 pela Rádio Arco Íris, afiliada da Jovem Pan em Belo Horizonte. A JBS figura nas notas como a empresa cobrada. As informações são da Folha, que teve acesso ao relato, em um dos anexos da colaboração do empresário entregue à PGR em 31 de agosto do ano passado, em material complementar à primeira leva, de maio — que atingira o presidente Michel Temer e também Aécio. (Por Política livre)

Em entrevista, Antonio Fernando reafirma defesa pelo Canal do Sertão e uma Universidade Publica para o Araripe

Conhecido por ser o grande lutador e principal responsável pela conquista da Adutora do Oeste no Sertão do Araripe que atualmente abastece a região com a água do São Francisco, o servidor Publico Federal e pré-candidato a deputado estadual, Antonio Fernando (PSC), concedeu entrevista na manhã dessa quinta-feira (19), no Programa jornalístico Araripina Urgente na rádio Arari FM em Araripina.

Durante a conversa, Antonio Fernando defendeu a luta por água irrigada através do canal do sertão, gerando emprego e renda para a região que tem um dos solos mais produtivos do estado. Defendeu ainda a implantação de uma universidade Publica na região com ensino superior gratuito para os sertanejos. (Por Francisco Monteiro)

Roberta Arraes recebe apoio de Jurandir Severo em Exu

Mais uma grande liderança política fechou apoio e parceria com a deputada Roberta Arraes, na tarde de hoje (19).

Dessa vez foi Jurandir Severo, que foi candidato a prefeito do município de Exu nas últimas eleições, além de vereador e presidente da câmara, e hoje faz um importante trabalho em prol da cidade.

A parlamentar recebeu Jurandir em Araripina, onde firmaram um compromisso de juntos trabalharem e levarem ações e benfeitorias para Exu.

Exu é uma cidade que tenho um apreço imenso, vamos agora somar esforços e trabalho, para levar o melhor aos exuenses”, finalizou Roberta Arraes. (Da ascom)

Vice prefeito, Nivaldo Mendes, conquista 30 mil alevinos para Parnamirim

Através de parceria com a Codevasf e graças ao empenho do deputado federal Fernando Filho, o vice-prefeito de Parnamirim, Sertão Central de Pernambuco, Nivaldo Mendes, conseguiu cerca de 30 mil alevinos para o município.

Os alevinos (peixes pequenos), Tambaqui, Comatá, Tilápia, Carpa, dentre outros, foram colocados em várias barragens de porte médio e grande do município.

Segundo o vice-prefeito, a ação vai contribuir e muito para o crescimento do homem do campo, especialmente no quesito, fonte de renda, “os peixes vão crescer, engordar e em breve será comercializado, o que será certamente uma fonte de renda para os agricultores de Parnamirim”, disse.